sexta, 24 de maio de 2024
ESTRATÉGIA

Tecnologia e inteligência turística em prol do desenvolvimento do setor

14 ABR 2024 - 11h11Por REDAÇÃO

Tecnologia e inovação têm sido aliadas do turismo brasileiro. A estratégia Destinos Turísticos Inteligentes (DTI), implantada pelo Ministério do Turismo desde 2021, está ajudando as cidades a darem maior visibilidade aos seus atrativos, com a implantação de tecnologias que tornam os municípios mais acessíveis e sustentáveis.

Desenvolvida inicialmente na Espanha, a ação foi adaptada para a realidade brasileira com a parceria do Instituto Ciudades del Futuro. O objetivo é possibilitar que o local conquiste mais espaço no setor, ampliando a competitividade turística, a promoção internacional e a oportunidade de captação de investimentos externos.

A coordenadora de Inovação e Transformação de Destinos Turísticos do MTur, Angela Baltazar, explica que o DTI Brasil estimula a excelência, propondo um processo contínuo de melhorias. 

“Uma vez que se adquire o selo DTI em Transformação, o município deve monitorar constantemente seus resultados, corrigindo o que for preciso para se tornar mais acessível, sustentável, tecnológico, seguro, criativo e inovador. Esses esforços tornam o local mais competitivo e com uma melhor reputação", disse.

Certificação

A cidade brasileira que se dispõe a implantar as diretrizes para tornar os seus destinos mais atrativos, adquire o selo DTI só após o cumprimento de, no mínimo, 80% dos requisitos contidos no Plano de Transformação. Com isso, elas se comprometem com pilares que impactam positivamente a qualidade de vida dos moradores e a experiência dos turistas.

No fim do ano passado, durante o Salão Nacional do Turismo, dez novas cidades brasileiras receberam a certificação DTI em Transformação: Foz do Iguaçu (PR), Goiânia (GO), Ponta Grossa (PR), Santos (SP), Joinville (SC), Vila Velha (ES), Fortaleza (CE), São Luís (MA), Gramado (RS) e Bonito (MS). 

A capital Belo Horizonte (MG) também foi contemplada com o selo, devido ao seu esforço em aplicar a metodologia por conta própria e de forma exitosa. Outros 10 municípios continuam tendo selo DTI, que foi emitido na edição anterior.

Como fazer parte

O Ministério do Turismo estabeleceu 105 requisitos necessários para iniciar um trabalho de desenvolvimento de um destino turístico, visando sua transformação. Fazem parte dos critérios: a cidade saber gerir os recursos de forma eficiente; proporcionar experiências de qualidade para o turista; criar vivências integrativas e oferecer atrativos acessíveis.

Na cartilha, disponibilizada pelo MTur sobre o DTI Brasil, é possível compreender as vantagens que a tecnologia traz para os destinos turísticos, conhecer casos de sucesso, os eixos metodológicos do programa e muito mais. 

Você pode acessar a cartilha DTI Brasil clicando AQUI.

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O meio ambientalismo nunca preocupou-se com o meio ambiente. Suas ações são histéricas ou fanáticas em defender interesses inconfessos

Armando Arruda Lacerda, pantaneiro

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

PAULO DE GODOY

Os desafios da sustentabilidade da jornada de dados para IA

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Pantaneiros informam: respeitar não é idolatrar animais

FREDERICO BUSSINGER

Água, chuvas, enchentes: Lições aprendidas e a aprender