quinta, 15 de abril de 2021
SERTÕES

Rota Sul volta ao mapa Off-Road depois de quinze anos

26 OUT 2019 - 18h42Por REDAÇÃO

Chega de Saudade. Três meses depois do Sertões e 15 anos desde o último Rota Sul a poeira volta a subir nas estradas do Sul, de 5 a 7 de dezembro, com largada em Pelotas (dia 6) e chegada em Porto Alegre (dia 7), num percurso de quase mil km.

A prova faz parte do Campeonato Sul-Americano de carros (Codasur) além de ser a última etapa do Brasileiro de Rally Cross Country.

O retorno da família Sertões ao Rota Sul é também um presente aos fãs. Especialmente em um dos estados mais apaixonados pelo automobilismo do país. O cross-country volta ao Rota Sul no novo formato três dimensões. Com expedições de turismo e a presença do projeto social SAS (Saúde e Alegria no Sertões) acompanhando a prova, cuidando das populações carentes do local e mostrando lugares que nem todos os gaúchos conhecem.

“Resgatamos o Rota Sul depois de 15 anos por vários motivos. Vale destacar a paixão dos torcedores locais pela velocidade e a oportunidade de mostrarmos lugares e paisagens que poucos brasileiros conhecem. Estamos muito honrados de poder desfrutar por alguns dias da famosa hospitalidade do Rio Grande Sul.”, diz Joaquim Monteiro, CEO da Dunas, a empresa que organiza o Sertões e a Sertões Series.

O Sertões Series funciona como se fosse o campeonato brasileiro de provas off-road. O Sertões é a competição âncora da série, a única etapa de longa duração. A edição 2019 do Series, que se encerra com o Rota Sul, teve antes o Rally RN (abril); o Rally do Jalapão (Junho), o Sertões (Agosto) e o Rota Sul (Dezembro).

O calendário 2020 do Series será divulgado na festa de premiação e encerramento do Rota Sul no dia 7 de dezembro. A principal diferença entre o Sertões e os outros ralis do Series é o tamanho. No maior rali das Américas a disputa dura oito dias e quase 5.000 km. Nas provas normais são três dias e cerca de 1.000km percorridos.

“Será uma chance de mostrar à América do Sul os atrativos turísticos da nossa cidade. Pelotas já é reconhecida nacionalmente pelos doces e pela arquitetura neoclássica. Agora vai ganhar novos territórios”, disse a prefeita de Pelotas, Paula Mascarenhas.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável

Mahatma Gandhi

Vídeos

Bonito Seguro - Pronto para te receber!

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Páscoa 2021 no Pantanal

MÁRIO WILLIAM ESPER

Abundância de água, escassez de investimentos

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Uma realidade vergonhosa