sexta, 14 de maio de 2021
ALÉM MAR

MSC Cruzeiros: novos navios, temporada no Brasil e protocolos

04 FEV 2021 - 10h09Por PANROTAS

A MSC Cruzeiros tem muito a transmitir aos agentes de viagens brasileiros e, em razão disso, o Portal PANROTAS entrevistou o diretor geral da empresa no País, Adrian Ursilli, para que nenhum detalhe escape e nada fuja da vista de um consumidor que está sedento por sair de casa e relaxar em segurança. 

"Estamos confiantes, com o início da vacinação em todo mundo, de que 2021 será um ano muito importante, e os dois navios que serão inaugurados este ano são símbolos do comprometimento da MSC com todo mercado, em todos os sentidos", antecipa Ursilli.

NOVO NAVIO

O 18º navio da frota da MSC Cruzeiros tem tudo para agradar o público brasileiro. Ele entrega aos clientes daqui o que eles mais gostam, segundo Adrian Ursilli. Cruzeiristas de todas as idades serão positivamente impactados pelo novo equipamento. A previsão é de que o MSC Virtuosa comece a navegar em 16 de abril no Mediterrâneo e posteriormente no norte da Europa.

"Mais do que um meganavio, é importante ressaltar que o MSC Virtuosa continua trazendo atributos que fazem da MSC uma empresa única e que o brasileiro tanto gosta. Decoração moderna, clássica, com design arrojado, contemporâneo, pensado por arquitetos e decoradores italianos, com amplas áreas externas, com piscinas de grande parte. Proporciona muita animação, entretenimento, lazer, restaurante, spa, teatros e uma enormidade de atividades de entretenimento", afirma Ursilli.

CLASSE EVO

Em relação ao MSC Seashore, que está prestes a deixar o estaleiro para ganhar os mares europeus, ele diz que virá aí outro produto com amplas áreas externas e foco em atividades ao ar livre.

Adrian Ursilli, diretor da MSC Cruzeiros

"Ele trará o conceito da classe Seaside, com design ultramoderno, de navios como o MSC Seaview, que revolucionaram o mercado com sua promenade 360 graus no ambiente externo. É praticamente uma passarela que passa por todo navio com piscinas, restaurantes, bares, sorveterias, áreas de entretenimento, todas no meio do navio e nos andares superiores uma área ainda maior com várias atividades ao ar livre, aponta Ursilli.

O MSC Seashore fará roteiros pelo Mediterrâneo e depois flutuará pelas águas claras do Caribe. A previsão de entrega é agosto de 2021.

RESERVAS FLEXÍVEIS

Todas as vendas domésticas e internacionais da MSC Cruzeiros contam com o respaldo do programa de reservas flexíveis da companhia, que se iniciou tão logo a pandemia foi decretada no ano passado. 

"O consumidor pode alterar a data de seu embarque sem penalidade, sem taxas extras, sem multas, até 15 dias antes do embarque, desde que escolha cruzeiro similar e na mesma temporada da primeira reserva", explica Ursilli. "Isso sem contar as condições especiais. Por meio do agente de viagens, o cliente pode programar seu cruzeiro comprando em até 12 vezes sem juros em reais."

"Desde o início procuramos oferecer todas as condições para que as remarcações pudessem ser feitas e os agentes de viagens tivessem benefícios. Ainda que o setor conte com uma legislação que propicia e protege o Turismo, sempre priorizamos que o hóspede ou agente de viagens pudesse de forma espontânea oferecer remarcação. Então criamos uma carta de crédito integral ao hóspede, para que ele pudesse reservar em até um ano seu próximo cruzeiro e, além disso, crédito de consumo a bordo de US$ 50 a US$ 400."

Ele ainda conta que o agente de viagens ainda será novamente comissionado na segunda remarcação, em 5%.

PROTOCOLOS DE SAÚDE

A pandemia e toda a crise sanitária global suspendeu as atividades da MSC em março do ano passado e desde lá, garante Ursilli, vem sendo construída uma nova realidade a bordo.

"A companhia já vem evoluindo e aprimorando sua estrutura em relação ao meio ambiente, com toda tecnologia para fazemos viagens menos poluentes, além de investimento na parte social, e agora a questão sanitária que atingiu seu ápice com a pandemia de covid-19", afirma o diretor da MSC no Brasil.

"Trabalhamos com especialistas em protocolos robustos, os quais já estão funcionando desde agosto e já foram aplicados em 40 mil hóspedes, pausando apenas em dezembro e janeiro. Está funcionando muito bem: testagem universal para todos os hóspedes ao menos duas vezes a cada cruzeiros de sete noites, uma no embarque e outra no meio da viagem. Há um novo cargo responsável só para isso e ampliamos a equipe médica a bordo. Absolutamente todos os detalhes foram revistos em função da pandemia, e são medidas que vieram para ficar, serão evoluídas e abrirão caminho para nossa temporada de verão na América do Sul", completa Ursilli.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O olhar mais cego que existe é quem olha para a preservação ambiental e não enxerga os indígenas como guardiões da floresta

Marcos Palmeira, ator e ambientalista

Vídeos

Morro do Azeite Ecolodge, Miranda MS

Mais Vídeos

Eco Debate

JOÃO GUILHERME SABINO OMETTO

Política ambiental é decisiva para o País

ARMANDO ARRUDA LACERDA

A vaca foi pro brejo?

JEANINE PIRES

5 novas ideias do que pode mudar no turismo