sexta, 19 de julho de 2024
DICAS

Práticas fáceis para tornar a sua casa mais sustentável no dia a dia

18 SET 2023 - 12h32Por REDAÇÃO

Um levantamento divulgado pela Opinion Box, plataforma de pesquisa de mercado, revela que 82% dos brasileiros consideram a sustentabilidade um tema fundamental para a sua rotina. 

Apesar do grande interesse pela temática, e do claro entendimento de que mudanças são necessárias para preservar nossos recursos, ainda existem muitas dúvidas de como é possível realmente implementar práticas mais sustentáveis no dia a dia.

Por mais batido que seja, o discurso de que cada um deve fazer a sua parte ainda é extremamente válido. Até porque o que pode ser considerado uma pequena mudança de costume, pode abalar toda uma cadeia de relações e beneficiar todo ecossistema à nossa volta. 

Dessa forma, o melhor lugar para dar início a uma rotina de hábitos sustentáveis é justamente dentro de casa, por meio de ações que impulsionam atitudes e o consumo consciente, auxiliando, assim, na preservação do planeta. 

Pensando nisso, Kim Lima, diretor de Comercial e Marketing da Evolua Energia, uma das empresas líderes em transformação energética no Brasil e especializada em geração distribuída compartilhada, preparou dicas de como tornar um lar mais sustentável, além de ressaltar a importância por trás dessa iniciativa. 

“Dentro de casa, a adoção de práticas sustentáveis ajuda não só a contribuir com o meio ambiente, mas também traz melhorias ao consumidor, assegurando a redução de custos com serviços básicos, como contas de luz, água, assim como a diminuição de lixo”, destaca.

1. Opte pela energia solar

Considerada uma matriz energética limpa e renovável, a energia solar tem crescido de forma exponencial no Brasil e no mundo por conseguir otimizar a eficiência energética. Além do baixo impacto ambiental, uma vez que se trata de uma fonte renovável e não emite poluentes durante o processo de geração, a energia solar também se destaca por conseguir trazer economia na conta de luz aos brasileiros.

Hoje, graças aos avanços e o suporte cada vez mais desenvolvido da tecnologia, quem não quiser fazer obra em casa ou investir na instalação de painéis, pode optar por contratar um serviço de energia solar gratuitamente via modelo de assinatura, modalidade em que a energia gerada em parques solares é inserida nas companhias de distribuição e, após isso, compartilhada entre os usuários do serviço.

2. Quartos adaptados

Muitas vezes, cômodos como quartos e escritórios, acabam sendo os mais utilizados no cotidiano. Por isso, é fundamental criar hábitos sustentáveis nesses espaços. Por exemplo, é possível ficar atento a aparelhos eletrônicos que poderiam estar desligados, mas acabam permanecendo em stand-by. Outro ponto é a preferência pelo uso da iluminação natural durante o dia, além da opção do uso das lâmpadas de LED. Além de serem mais duradouras, elas consomem menos energia em comparação com as fluorescentes.
 
3. Cozinha sustentável

Dentro da cozinha, é importante que as pessoas fiquem alertas quanto às práticas prejudiciais ao meio ambiente. Ações simples como fechar a torneira para lavar a louça, evitar abrir e fechar a geladeira a todo momento e tampar as panelas para diminuir o tempo de cozimento já contribuem para uma rotina mais sustentável. Outro ponto de atenção relevante é observar a eficiência energética na hora de comprar eletrodomésticos (geladeira, microondas, fogão, air-fryer, etc.), buscando adquirir produtos que consumam menos energia. 

4. Banheiro sem desperdício

O banheiro é outro ambiente essencial visando a construção de uma rotina sustentável. Comportamentos despretensiosos como fechar a torneira na hora de escovar os dentes e reduzir o tempo gasto nos banhos já contribuem bastante para o uso racional da água e energia. Vale ressaltar também a importância de ficar sempre atento a possíveis vazamentos.

5. Lixo bem tratado

As práticas direcionadas ao descarte de lixo contribuem diretamente para esse objetivo. Separar o lixo reciclável e ter atenção a certos objetos mais complexos na hora de se desfazer (como pilhas, lixo hospitalar e produtos eletrônicos), fazem toda a diferença para o meio ambiente. Indo pela mesma linha, evitar o uso de materiais descartáveis e reutilizar embalagens, sempre que possível, são ações que tomadas com constância podem ser vitais para uma vida e um planeta mais sustentável.  

Leia Também

Relatos de viagem

Gabi viveu o deserto e o céu mais estrelado do mundo

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Leio na mídia: "Bugio expressa ternura ao ver a irmã com o sobrinho no Pantanal..." É muita masturbação.

Silvio de Andrade, jornalista

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

MARCO MORAES

Não confunda sustentabilidade com ideologia

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Fogo Classe P de Pantanal

HEITOR RODRIGUES FREIRE

Um Caminho