quinta, 15 de abril de 2021

GLOSSÁRIO AMBIENTAL

09 DEZ 2020 - 20h24Por REDAÇÃO

A

Abafador - Equipamento simples para combate direto do fogo, composto de um cabo preso, em uma de suas extremidades, a um retângulo de borracha (resistente ao fogo) permeado de furos.

Abiótico: relativo a fatores físicos e químicos do ambiente, que não possuem a condição viva de adaptabilidade, reprodutividade, como água, temperatura, solo. 

Ação corretiva - Contramedida (ação) implementada para eliminar as causas (reais) de uma não-conformidade, a fim de prevenir sua repetição.

Ação preventiva - Ação implementada para eliminar as causas (potenciais) de uma possível não-conformidade, a fim de prevenir sua ocorrência.

Aceiro - Barreira natural ou construída destinada a causar descontinuidade do material combustível (ex.: rios, estradas).

Acidente - Qualquer evento súbito e não planejado, que cause ou possa vir a causar ferimento a pessoas ou danos a edifícios, instalações, materiais ou ao meio ambiente.

Acidente ambiental - Qualquer acidente que possa vir a causar danos ao meio ambiente.

Acidez (sólidos ou líquidos) - Caracteriza-se pelo valor de PH (potencial de Hidrogênio) da água ou solo. O valor sete corresponde ao PH neutro. Abaixo disso, é ácida. Acima, é básica, ou alcalina. Na água, o PH muito ácido leva ao empobrecimento da vida.

Aclimatação: processos físicos, bioquímicos e fisiológicos que ajustam o organismo a uma condição ambiental diferente, e podem fazer um organismo voltar a condição original após a passagem da mudança ambiental. Por exemplo: mudança de clima, mudança de região geográfica, entre outras. 

Acondicionamento - Ato ou efeito de embalar os resíduos sólidos.

Acoplamento: dependência recíproca do sistema e seu ambiente que pode ser visto por um observador.

Aditivo - Substância química adicionada a alimentos para dar melhor aparência, mudar espessura (espessante), gosto, prevenir a decomposição rápida. A maioria dos aditivos é proveniente de materiais sintéticos. Aditivo antidetonante é uma substância adicionada a gasolina, para prevenir a detonação.

Advecção - Transmissão do calor por um movimento horizontal de massa de ar.

Aeróbio - Organismo que necessita de oxigênio para sobreviver.

Afluente - Qualquer curso d"água que deságua em outro maior, ou num lago, ou lagoa.

Agente tóxico - Qualquer substância exógena em quantidade suficiente que, em contato com o organismo, possa provocar uma ação prejudicial, originando um desequilíbrio orgânico.

Agentes - Constituem as partes interessadas na Gestão da APA, podendo ser públicas ou privadas, governamentais e não-governamentais.

Agroecologia - Ciência que estuda as relações entre a agricultura e o meio ambiente, buscando a integração equilibrada da atividade agrícola com a proteção do meio ambiente.

Agrotóxico - Denominação atribuída genericamente aos defensivos químicos usados na agricultura. São produtos usados principalmente pelos setores da produção agrícola, da saúde, a fim de preservar as colheitas e o ser humano de insetos e ervas considerados nocivos. São as substâncias desfolhantes, dessecantes, inibidoras e/ou estimuladoras do crescimento. Devido a sua ação danosa ao meio ambiente, os agrotóxicos são objeto de discussão em muitos países e têm a comercialização proibida os organoclorados, considerados de alta periculosidade e persistência.

Água virtual - O conceito "água virtual" foi criado em 1990 pelo cientista inglês John Anthony Allan. O termo leva em consideração o volume de água utilizado, o quanto do recurso evapora ou fica poluído nos processos de produção. A confecção de um par de sapatos de couro, por exemplo, consome 8 mil litros de água. A produção de um hambúrguer, 2,4 mil litros. O cultivo de algodão suficiente para fabricar uma camiseta consome 4 mil litros do recurso. Cada quilograma de açúcar contém, aproximadamente, 1,5 mil litros de água virtual.

Alcalinidade da água - Qualidade da água em neutralizar compostos ácidos, em virtude da presença de bicarbonatos, hidróxidos, boratos, silicatos e fosfatos. Esgotos são alcalinos, por receberem materiais de uso doméstico com estas características.

Ambientalista - Pessoa que trata de problemas ou assuntos relacionados com o meio ambiente.

Ambiente Antrópico - Do grego, anthropos - gente, homem. Ambiente Natural modificado pelo ser humano. Ambiente onde vive o ser humano.

Ambiente Biológico - Representado pela presença dos seres vivos, animais e vegetais.

Ambiente Físico - Representado pelos fatores químicos e físicos, como o ar, água e solo.

Análise - Exame detalhado de qualquer atividade complexa com a finalidade de entender a sua natureza ou determinar as suas características essenciais.

Análise Ambiental - Processo que conduz ao conhecimento dos impactos ambientais nos meios abiótico, biótico e antrópico, e avalia suas consequências, antes da implantação das atividades.

Antropismo - Alteração no meio físico provocada pela ação do homem.

Antropogênico - Resultado dos impactos da atividade humana na qualidade ambiental.

Aquecimento Global - Aumento da temperatura média do Planeta, relacionado ao aumento do efeito estufa. A causa estaria nas emissões de gases lançados pelas atividades econômicas, sobretudo o monóxido e dióxido de carbono (principal vilão), óxidos de nitrogênio, metano, CFC. Entre as consequências mais graves estariam o derretimento de calotas polares e a expansão das moléculas de água do oceano devido ao calor, o que causaria grandes inundações, afundando ilhas e cidades costeiras. Também mudaria o perfil da agricultura, com algumas regiões tornando-se imprestáveis para este fim.

 

B

Bacia hidrográfica - 1) Superfície limitada por divisores que são drenados para um curso de água, como um rio e seus tributários, à vezes formando um lago. 2) Área contribuinte, normalmente expressa em km². O mesmo que bacia de drenagem.

Banhado - Áreas preferencialmente de brejos. Alguns setores dos banhados ficam secos durante a estiagem, outros permanecem encharcados.

Banhado Salgado - Banhado em áreas marítimas.

Barreira ecológica - Limite biogeográfico de expansão da espécie.

Benzeno - Hidrocarboneto incolor e aromático, altamente tóxico, obtido principalmente a partir de alcatrão de hulha, e que é usado como aditivo de carburantes e na fabricação de anilinas, corantes, estirol, etc.

Bil - Formato digital padrão do mercado, utilizado em imagens de satélite (principalmente por imagens do satélite SPOT).

Biocenose - Comunidade de seres vivos num ecossistema.

Biodegradação - 1) Redução de uma substância a constituintes mais simples e menos prejudiciais como dióxido de carbono, água ou elementos individuais pela ação de organismos vivos. 2) Destruição ou mineralização de matéria orgânica natural ou sintética, por microrganismos existentes no solo, água natural ou em um sistema de tratamento de água residuária.

Biodegradável - Diz-se da substância que se decompõe, perdendo propriedades nocivas, quando em contato com o meio ambiente.

Biodigestor - Aparelho que, através de fermentação anaeróbica, produz gás (metano). Geralmente é composto de tanque de entrada de material, câmara de digestão, gasômetro e saída do material digerido. Existem basicamente dois modelos: o indiano, que utiliza preferencialmente o esterco, cujo corpo é feito de metal; e o chinês, mais simples, de alvenaria, que utiliza todo tipo de matéria orgânica. Além do gás, o biodigestor dá como subproduto ótimo fertilizante natural.

Biodiversidade - Termo que se refere a variedade de genótipos, espécies, populações, comunidades, ecossistemas e processos ecológicos existentes em uma determinada região. Pode ser medida em diferentes níveis: genes, espécies, níveis taxonômicos mais altos, comunidades e processos biológicos, ecossistemas, biomas, e em diferentes escalas temporais e espaciais.

Bioensaio - Procedimentos para avaliar a resposta biológica de determinada substância química ou poluentes sobre organismos vivos e em condições padronizadas.

Biófito - Que se alimenta de organismos vivos, como os moluscos, os insetos, etc.

Biogás - Gás que se origina da transformação bacteriana de substâncias orgânicas, através de processo de fermentação anacrônica. É composto de 2/3 de metano, 1/3 de carbono, tendo elevado poder calorífico (6 a 7 mil kcal/m3). Pode ser usado na iluminação, calefação, cozinha e para mover máquinas e veículos.

Biogeocenose - O mesmo que ecossistema.

Bioindicador - 1) Organismo vivo que identifica condições ambientais especiais. Por exemplo: a presença do grupo coliforme identifica a contaminação da água por material fecal. 2) Ser vivo utilizado em bioensaios, para determinação do efeito biológico de alguma substância, fator ou condição.

Biologia - Ciência que estuda os seres vivos e os fenômenos vitais em todas as suas formas e leis.

 

C

Caatinga - Ecossistema formado por pequenas árvores e arbustos espinhosos esparsos que perdem as folhas durante o período de seca. Flora típica do sertão nordestino brasileiro.

Cabeça (Frente do Incêndio) - É a parte da frente do incêndio onde o fogo avança com mais força, intensidade e rapidez.

Campanha Gaúcha - Vegetação de área subtropical, onde as plantas são submetidas a uma dupla estacionalidade: uma fisiológica provocada pelo frio das frentes polares e outra seca mais curta, com déficit hídrico.

Campinarana - Área relativamente plana, pouco acidentada, com nenhuma ou poucas árvores, e coberta por ervas.

Campo Limpo - Fitofissionomia do cerrado caracterizada por apresentar essencialmente vegetação herbácea, com um ou outro indivíduo arbóreo.

Campo Rupestre (Campo de Altitude) - Vegetação típica de ambientes montano e alto-montano, com estrutura arbustiva e/ou herbácea que ocorrem no cume das serras com altitudes elevadas, predominando em clima subtropical ou temperado.

Campo Sujo - Fitofissionomia do Cerrado caracterizada por apresentar vegetação herbácea-arbustiva com indivíduos arbóreos distribuídos muito espaçadamente.

Capoeira - Vegetação que nasce após a derrubada de uma mata nativa, sendo, portanto, uma vegetação secundária.

Carnaúba - Vegetação com a predominância da espécie carnaúba.

Cenário - É uma previsão narrativa dos futuros estados de um determinado sistema.

Cenário de Transição - Mostra as mudanças e as ações alternativas de um sistema, em vários estágios de evolução do mesmo.

Cenário Futuro - Descreve as condições e eventos (o estado do sistema interno e o contexto externo) em um único momento no futuro.

Cerradão - Fitofissionomia do cerrado caracterizada por apresentar vegetação arbórea, com árvores em torno de 10 metros de altura (podendo atingir até 15 metros).

Cerrado - Tipo de vegetação que ocorre no Planalto Central Brasileiro e em certas áreas da Amazônia e do Nordeste, em terreno geralmente plano, caracterizado por árvores baixas e arbustos espaçados, associados a gramíneas. As espécies deste tipo de vegetação apresentam troncos e ramos acentuadamente tortuosos e acinzentados.

Coleta Seletiva de Resíduos - Separação de vidros, plásticos, metais e papéis pela população para reutilização, ou reciclagem. Sem ela, este processo pode ser impossibilitado. Por exemplo, não dá para reciclar papel que foi misturado a material tóxico. Na coleta seletiva em locais públicos, é usual identificar latões com cores padronizadas: azul para papel, amarelo para metal, verde para vidros, vermelho para plásticos, branco para lixo orgânico.

Coliforme fecal - Organismo humano trato intestinal humano (e de outros animais), cuja ocorrência serve como índice de poluição.

Combustíveis fósseis - Principal fonte de energia nas sociedades modernas, esses combustíveis, que têm como base o carbono, são constituídos pelos restos orgânicos de organismos fossilizados. O carvão de pedra e o petróleo são os dois principais combustíveis fósseis. O gás natural é uma subcategoria do petróleo, já que é gerado durante a formação do petróleo.

Combustível Florestal - Material orgânico disponível no meio ambiente, que pode entrar em ignição e queimar-se.

Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento da ONU - "World Comission on Environment and Development", criada pelo Programa de Meio Ambiente da ONU, atuou entre 1983 e 1987. Presidida por GroBrundtland, que foi primeira-ministra da Noruega e presidiu a Conferência de Meio Ambiente Humano em 1972. Produziu o relatório "Nosso Futuro Comum", diagnóstico da situação ambiental mundial sob a ótica do desenvolvimento sustentável que inspirou a realização da Rio-92.

Competição - Disputa pelo mesmo fator biótipo em um ecossistema, entre indivíduos que compõem a biocenose. A competição é tanto mais importante quanto mais escasso o fator; e se o fator não existir em quantidade satisfatória para todos, o mais apto obtém-nos e afasta daquele biótipo o menos apto, que não consegue sobreviver na ausência do fator que ele não foi capaz de obter.

Componente Ambiental - Na análise ambiental, usam-se, com freqüência, os termos componente ou elemento para designar uma das partes que constituem o meio ambiente ou um ecossistema.

Compostagem - Processo de transformação de materiais orgânicos (lixo "úmido"), como restos de alimentos, em um fertilizante denominado composto, que tem a vantagem de melhorar a propriedades de retenção da umidade do solo. As usinas de compostagem nos centros urbanos realizam também a separação de lixo seco, encaminhando para a reciclagem.

Comunidade - Conjunto de populações concorrentes e que usualmente interagem de forma organizada.

Conama - Sigla de Conselho Nacional do Meio Ambiente.

Concentração de poluentes - Quantidade total de poluentes contidos em uma unidade de volume ou massa; no caso do ar, esta quantidade total é a uma dada temperatura e pressão. A concentração de poluentes é normalmente expressa em massa, volume ou número de partículas (no caso do ar) por unidade de volume ou massa.

Condições de Ocupação - Refere-se a condições tais como, as atividades e empreendimentos que se assentam ou se implantam sobre um determinado território, estabelecendo interferências e intervenções sobre os elementos físicos e bióticos, definindo formas de manejo adequadas ou inadequadas a conservação dos recursos naturais.

Conservação - Entende-se por conservação da natureza o manejo da biosfera, compreendendo a preservação, a manutenção, a utilização sustentável, a restauração e a melhoria do ambiente natural, para que este possa produzir o maior benefício, em bases sustentáveis, à atuais gerações, mantendo seu potencial de satisfazer as necessidades e aspirações das gerações futuras e garantindo a sobrevivência dos seres vivos em geral.

Conservação Ambiental - Do latim, cum - junto; servare - guardar, manter. Manejo dos recursos do ambiente, ar, água, solo, minerais e espécies vivas, incluindo o homem, de modo a conseguir a mais alta qualidade de vida humana com o menor impacto ambiental possível. Ou seja, busca compatibilizar os elementos e formas de ação sobre a natureza, garantindo a sobrevivência e qualidade de vida de forma sustentável.

 

D

Dano ambiental - Qualquer ato ou atividade considerados lesivos ao meio ambiente que sujeitarão os autores e/ou responsáveis a sanções penais, independentemente de terem de reparar os danos causados.

DBO - Sigla de demanda bioquímica de oxigênio. É a magnitude que mede em água residual a porcentagem de substâncias orgânicas capazes de apodrecer; unidade de quantidade de oxigênio necessário, necessidade bioquímica de oxigênio. É a quantidade de oxigênio em mg/1 de que as bactérias necessitam para decompor as substâncias orgânicas em cinco dias a 20 graus de temperatura.

DDT - Dicloro-difenil-tricloretano. Substância descoberta em 1939, composta de cristais incolores e inodoros solúveis em acetona, éter e petróleo. Seu uso na agricultura foi largamente empregado até que se descobriu que permanece como resíduo no solo por mais de 20 anos, além de ser altamente prejudicial aos seres vivos. Em alguns países seu uso foi proibido. O DDT instala-se nas cadeias alimentares, podendo, por magnificação biológica, contaminar seres que vivam distante do local em que o produto foi aplicado.

Defensivo - Nome genérico dos venenos, em geral químicos, empregados nas lavouras para exterminar pragas, combater doenças e eliminar ervas daninhas; defensivo agrícola. Os defensivos podem ser: pesticidas (ou praguicidas), fungicidas e herbicidas.

Defeso - Época do ano em que é proibido caçar ou pescar, a fim de proteger os ciclos de reprodução; veda.

Deflúvio - Escoamento superficial da água. Aproximadamente um sexto da precipitação numa determinada área escoa como deflúvio. O restante evapora ou penetra no solo. Os deflúvios agrícolas, das estradas e de outras atividades humanas podem ser uma importante fonte de poluição da água.

Degradação - Tempo necessário para que os resíduos de defensivos sejam modificados num determinado substrato e que é medido pelo índice de meia-vida que varia entre os defensivos e também conforme o substrato onde foi aplicado.

Degradação da camada de ozônio - Impacto ambiental em escala mundial, provocado principalmente pela decomposição de gases CFCs em grande altitude (atmosfera), liberando CI, que reagem com o ozônio (O3) da camada protetora da atmosfera, possibilitando a maior passagem de radiação, danosa para o meio ambiente.

Degradação da Qualidade Ambiental - Alteração das características do meio ambiente.

Deposição final - Em se tratando de produtos residuais radiativos, deposição dos referidos produtos, mediante enterro deles no solo, afundamento no mar ou depositamento em poços de sal, bem como por injeção em rochas do subsolo porosas ou gretadas cheias de água e cobertas de camadas de argila.

Derivação Ambiental - Alteração dos componentes físicos e biológicos e da dinâmica dos processos naturais, o que condiciona transformações sucessivas no meio ambiente. Isto, a partir de fenômenos da natureza ou, de interferências das atividades sociais e econômicas.

Desempenho ambiental - Resultados mensuráveis de um sistema de gestão ambiental, relativos ao controle da organização de seus aspectos ambientais, baseados na política ambiental, objetivos e metas ambientais. Diferente da norma BS na política ambiental, objetivos e metas ambientais. Diferente da norma BS 7750, a norma ISSO 14001 não obriga as empresas a colocarem o desempenho ambiental do período a disposição de todas as partes interessadas.

Desenvolvimento - Aumento da capacidade de suprimento das necessidades humanas e a melhoria de qualidade de vida.

Desenvolvimento Sustentável - Forma socialmente justa e economicamente viável de exploração do ambiente que garanta a perenidade dos recursos naturais renováveis e dos processos ecológicos, mantendo a diversidade biológica e os demais atributos ecológicos em benefício das gerações futuras e atendendo à necessidades do presente.

Desertificação - Processo de transformação de terras não-desérticas em deserto, como resultado, em geral, de pastagem excessiva, exaustão da matéria orgânica, uso excessivo das águas subterrâneas nos padrões de precipitação, etc.

Deserto - Área com muita pouca chuva (menos de 25 centímetros por ano), solo árido, quase ou nenhuma vegetação. Cerca de 30% de toda a superfície terrestre são formados por desertos, ou estão em processo de desertificação. O esforço de conter esta desertificação é muito caro e não necessariamente bem sucedido.

Desmatamento - Perda de florestas como resultado de atividades madeireiras, agropecuárias, de migração, ou de construção de estradas. O desmatamento pode causar erosão do solo, processos de assoreamento e perda de biodiversidade e de habitats essenciais.

 

E

Ecobatímetro - Instrumento para determinar a profundidade da água em um rio pela medida do tempo decorrido entre a emissão do sinal sonoro e o retorno do seu eco, após reflexão no fundo. (eco-sonda).

Ecologia - Ciência que trata das inter-relações dos seres vivos com o seu ambiente.

Ecologia humana - Divisão da ecologia que considera as relações dos indivíduos e de comunidades humanas com o seu ambiente particular, a nível fisiográfico, ecológico e social.

Ecologia urbana - Estudo do ecossistema urbano.

Ecologia vegetal - Ou fitoecologia, é o ramo da ecologia que enfatiza as relações entre vegetais e o ambiente ou entre as diferentes espécies de uma comunidade sem referência ao ambiente.

Ecorregião - Representa um território geograficamente definido, constituído por comunidades naturais que compartilham a grande maioria de suas espécies, a dinâmica ecológica, as condições ambientais e cujas interações ecológicas são cruciais para sua persistência a longo prazo.

Ecossistema - 1) Sistema formado pelas comunidades biológicas em integração com os fatores do meio. 2) Complexo dinâmico de comunidades vegetais, animais e de microorganismos e o seu meio inorgânico, que interagem como uma unidade funcional.

Ecótipo - 1) Conjunto de indivíduos de uma comunidade com um mesmo padrão genotípico. 2) Raças de uma mesma espécie que diferem unicamente em alguns caracteres morfológicos e que se encontram adaptadas à condições locais.

Ecótono - Zona de contato ou transição entre duas formações vegetais com características distintas.

Ecótopo - 1) Meio ambiente de um ecossistema. 2) Conjunto de habitats em que uma determinada espécie vive.

Ecoturismo - Variante do turismo convencional destinada a aprofundar os conhecimentos e aprimorar a sensibilidade dos seres humanos na defesa das belezas cênicas, da vida selvagem e dos recursos naturais, bem como contribuir para a redução dos impactos culturais entre as diversas comunidades antrópicas de uma determinada região.

Edáfico - Do solo ou relativo a ele.

Edafologia - É a ciência que estuda os solos. Esta ciência, como tal, compreende todos os métodos para o estudo do solo, suas propriedades e sua classificação.

Efeito ambiental - Resultado das ações positivas ou negativas, diretas ou indiretas no ambiente, ocasionadas pelas atividades antropogênicas.

Efeito chaminé - Fenômeno que consiste na movimentação vertical de uma massa gasosa localizada ou de fluxo de gases devido a diferença de temperatura ou pressão com o meio.

Efeito estufa - Denominação dada ao aumento da temperatura superficial da terra, numa escala global, decorrente do acréscimo das concentrações atmosféricas de gases com características de serem fortes absorvedores de energia, na faixa de radiação infravermelha e fracos absorvedores, no espectro visível. Os principais gases a contribuir com o efeito estufa são o dióxido de carbono, metano, óxido nitroso e os clorofluorcarbono. Estudos realizados induzem a conclusão de que, 50% a 60% da responsabilidade pelo efeito estufa no Planeta é provocada pela alta concentração de dióxido de carbono (das quais 40% a 50% provenientes de combustíveis fósseis, como carvão e petróleo e 10% a 15% pela biomassa florestal).

Efeito fotoelétrico - Processo em que um fóton retira elétron de um átomo, após lhe transmitir toda a sua energia.

Efeito genético das radiações - Tocas hereditárias, principalmente mutações, produzidas pela absorção de radiações ionizantes.

Efeito ilha de calor - Características meteorológicas de determinada área urbana ou industrial que a distinguem de áreas vizinhas. Em tais áreas geralmente ocorrem temperaturas mais altas, perfis térmicos noturnos menos estáveis junto a superfície do solo, umidades do solo, umidades relativas comparativamente mais baixas, maior nebulosidade, neblina mais freqüente, menor radiação incidente, velocidade de vento mais baixas e maior precipitação pluviométrica.

Efeito isotópico - Efeito proveniente da diferença de massa entre os isótopos de um elemento, importante nas medidas de velocidade das reações químicas ou nos equilíbrios químicos.

Eficácia - Uma medida do grau de sucesso de um projeto ou de um programa quanto a realização de seus objetivos.

Eficiência - Uma medida da produtividade do processo de implementação, quanto a realização dos seus objetivos.

Eficiência de tratamento - Porcentagem de redução de parâmetro ou parâmetros de carga poluidora no efluente, em relação ao afluente.

Efluente estável - Despejo tratado, que contém oxigênio suficiente para satisfazer sua demanda de oxigênio.

Efluente recirculado - Em geral, o efluente final de uma estação de tratamento biológico que retorna ao início do processo.

Efluentes gasosos - Termo impropriamente utilizado para designar emissões atmosféricas.

Ejetor - Equipamento que usa um fluído sob pressão, como vapor, ar ou água, para mover outro fluído desenvolvendo sucção. A sucção é obtida passando o fluído sobre pressão através de um venturi.

Eletro-osmose - Escoamento através de um meio poroso causado por diferença de potencial elétrico.

Eletrólise - Decomposição de uma substância química pela corrente elétrica.

Elutriação - 1) Processo de tratamento de lodo em que certas substâncias são removidas por decantações sucessivas com água ou com efluente de estações de tratamento ou demanda de substâncias químicas. 2) Operação que consiste em separar seletivamente partículas suspensas em um gás, de acordo com o seu diâmetro aerodinâmico.

Elutriador horizontal - Equipamento para a amostragem seletiva de partículas em uma corrente gasosa horizontal, que integra normalmente um trem de amostragem de dois estágios. Consiste em placas planas separadas que formam canais ou câmaras onde as partículas se sedimentam de acordo com seu diâmetro aerodinâmico. As partículas que não se sedimentam no elutriador são retiradas no segundo estágio do trem de amostragem.

Elutriador vertical - Equipamento para a amostragem seletiva de partículas em uma corrente gasosa ascendente, de velocidade definitiva, que normalmente faz parte de um trem de amostragem de dois estágios. As partículas maiores que um diâmetro crítico são todas retiradas e as menores são carregadas para fora do equipamento, sendo possível retê-las posteriormente, no segundo estágio do trem de amostragem.

Emissão atmosférica - Descarga de substâncias ou energia no ar.

Emissário - Coletor que recebe o esgoto de uma rede coletora e o encaminha a um ponto final de despejo ou de tratamento.

Empreendimento - Empreendimento é definido como toda e qualquer ação física, pública ou privada que, com objetivos sociais ou econômicos específicos, cause intervenções sobre o território, envolvendo determinadas condições de ocupação e manejo dos recursos naturais e alteração sobre as peculiaridades ambientais.

Empuxo - Força resultante vertical, geralmente de baixo para cima, exercida pela água num corpo total ou parcialmente imerso.

Emulsão - Mistura líquida heterogênea de duas ou mais fases, normalmente não miscíveis entre si, mas mantida em suspensão uma na outra, por forte agitação ou emulsionantes que modificam a tensão superficial.

Emulsão nuclear - Emulsão fotográfica destinada a fixação e observação da trajetória individual das partículas ionizantes.

Emulsificante - Agente tenso-ativo que estabiliza a dispersão de um líquido dentro de outro.

Enchente - Fase de crescimento contínuo das alturas da água de um curso de água ou lago.

Encrave - Vegetação de transição edáfica.

Endemia - Variação da incidência de uma doença numa comunidade humana dentro dos limites considerados "normais" para essa comunidade.

Endêmica - Espécie nativa, restrita a uma determinada área geográfica.

Endotoxina - Toxina de origem endógena, isto é, formada no interior do organismo ou da célula e não segregada por estes.

Energia - Capacidade de produzir trabalho. A energia potencial é inerente a um determinado objeto devido a posição em relação a outros objetos de referência.

Energia cinética - É aquela possuída por um objeto quando em movimento.

Energia de excitação - É necessária para elevar um sistema de seu estado estacionário (de menor energia) para um estado excitado. A cada diferente estado excitado está associada uma energia de excitação específica. Resulta da absorção de fótons ou da colisão inelástica com outras partículas.

Energia de ionização - A energia média perdida por uma radiação ionizante ao produzir um par iônico num gás.

Energia de ligação - Representa a diferença, em massa, entre a soma das partes componentes e a verdadeira massa de um núcleo.

Energia de reação (nuclear) - Na desintegração de uma reação nuclear é igual a soma das energias cinéticas ou radiantes dos requerentes, menos a soma das energias cinéticas ou radiantes dos produtos de reação. Se qualquer produto de uma reação específica se acha em estado excitado, a energia de radiação gama emitida subseqüentemente não esta incluída na soma. A energia nuclear do estado estacionário é a energia de reação quando todos os núcleos reagentes e produtos estão em seu estado estacionário.

Energia primária - Tem como fonte os produtos energéticos providos pela natureza na sua forma direta: petróleo, gás natural, carvão-vapor, carvão metalúrgico, resíduos vegetais e animais, energia solar, eólica e outras.

Energia radiante - Características das ondas eletromagnéticas, tais como: rádio, luz, raios x e gama.

Energia secundária - Tem como fonte produtos energéticos resultantes do processamento da energia primária nos centros de transformação, como: óleo diesel, óleos combustíveis, gasolinas automotiva e de aviação, gás liquefeito de petróleo, nafta, querosene iluminante, gás canalizado, carvão mineral, carvão vegetal, álcool e outros.

Ensaio biológico - Teste feito com o emprego de seres vivos, como peixes, cobaias, macacos, microrganismos e outros.

Ensaio de bombeamento - Extração de água de um poço a uma ou várias descargas selecionadas, durante a qual os níveis piezométricos ou freáticos são medidos regularmente no poço de bombeamento e nos poços de observação vizinhos. Os dados assim obtidos são utilizados para determinar os parâmetros da formação aquífera nas vizinhanças do poço de bombeamento.

Enterococos - Bactéria do grupo de cocos, incluídos entre os estreptococos fecais, cujo ambiente natural é o intestino do homem ou de animais de sangue quente ou de temperatura constante.

Entorno - Área que circunscreve um território, o qual tem limites estabelecidos, por constituir espaço ambiental ou por apresentar homogeneidade de funções.

Entropia - Estado de desorganização térmica de um sistema.

Enzima adaptativa - Enzima sintetizada por um microrganismo em resposta a presença de determinado substrato ou de uma substância de estrutura molecular semelhante.

Enzima constitutiva - Enzima cuja síntese não dependente da presença de substrato específico.

Enzima reprimível - Enzima cuja taxa de produção é inversamente proporcional a concentração intracelular de certos metabólitos.

Enzimas - Proteínas de elevado peso molecular, dotados de propriedades catalíticas, que tornam possíveis a maioria das reações químicas, desenvolvidas nos seres vivos.

Epidemia - Elevação brusca, temporária e significativa da incidência de uma doença numa comunidade humana. Em outras palavras, é uma erupção de uma doença numa comunidade humana, afetando grande número de pessoas, em curto espaço de tempo.

Epifauna - Animais bênticos que vivem sobre o substrato.

Epífita - 1) Planta que se desenvolve sem interação trófica sobre a superfície de outra planta. 2) Um autótrofo, sem ter ligação com o solo.

 

F

Faciação de uma formação - Caracteriza-se por apresentar parâmetros particulares dentro de uma paisagem vegetacional que se destacam fisionomicamente.

Faixa capilar - Camada do solo acima do lençol de água, cujos interstícios, em sua maioria, estão cheios de água, por efeito de capilaridade.

Faixa de Apoio - Linha básica que se prepara para operacionalização da atividade do pessoal envolvido em trabalho de combate ao incêndio florestal referencial.

Família - Uma categoria da classificação biológica situada segundo uma hierarquia acima do gênero e abaixo da ordem. Grupo taxonômico de gêneros relacionados entre si.

Fanerófita - Plantas lenhosas com as gemas e brotos de crescimento protegidos por catafilos, situados acima de 0,25m do solo, subdivididos conforme as suas alturas médias em: 1) macrofanerófitas, plantas de alto porte variando entre 30 a 50m de altura, ocorrendo preferencialmente na Amazônia e no sul do Brasil; 2) mesofanerófitas, plantas de porte médio, variando entre 20 e 30m de altura, ocorrendo nas áreas extra-amazônicas; 3) microfanerófitas, plantas de baixo porte, variando entre 5 e 20m de altura, ocorrendo preferencialmente nas áreas nordestinas e no centro-oeste; 4) nanofanerófitas, plantas anãs, raquíticas, variando entre 0,25 e 5m de altura, ocorrendo preferencialmente em todas as áreas campestres do país.

Fase exponencial de crescimento - Estágio de crescimento durante o qual determinada população (ex: bacteriana) duplica regularmente o seu número a intervalos de tempos regulares.

Fator de crescimento - Substância específica cuja presença no meio de cultura é necessária para permitir a multiplicação de determinado organismo.

Fator de emissão - Quantidade de material emitido por quantidade de material processado e usualmente expresso em kg/1000kg.

Fator de forma - Constante de proporcionalidade que relaciona a área superficial ou o volume de uma partícula, ou de uma amostra de partículas, a uma dimensão linear medida de modo padronizado.

Fator de recirculação - Relação entre o volume ou vazão que retorna ao processo e o volume ou vazão efluente do processo.

Fator de segurança - Um número que deve refletir o grau ou a quantidade de incerteza, quando as informações derivadas de experimentos animais são extrapolados para os seres humanos. Quando a confiabilidade da informação é elevada, o fator de incerteza é baixo. No caso inverso, quando as informações existentes são inadequadas ou inseguras, o fator de incerteza deve ser grande.

Fator ecológico - Refere-se aos fatores que determinam as condições ecológicas no ecossistema.

Fator Externo - Acontecimento, condição ou decisão necessária ao sucesso de um projeto, mas que se encontra, em grande medida, fora do controle de sua gestão.

Fator limitante - É o fator de maior carência ou de fornecimento mais baixo que limita o desenvolvimento de um processo.

Fatores Ambientais - São elementos ou componentes que exercem função específica ou influem diretamente no funcionamento do sistema ambiental.

Fauna - Conjunto de animais que vivem num determinado ambiente, região ou época.

Fauna silvestre - Conjunto de animais que vivem livres em seu ambiente natural.

Fecho hídrico - Coluna líquida que, num sifão sanitário, veda a passagem dos gases nas instalações prediais de esgotos sanitários.

Fenóis - Um grupo de compostos aromáticos, tendo um grupo hidroxila ligado diretamente ao núcleo benzênico. Eles são altamente tóxicos aos organismos vivos ou durante a ingestão do lodo. Não obstante, em determinadas condições, eles podem ser decompostos por tratamento biológico.

Fenolftaleína - Substância química com a fórmula C20H14O4, a qual, quando dissolvida em álcool, produz uma coloração vermelha na presença de um alcali. Utilizado como um indicador nas análises volumétricas.

Floculação - Formação de agregados de partículas finas em suspensão em um líquido, chamados flocos ou floculados. Os termos floculação e coagulação são freqüentemente empregados um pelo outro. Na prática, entretanto, os floculantes têm características físicas e químicas diferentes das dos coagulantes.

Floresta Atlântica (Mata Atlântica) - Ecossistema de floresta de encosta da Serra do Mar brasileira, considerado o mais rico do mundo em biodiversidade.

Floresta de Bambú - Floresta que tem a predominância de bambus.

Floresta de Várzea - Vegetação localizada em terrenos baixos e aproximadamente planos, que se encontram junto à margens dos rios. Constituem o leito maior dos rios.

Floresta Decídua (Caducifólia) - Tipo de vegetação que perde todas as folhas ou parte delas em determinada época do ano.

 

G

Gás natural - Mistura de hidrocarbonetos gasosos na qual predomina o metano (CH3), que se encontra acumulada em jazidas subterrâneas porosas, associada ou não com petróleo cru.

Gestão Ambiental - 1) É um processo de mediação entre interesses de atores sociais voltado ao uso ou preservação de um recurso. 2) Condução, direção, proteção da biodiversidade, controle do uso de recursos naturais, através de determinados instrumentos, que incluem regulamentos e normatização, investimentos públicos e financiamentos, requisitos interinstitucionais e jurídicos. Este conceito tem evoluído para uma perspectiva de gestão compartilhada pelos diferentes agentes envolvidos e articulados em seus diferentes papéis, a partir da perspectiva de que a responsabilidade pela conservação ambiental é de toda a sociedade e não apenas do governo, e baseada na busca de uma postura pró-ativa de todos os atores envolvidos.

Governabilidade - Condição operacional dependente da interação entre agentes, necessária a gestão (neste caso, de uma APA). Engloba não apenas o governo instituído, mas todas as forças políticas, econômicas e sociais disseminadas na sociedade.

 

H

Habitat - Hábitat de um organismo é o lugar onde vive ou o lugar onde pode ser encontrado. O hábitat pode referir-se também ao lugar ocupado por uma comunidade inteir. Por analogia, pode-se dizer que o hábitat e o "endereço" do organismo e o nicho ecológico é, biologicamente falando, sua "profissão".

Halófilo - 1) Organismo que necessita altas concentrações salinas para seu desenvolvimento. 2) Plantas que têm preferência por ambientes salinos: algas marinhas, vegetação dos mangues, vegetação das áreas arenosas marítimas.

Halógenos - Grupo de substâncias químicas contendo na sua molécula cloro, flúor, bromo ou iodo.

Hipolímnio - Camada profunda de um lago abaixo do termoclina. Fica fora das influências da água de superfície e tem um gradiente de temperatura relativamente fraco.

 

I

IMG - Formato digital utilizado pelos softwares ARCINFO e IMAGINE para o armazenamento de imagens de satélite.

Impactador cascata - Equipamento de amostragem no qual o ar é impelido por meio de uma série de jatos de encontro a uma série de lâminas. As partículas presentes no ar então aderem à lâminas microscópicas, que são cobertas por uma substância absorvente. As aberturas dos jatos são dimensionadas para permitir a distribuição das partículas por tamanho.

Impacto Ambiental - Qualquer alteração das propriedades físicas, químicas e biológicas do meio ambiente, causada por qualquer forma de matéria ou energia.

Impacto direto - Resultante de uma simples relação de causa e efeito (também chamado impacto primário ou de primeira ordem).

Impacto indireto - Resultante de uma reação secundária em relação a ação, ou quando é parte de uma cadeia de reações (também chamado impacto secundário ou de enésima ordem - segunda, terceira etc.), de acordo com sua situação na cadeia de reações.

Impacto temporário - Quando seus efeitos têm duração determinada.

Incêndio de Copa - Tipo de incêndio que se caracteriza pela propagação do fogo através das copas das árvores. Considera-se incêndio de copa aquele que ocorre em combustíveis acima de 1,80 m de altura.

Incêndio Florestal - Fogo sem controle que incide sobre qualquer forma de vegetação, podendo tanto ser provocado pelo homem como por fonte natural (raio).

Jazidas - Massas individualizadas de substâncias minerais ou fósseis, encontradas na superfície ou no interior da terra, que apresentem valor econômico, constituindo riqueza mineral do País.

Jusante - Denomina-se a uma área que fica abaixo da outra, ao se considerar a corrente fluvial pela qual é banhada. Costuma-se também empregar a expressão "relevo de jusante" ao se descrever uma região que está numa posição mais baixa em relação ao ponto considerado.

 

K

Kyoto, protocolo - Esse Protocolo tem como objetivo firmar acordos e discussões internacionais para conjuntamente estabelecer metas de redução na emissão de gases-estufa na atmosfera, principalmente por parte dos países industrializados, além de criar formas de desenvolvimento de maneira menos impactante ? queles países em pleno desenvolvimento. Diante da efetivação do Protocolo de Kyoto, metas de redução de gases foram implantadas, algo em torno de 5,2% entre os anos de 2008 e 2012.

L

Lago distrófico - Lago de águas pardas, húmicos e pantanosos. Apresentam alta concentração de ácido húmico e é frequente a aparição de turfa nas margens.

Lagoa aerada - Lagoa de tratamento de água residuária artificial ou natural, em que a aeração mecânica ou por ar difuso é usada para suprir a maior parte de oxigênio necessário.

Lagoa aeróbia - Lagoa de oxidação em que o processo biológico de tratamento é predominantemente aeróbio. Estas lagoas têm sua atividade baseada na simbiose entre algas e bactérias. Estas decompõem a matéria orgânica produzindo gás carbônico, nitratos e fosfatos que nutrem as algas, que pela ação da luz solar transformam o gás carbônico em hidratos de carbono, libertando oxigênio que é utilizado de novo pelas bactérias e assim por diante.

Lagoa anaeróbia - Lagoa de oxidação em que o processo biológico é predominantemente anaeróbio. Nestas lagoas, a estabilização não conta com o curso do oxigênio dissolvido, de maneira que os organismos existentes têm de remover o oxigênio dos compostos das águas residuárias, a fim de retirar a energia para sobreviverem. É um processo que a rigor não se pode distinguir daquele que tem lugar nos tanques sépticos.

Lagoa de maturação - Lagoa usada como refinamento do tratamento prévio efetuado em lagoas ou outro processo biológico, reduzindo bactérias, sólidos em suspensão e nutrientes.

Lagoa de oxidação ou estabilização - Um lago artificial no qual dejetos orgânicos são reduzidos pela ação das bactérias.

 

M

Macroclima - Clima geral. Compreende as grandes regiões e zonas climáticas da terra e é o resultado da situação geográfica e orográfica. O macroclima se diferencia em mesoclima quando aparecem modificações locais em algumas de suas características.

Mais-valia - É a parte do valor criado pelo trabalho que, entretanto, fica nas mãos dos capitalistas. Do valor total criado pelo trabalho, uma parcela é usada como capital variável, isto é, como meios necessários para manter e reproduzir a força de trabalho e a outra parcela é apropriada pelos capitalistas, constituindo a mais-valia, o lucro auferido pelos capitalistas no processo de produção.

Manancial - Qualquer corpo d"água, superficial ou subterrâneo, utilizado para abastecimento humano, industrial ou animal, ou irrigação.

Manejo - É o ato de intervir ou não no meio natural com base em conhecimentos científicos e técnicos, com o propósito de promover e garantir a conservação da natureza. Medidas de proteção aos recursos, sem atos de interferência direta nestes, também fazem parte do manejo.

Manejo de Unidades de Conservação - É o conjunto de ações e atividades necessárias ao alcance dos objetivos de conservação de áreas protegidas, incluindo as atividades fins, tais como proteção, recreação, educação, pesquisa e manejo dos recursos, bem como as atividades de administração ou gerenciamento. O termo gestão de uma unidade de conservação pode ser considerado sinônimo de manejo da mesma.

Manejo dos Recursos Naturais - É o ato de intervir, ou não, no meio natural com base em conhecimentos científicos e técnicos, com o propósito de promover e garantir a conservação da natureza. Medidas de proteção aos recursos, sem atos de interferência direta nestes, também fazem parte do manejo.

Mangue ou Manguezal - Ecossistema situado em áreas costeiras tropicais, como estuários e lagunas, regularmente inundado por água salobra.

Mar de morros - Discriminação criada pelo geógrafo francês Pierre Deffontaines para as colinas dissecadas que formam verdadeiros níveis, na zona das Serras do Mar e Mantiqueira.

Maré negra - Termo usado pelos ecologistas para designar as grandes manchas de óleo provenientes de desastres com terminais de óleo e navios petroleiros, e que, por vezes, poluem grandes extensões da superfície dos oceanos.

Maré vermelha - Ocorre pela proliferação ou "bloom" de um tipo de plâncton com cor avermelhada, que causa mortandade de peixes. É um fenômeno natural, muitas vezes auxiliado pela presença de fósforo dos detergentes.

Mata Ciliar - Mata estreita existente na beira dos rios.

Matéria orgânica biodegradável - É a parcela de matéria orgânica de um efluente suscetível a decomposição por ação microbiana, nas condições ambientais. É representada pela demanda bioquímica de Oxigênio (DBO) e expressa em termos de concentração (mg de O2/l) ou carga (Kg de DBO/dia).

Matéria orgânica não biodegradável - É a parcela de matéria orgânica pouco suscetível a decomposição por ação microbiana, nas condições ambientais ou em condições pré-estabelecidas.

Material Genético - Todo material de origem vegetal, animal, microbiana ou outra que contenha unidades funcionais de hereditariedade.

Material particulado - Material carreado pelo ar, composto de partículas sólidas e líquidas de diâmetros que variam desde 20 micra até menos de 0,05 mícron. Podem ser identificados mais de 20 elementos metálicos na fração inorgânica de poluentes particulados. A fração orgânica é mais complexa contendo um grande número de hidrocarbonetos, ácidos, bases, fenóis e outros componentes.

Medidas compensatórias - Medidas tomadas pelos responsáveis pela execução de um projeto, destinadas a compensar impactos ambientais negativos, notadamente alguns custos sociais que não podem ser evitados ou uso de recursos ambientais não renováveis.

 

N

Nicho ecológico - Inclui não apenas o espaço físico ocupado por um organismo, mas também seu papel funcional na comunidade (como, por exemplo, sua posição na cadeia trófica) e sua posição nos gradientes ambientais de temperatura, umidade, pH, solo e outras condições de existência.

Nitrobactérias - Bactéria autotrófica e quimiossintetizante, que oxida nitrito a nitrato, para obtenção da energia necessária a síntese de alimento orgânico.

Nível trófico - Número de etapas que separam um organismo dos vegetais clorofilianos na cadeia alimentar.

 

O

Objetivo - Julgamento de valores que satisfaçam uma ou mais necessidades (por exemplo: promover a conservação da biodiversidade). Geralmente, em planejamento se define o conteúdo específico de um programa ou subprograma e se destina a solucionar aspectos relevantes para a gestão da APA.

Objetivo Geral - Objetivo maior ou objetivo de desenvolvimento, principal objetivo, para o qual é suposto que o projeto ou programa contribua a longo prazo e que fundamenta a sua realização.

Objetivo Imediato (Específico) - A razão próxima para o projeto. O resultado que se espera que o projeto atinja, se for completado com sucesso.

Oligotrópico - Ambiente em que há pouca quantidade de compostos de elementos nutritivos de plantas e animais. Especialmente usado para corpos d"água em que há pequeno suprimento de nutrientes e daí uma pequena produção orgânica.

Organoclorados - Inseticidas organo-sintéticos, que contêm na sua molécula átomos de cloro, carbono e hidrogênio.

 

P

Padrões Ambientais - Estabelece o nível ou grau de qualidade exigido pela legislação ambiental para parâmetros de um determinado componente ambiental. Em sentido restrito, padrão é o nível ou grau de qualidade de um elemento (substância, produto ou serviço) que é próprio ou adequado a um determinado propósito. Os padrões são estabelecidos pelas autoridades como regra para medidas de quantidade, peso, extensão ou valor dos elementos. Na gestão ambiental, são de uso corrente os padrões de qualidade ambiental e dos componentes do meio ambiente, bem como os padrões.

Padrões de balneabilidade - Condições limitantes estabelecidas para a qualidade das águas doces, salobras e salinas destinadas a recreação de contato primário (banho público). Os padrões nacionais de balneabilidade foram baixados pelo CONAMA como parte da Resolução nº 20, de 18.06.86.

Padrões de efluentes (líquidos) - Padrões a serem obedecidos pelos lançamentos diretos e indiretos de efluentes líquidos, provenientes de atividades poluidoras, em águas interiores ou costeiras, superficiais ou subterrâneas.

Padrões de emissão - Quantidade máxima de poluentes que se permitem legalmente despejar no ar por uma única fonte, quer móvel ou fixa.

Padrões de qualidade da água - Plano para o controle da qualidade da água, contemplando quatro elementos principais: o uso da água (recreação, abastecimento, preservação dos peixes e dos animais selvagens, industrial, agrícola); os critérios para a proteção desses usos; os planos de tratamento (para o necessário melhoramento dos sistemas de esgotamento urbano e industrial); e a legislação antipoluição para proteger a água de boa qualidade existente.

Padrões de qualidade do ar - Os níveis de poluente prescritos para o ar exterior, que por lei não podem ser excedidos em um tempo e uma área geográfica determinados.

Parâmetros - Significa o valor de qualquer das variáveis de um componente ambiental que lhe confira uma situação qualitativa ou quantitativa. Valor ou quantidade que caracteriza ou descreve uma população estatística. Nos sistemas ecológicos, medida ou estimativa quantificável do valor de um atributo de um componente do sistema.

Parcelamento do Solo - Qualquer forma de divisão de uma gleba em unidades autônomas, podendo ser classificada em loteamento ou desmembramento, regulamentada por legislação específica.

Parque Nacional - São áreas geográficas extensas e delimitadas, dotadas de atributos naturais excepcionais, objeto de preservação permanente, submetidas a condição de inalienabilidade e indisponibilidade de seu todo.

Parque Nacional - Tem como objetivo básico a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação e Interpretação ambiental, de recreação em contato com a natureza e de turismo ecológico.

Participação Social - É a atividade organizada, racional e consciente, por parte de um determinado grupo social, com o objetivo de expressar iniciativas, necessidades ou demandas, de defender interesses e valores comuns, de alcançar fins econômicos, sociais ou políticos e de influir, direta ou indiretamente, na tomada de decisão, para melhorar a qualidade de vida da comunidade.

Peculiaridades Ambientais - A expressão envolve os sistemas ambientais, alterados ou não, destacando os componentes bióticos e abióticos, seus fatores, seus processos naturais, seus atributos (qualidade, valor sociocultural), os patrimônios culturais, cênicos, da biodiversidade que se destacam pela raridade, potencialidade ou fragilidade. Envolvem também a tipologia e a qualificação dos recursos naturais.

 

Q

Quadro Socioambiental - Descrição da situação existente em um determinado território, abrangendo as condições ambientais, sociais e econômicas. Este quadro é produzido com base em estudos selecionados de acordo com as necessidades de detalhamento e aprofundamento, nas três fases do processo de planejamento. Os resultados esperados deverão expressar um diagnóstico funcional, que permita captar as principais tendências, indicadores de problemas e potencialidades existentes na área interna da Unidade, em sua área de influência e no contexto macro-regional da APA. Abrange análises do meio biótico e abiótico, socioeconômico e dos aspectos políticos e institucionais.

Qualidade Ambiental - O termo pode ser conceituado como juízo de valor atribuído ao quadro atual ou à condições do meio ambiente. A qualidade do ambiente refere-se ao resultado dos processos dinâmicos e interativos dos componentes do sistema ambiental, e define-se como o estado do meio ambiente numa determinada área ou região, como é percebido objetivamente em função da medição de qualidade de alguns de seus componentes, ou mesmo subjetivamente em relação a determinados atributos, como a beleza da paisagem, o conforto, o bem-estar.

Qualidade da água - Características químicas, físicas e biológicas, relacionadas com o seu uso para um determinado fim. A mesma água pode ser de boa qualidade para um determinado fim e de má qualidade para outro, dependendo de suas características e das exigências requeridas pelo uso específico.

 

R

Reciclagem - Recuperação, reprocessamento ou reutilização de materiais descartados como alternativa a sua disposição final em forma de resíduo.

Recuperação - Restituição de um ecossistema ou de uma população silvestre degradada a uma condição não-degradada, que pode ser diferente de sua condição original.

Recurso Natural - 1) Qualquer elemento, matéria e energia que não tenha sofrido processo de transformação, que seja usado diretamente para assegurar necessidades fisiológicas socioeconômicas ou culturais. Um Recurso Renovável pode se auto-renovar ou ser renovado a um ritmo constante, porque se recicla rapidamente, ou porque está vivo e pode propagar-se ou ser propagado. Um Recurso Não-renovável é aquele cujo consumo envolve necessariamente seu esgotamento, pois não tem mecanismos físico-químicos ou biológicos de geração, regeneração ou de propagação. 2) Toda matéria e energia que ainda não tenha sofrido um processo de transformação e que é usada diretamente pelos seres humanos para assegurar as necessidades fisiológicas, socioeconômicas e culturais, tanto individual quanto coletivamente.

Recursos Ambientais - A atmosfera, as águas interiores, superficiais ou subterrâneas, os estuários, o mar territorial, o solo, o subsolo, os elementos da biosfera, a fauna e a flora.

Recursos Biológicos - Recursos genéticos, organismos ou partes destes, populações ou quaisquer outros componentes bióticos de ecossistemas, de real ou potencial utilidade ou valor para a humanidade.

Recursos Genéticos - Material genético de valor real ou potencial.

Reflorestamento - Atividade dedicada a recompor a cobertura florestal de uma determinada área. O reflorestamento pode ser realizado com objetivos de recuperação do ecossistema original, através da plantação de espécies nativas ou exóticas, obedecendo-se à características ecológicas da área (reflorestamento ecológico), ou com objetivos comerciais, através da introdução de espécies de rápido crescimento e qualidade adequada, para abate e comercialização posterior (reflorestamento econômico).

Região - Porção de território contínua e homogênea em relação a determinados critérios pelos quais se distingue das regiões vizinhas. As regiões têm seus limites estabelecidos pela coerência e homogeneidade de determinados fatores, enquanto uma área tem limites arbitrados de acordo com as conveniências.

Rescaldo - Ato de checar a existência e apagar qualquer foco de possível reignição de um incêndio recém-extinto.

Reserva Biológica - Área essencialmente não-perturbada por atividades humanas que compreende características e/ou espécies da flora ou fauna de significado científico e tem por objetivo a proteção de amostras ecológicas do ambiente natural para estudos científicos, monitoramento ambiental, educação científica e manutenção dos recursos genéticos em estágio dinâmico e evolucionário.

Reserva Biológica - Tem como objetivo a preservação integral da biota e demais atributos naturais existentes em seus limites, sem interferência humana direta ou modificações ambientais, excetuando-se as medidas de recuperação de seus ecossistemas alterados e as ações de manejo necessárias para recuperar e preservar o equilíbrio natural, a diversidade biológica e os processos ecológicos naturais.

Reserva de Fauna - Área que contém habitat de espécies nativas da fauna silvestre, onde seja possível a observação por turistas, investigação científica e educação sobre o meio ambiente. Tem como objetivo a obtenção de proteínas ou produtos de vida silvestre, além da contemplação da fauna, investigação e educação.

 

S

Salinidade - Medida de concentração de sais minerais dissolvidos na água.

Sambaquis - São monumentos arqueológicos compostos de acúmulo de moluscos marinhos, fluviais ou terrestres, feitos pelos índios. Nesses jazigos de conchas se encontram, correntemente, ossos humanos, objetos líticos e peças de cerâmica.

Saneamento ambiental - Conjunto de ações que tendem a conservar e melhorar as condições do meio ambiente em benefício da saúde.

Saneamento básico - É a solução dos problemas relacionados estritamente com abastecimento de água e disposição dos esgotos de uma comunidade. Há quem defenda a inclusão do lixo e outros problemas que terminarão por tornar sem sentido o vocábulo "básico" do título do verbete.

Sistema - Conjunto de componentes que interagem para desempenhar uma dada função. Um sistema é configurado por objetos, partes ou elementos componentes. Esses objetos têm propriedades e afinidades entre si que unem todo o sistema. As relações entre elementos podem ser estáticas ou dinâmicas, o que implica na idéia de mudança, que é a principal característica de todos os sistemas.

 

T

Tabuleiros - Forma topográfica que se assemelha a um planalto, terminado de maneira abrupta.

Taxa de urbanização - lndicador que mede o crescimento percentual da população que vive em núcleos urbanos, em relação a população total considerado em períodos determinados, geralmente anuais, deduzido dos períodos intercensuais que se consideram a cada dez anos.

Turfa - Depósitos recentes de carvão, formado principalmente em regiões de clima frio ou temperado, onde os vegetais são carbonizados antes do apodrecimento.

 

U

Unidade de Conservação - Espaço territorial delimitado e seus componentes, incluindo as águas jurisdicionais, com características naturais relevantes, legalmente instituído pelo poder público para a proteção da natureza, com objetivos e limites definidos, sob regime específico de administração, ao qual se aplicam adequadas garantias de proteção.

Unidades de Conservação de Uso Direto - Aquelas nas quais a exploração e o aproveitamento econômico direto ou exploração dos recursos naturais são permitidos, de uma forma planejada ou regulamentada.

Unidades de Conservação de Uso Indireto - São aquelas Unidades onde está totalmente restringida a exploração e o aproveitamento econômico direto dos seus recursos naturais, podendo haver apenas o aproveitamento indireto de seus benefícios.

Usos Múltiplos - Nos processos de planejamento e gestão ambiental, a expressão usos múltiplos refere-se a utilização simultânea de um ou mais recursos ambientais por várias atividades humanas. Por exemplo, na gestão de bacias hidrográficas, os usos múltiplos da água (geração de energia, irrigação, abastecimento público, pesca, recreação e outros) devem ser considerados, com vistas a conservação da qualidade deste recurso, de modo a atender à diferentes demandas de utilização.

 

V

Valoração ambiental - Atribuição de valores monetários aos ativos ambientais, à mudanças ocorridas nos mesmos e aos efeitos dessas mudanças no bem-estar humano.

Vasa - Depósito argiloso, de partículas muito finas, de coloração cinza escuro ou mesmo esverdeada, muito pegajoso, escorregadio e com acentuado odor fétido, devido ao gás sulfúrico que contem. Os bancos de vasa aparecem nas orlas costeiras e na foz dos rios devido ao efeito de floculação e da gravidade, por ocasião das marés cheias.

Vegetação primária - É aquela de máxima expressão local, com grande diversidade biológica, sendo os efeitos das ações antrópicas mínimos, a ponto de não afetar significativamente suas características originais de estrutura e de espécies.

Vegetação secundária ou em regeneração - É aquela resultante dos processos naturais de sucessão, após supressão total ou parcial da vegetação primária por ações antrópicas ou causas naturais, podendo ocorrer árvores da vegetação primária.

 

Z

Zona de Amortecimento - Área no entorno de uma unidade de conservação, onde as atividades humanas estão sujeitas a normas e restrições específicas, com o propósito de minimizar os impactos negativos sobre a Unidade.

Zona de Transição - Uma zona, periférica ao Parque Nacional ou reserva equivalente, onde restrições são colocadas sobre o uso dos recursos ou medidas especiais de desenvolvimento são tomadas para aumentar o valor da conservação da área.

Zoneamento - 1) É a destinação factual ou jurídica da terra a diversas modalidades de uso humano. Como instituto jurídico, o conceito se restringe a destinação administrativa fixada ou reconhecida. 2) Definição de setores ou zonas em uma unidade de conservação com objetivos de manejo e normas específicas, com o propósito de proporcionar os meios e as condições para que todos os objetivos da Unidade possam ser alcançados de forma harmônica e eficaz.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável

Mahatma Gandhi

Vídeos

Bonito Seguro - Pronto para te receber!

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Páscoa 2021 no Pantanal

MÁRIO WILLIAM ESPER

Abundância de água, escassez de investimentos

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Uma realidade vergonhosa