quarta, 17 de abril de 2024
LEITURA

“Rios Arrasadores”, curiosidades sobre o lado molhado da Geografia

28 DEZ 2021 - 11h49Por REDAÇÃO

Já imaginou poder explorar os maiores rios da Terra, dar um mergulho em gigantes cascatas e até mesmo pescar e assar uma piranha para o almoço? No livro Rios Arrasadores, de Rita Ganeri, você aprende isso e muito mais, como sobreviver em caso de enchente.

Publicada pela Editora Melhoramentos, a obra faz parte da série Saber Horrível e acaba de ganhar capa cor neon e também ilustrações dinâmicas e divertidas feitas por Mike Phillips. Você só tem de ir virando as páginas. Não precisa nem se molhar!

Além de trazer muitas curiosidades sobre o lado molhado e borbulhento da Geografia, o livro conta com fatos históricos, dados e relatos do diário secreto de um destemido aventureiro e suas explorações fluviais.

Como os demais títulos da série Saber Horrível, que já vendeu mais de 30 milhões de exemplares, o livro tem abordagem surpreendente, com muitas ilustrações, linguagem bem-humorada e conhecimento atualizado. Assim como Rios Arrasadores, as obras Vulcões Violentos, Tempo Ruim, Matemática Mortífera, Digestão Nojenta, Bichos Nojentos, Natureza Nojenta e Sangue, Ossos e Pedacinhos também ganharam novo visual, com capas nas cores neon, narrativas curiosas, bilhetes, quiz, experimentos e muito mais.

Sobre a autora

Anita Ganeri nasceu em Calcutá, na Índia, mas vive em West Yorkshire, na Inglaterra, com sua família. Trabalhou muitos anos em editoras, mas foi como escritora que mais se destacou, publicando aproximadamente 300 títulos, incluindo a série de best-sellers Geografia Horrível, que ganhou o prêmio de prata da Geographical Association, em 1999.

Sobre o ilustrador

Mike Philips é ilustrador há mais de 25 anos e já trabalhou em muitos livros infantis, incluindo vários títulos da série Saber Horrível. Ele trabalha em mídias tradicionais e digitais, ficção, não-ficção, educacional, cartões comemorativos e desenhos animados.
 

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Todo equívoco humano é satirizável. Enquanto houver ser humano com suas carências, inseguranças e dúvidas, haverá sátira

Ziraldo (1932-2024)

Vídeos

Bonito, um convite à sustentabilidade

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

25 anos de concessão, aceitar escombros como devolução?

NELSON ARAÚJO FILHO

Uma história de areias

HEITOR RODRIGUES FREIRE

Feliz Ano Novo