segunda, 20 de setembro de 2021
VISTO

Países com isenção mantêm reservas, mas em queda

11 JUN 2019 - 14h22Por REDAÇÃO

Os turistas do Canadá, Japão, Austrália e Estados Unidos tiveram suas viagens ao Brasil facilitadas por conta da isenção de vistos para viajantes destes países. Anunciada em março e em vigor a partir do dia 17 de junho, a medida fez sucesso: nos meses seguintes, as reservas de norte-americanos para o Brasil aumentaram 31% em junho e 47% em julho, em comparação aos mesmos meses do ano passado. O Canadá registrou aumento ainda maior de reservas, com crescimento de 37%, 27% e 122% para os meses de junho, julho e agosto, respectivamente.

Se por um lado a isenção de vistos teve um impacto positivo nas emissões de passagens, os dados mais atuais do Destination Insight, a ferramenta de Big Data da Amadeus (empresa especialista em avançadas soluções para a indústria de viagens) para destinos, mostram que o interesse em relação ao Brasil vem diminuindo após o impulso dado pelo no anúncio do governo brasileiro.

Nos quatro países pesquisados, as buscas por passagens para o Brasil tiveram desaceleração entre março, mês do anúncio, e maio, na comparação com o ano anterior. Os norte-americanos, por exemplo, fizeram 57,7% mais buscas de passagens aéreas para o Brasil em março de 2019 do que no mesmo mês de 2018. Em maio, porém, o número teve um recuo de 2,7% em relação a maio do ano passado.

A mesma tendência foi observada nas buscas de passagem para o Brasil com origem no Canadá (44% de aumento ano contra ano em março, e apenas 27,5% em maio), Japão (5,9% de aumento em março e queda de 13,2% em maio) e Austrália (53,2% de aumento em março e apenas 1,8% em maio).

"O aumento nas buscas por passagens, no primeiro momento após o anúncio da isenção, deu-se muito pela novidade do tema e também pela visita do presidente Jair Bolsonaro aos Estados Unidos. No entanto, sem uma campanha de divulgação nesses mercados, o crescimento do interesse não se sustenta. Os órgãos promotores dos nossos destinos precisam estar capacitados e ativos para alcançar esse público e promover o Brasil como destino interessante para turistas do mundo todo, em especial para estes países isentos de visto, a qualquer momento", afirma Paulo Rezende, diretor comercial da Amadeus Brasil.

“Dito isto, é importante que a simplificação do processo de visto se mantenha, bem como o início de uma campanha extensa de promoção do Brasil como destino ideal para os mercados de interesse. Assim, o cenário do turismo brasileiro pode continuar a sua trajetória promissora e injetando dinheiro na nossa economia, através da geração de empregos e renda para os brasileiros ligados direta ou indiretamente à indústria do turismo”, afirmou Rezende.

Leia Também

Relatos de viagem

Rota das emoções: lugares de ver Deus...

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O turista estrangeiro que vier a Bonito e ao Pantanal e não avistar uma arara, uma sucuri, um peixe e uma onça-pintada a gente devolve seu dinheiro

Gilson Machado, ministro do Turismo, em MS

Vídeos

Campanha MS 'Desbravador de Destinos'

Mais Vídeos

Eco Debate

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Os incêndios no Pantanal e seu enfrentamento

RENATA FRANCO

Mudanças climáticas vão impactar a vida do brasileiro, muito mais do que se imagina!

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Errar é humano, persistir...Loucura ou método?