quarta, 17 de abril de 2024
PMA

Projeto Florestinha entra no 37º ano com foco na educação ambiental

22 FEV 2024 - 13h57Por REDAÇÃO

Projeto Polícia Militar Ambiental (PMA) reconhecido pela sua contribuição significativa na formação de jovens multiplicadores de ações sustentáveis, o Florestinha de Campo Grande iniciou seu ano letivo para crianças e adolescentes com idades entre 7 e 16 anos.

O Florestinha completou 36 aos de criação em 2023, período em que envolveu com foxo na educação ambiental mais de cinco mil crianças e jovens da Capital e outros cinco municípios. Somente no ano de 2023, o projeto atendeu mais de 9.200 pessoas na Capital, levando conhecimento, cultura e carisma para crianças e adultos de todos os meios e classes sociais. 

“O projeto é uma das nossas maiores iniciativas de educação ambiental no Estado. Trabalha com crianças, que normalmente ficam conosco até adolescentes. Isso faz com que a gente consiga preparar um adulto melhor, para nos ajudar inclusive no nosso trabalho de proteção ao meio ambiente”, afirmou o tenente-coronel Cleiton Douglas da Silva, comandante da PMA na Capital.

Compromisso

Através de atividades lúdicas e educativas, as crianças são incentivadas a entender a importância da preservação ambiental e a adotar práticas sustentáveis em seu cotidiano.

Além disso, as crianças e adolescentes que o integram participam como aprendizes e educadores ambientais, realizando palestras sobre o meio ambiente em escolas e eventos da capital, tornando-se multiplicadores mirins. 

Com a retomada das atividades, o 1º Batalhão de Polícia Militar Ambiental, alinhado com as diretrizes do Comando de Policiamento Ambiental - CPAmb, reafirma seu compromisso em contribuir para a construção de uma sociedade mais consciente e engajada com a preservação do meio ambiente e com a redução das desigualdades sociais.

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Todo equívoco humano é satirizável. Enquanto houver ser humano com suas carências, inseguranças e dúvidas, haverá sátira

Ziraldo (1932-2024)

Vídeos

Bonito, um convite à sustentabilidade

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

25 anos de concessão, aceitar escombros como devolução?

NELSON ARAÚJO FILHO

Uma história de areias

HEITOR RODRIGUES FREIRE

Feliz Ano Novo