quinta, 15 de abril de 2021
GASTRONOMIA

Um prato diversificado e cheio de sabores

13 JUN 2017 - 15h00Por Redação
 

Todo mundo sabe que Mato Grosso do Sul tem em suas belezas naturais o carro chefe do turismo. São rios de águas cristalinas na região de Bonito – Serra da Bodoquena, fauna e flora exuberantes no Pantanal, lugares maravilhosos para esportes aquáticos, pesca, trilhas e contemplação em várias regiões turísticas do estado.

Mas o que dizer aos adeptos do turismo gastronômico? Conheça um pouco da culinária sul-mato-grossense, resultante de elementos culturais, tradições e costumes oriundos de sua rica miscigenação.

Campo Grande: O sobá é um prato originário da Ilha de Okinawa no Japão. No Brasil, a cidade de Campo Grande, foi a primeira cidade a dispor de restaurantes que servem sobá, trazido por imigrantes da ilha, que chegaram à cidade em 1908. Atualmente está presente em outras cidades, mas é na capital sul-mato-grossense que mais se encontram restaurantes que servem o Sobá. O prato é oferecido também na Feira Central e acabou se tornando uma iguaria típica, tradicional e patrimônio cultural da cidade.

Pantanal: A gastronomia pantaneira possui um cardápio que sofreu influência de outros países sul-americanos. Destacamos os peixes pacu, pintado e o dourado que podem ser fritos, cozidos ou assados, além do caldo de piranha. O churrasco com mandioca e a carne seca, o tereré (erva-mate servida gelada em chifre de boi), a chipa, a sopa paraguaia, a saltenha e a bocaiúva também fazem parte da rica gastronomia pantaneira.

Bonito – Serra da Bodoquena: Os principais pratos que podem ser degustados na região são o arroz carreteiro, sopa paraguaia, chipa, churrasco, licor e palmito de bacurí, frango com palmito de bacurí, doce de jaracatiá, locro, escondidinho de mandioca com carne seca, mandioca, maionese de mandioca, marmelada,  doces e temperos de guavira, dentre outros que representam a história de Bonito e Serra da Bodoquena em seus gostos e aromas.

Rota Norte: Na Rota Norte destacamos na culinária regional: a paçoca de carne seca feita com carne-de-sol e farinha de mandioca socada no pilão, o empamonado, pirão de carne, perfumado com pimenta bodinho, churrasco com mandioca, arroz carreteiro com pequi, com guariroba e variados pratos à base de peixe.

Costa Leste e Região: Como em todo Mato Grosso dos Sul, o churrasco é um dos principais pratos também na Costa Leste. Tão característico que todos os anos, durante a Festa do Peão em Aparecida do Taboado – Taboadão, é realizado um campeonato de churrasco que reúne pessoas de todo o país. Selvíria é outro município que possui uma competição do gênero. Em Santa Rita do Pardo o prato típico é a carne de sol, que possui inclusive uma grande festa onde são apresentadas as variedades feitas no município.

Nova Andradina e Região: Com uma cultura diversificada, a culinária de Nova Andradina e região turística Vale das Águas recebe várias influências. O preparo variado de peixes, o tradicional churrasco de carne bovina servido com mandioca, a vaca atolada, o puchero, são alguns dos pratos típicos saboreados na região. (www.turismo.ms.gov.br)

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável

Mahatma Gandhi

Vídeos

Bonito Seguro - Pronto para te receber!

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Páscoa 2021 no Pantanal

MÁRIO WILLIAM ESPER

Abundância de água, escassez de investimentos

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Uma realidade vergonhosa