quarta, 21 de fevereiro de 2024
QUATRO CANTOS

Mais de 49 milhões de pessoas vão pular o Carnaval neste ano

09 FEV 2024 - 17h03Por MTUR

Neste ano, o Carnaval brasileiro promete arrastar multidões e registrar uma das maiores movimentações de público dos últimos anos. É que de acordo com um levantamento do Ministério do Turismo, mais de 49 milhões de pessoas devem curtir a folia nos quatro cantos do Brasil. O número é 6,5% maior do que o registrado na última festividade do Momo. O dado reforça a crescente expectativa de crescimento do turismo doméstico e internacional em 2024.

Para o ministro do Turismo, Celso Sabino, que deu o pontapé da festividade nesta sexta-feira (09.02) no Rio de Janeiro (RJ), ao participar da cerimônia de entrega das chaves da cidade para o Rei Momo, o Carnaval proporciona muito além da alegria e diversão.

"Temos dados que comprovam a importância desta festividade para a nossa economia. São bilhões de reais movimentados, são milhares de empregos que colocam comida na mesa dos brasileiros. E sem contar, é claro, na valorização da cultura nacional, que é bastante celebrada nesse período", destacou o ministro.

São Paulo e Rio

Somente na cidade de São Paulo (SP), a prefeitura estima a movimentação de mais de 15 milhões de pessoas entre bloquinhos e desfiles das escolas de samba que acontecem durante a folia. Já no Rio de Janeiro (RJ), a Riotur espera 5 milhões de foliões pulando Carnaval na capital fluminense. Ainda na região Sudeste, o estado de Minas Gerais prevê mais de 12 milhões de pessoas participando do Carnaval, sendo 5,5 milhões na capital, Belo Horizonte.

Na região Norte, Marabá (PA) aguarda 100 mil pessoas e em Manaus (AM), 15 mil foliões devem aproveitar o Carnaboi, tradicional no estado. Já na região Sul, a Secretaria de Turismo do Paraná divulgou que 1 milhão de pessoas irão aproveitar as festas no estado.

Estrangeiros

De acordo com um estudo feito pela Gerência de Informação e Inteligência de Dados da Embratur, a expectativa é que o Brasil receba cerca de 200 mil turistas internacionais no período carnavalesco. Esses visitantes devem deixar mais de R$ 900 milhões em receitas na economia do país durante as festividades, expectativa 6% acima do arrecadado em 2019, período pré-pandêmico.

Voos extras

As empresas aéreas ampliaram a oferta de voos extras no período, disponibilizando 1.104 operações espalhadas de norte a sul do país. No caso da LATAM, serão 500 viagens adicionais entre os dias 09 e 16 de fevereiro, totalizando 5,8 mil pousos e decolagens domésticas e internacionais.

Já a Gol realizará cerca de 350 voos extras de 08 a 18 de fevereiro, uma alta de 7% em relação à oferta regular. E a Azul vai disponibilizar 234 voos adicionais de 09 a 19 de fevereiro, o que representa um crescimento de 59% ante o último Carnaval.

 

Movimento

Estimativas da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) apontam que o período carnavalesco, neste ano, deve movimentar R$ 9 bilhões no setor turístico de todo o país, uma alta de 10% na comparação com a festa de 2023. É a primeira vez em que o valor poderá ultrapassar os níveis pré-pandemia.

Já o segmento de bares e restaurantes espera lucros 15% superiores a 2022 em capitais como de Belo Horizonte (BH), Rio de Janeiro (RJ) e Recife (PE). A procura por pacotes de viagens nacionais no Carnaval também registra avanço. Segundo a plataforma Decolar.com, o interesse em conhecer o Brasil cresceu 114% ante a mesma época de 2023.

Cuidados

Em mais uma ação nas redes sociais, o Ministério do Turismo está divulgando, desde o inicio da semana, uma série de conteúdos informativos para os foliões turistas aproveitarem esta que é uma das festas mais populares do mundo. Entre os assuntos estão: dicas de saúde, de segurança, de respeito e atenção às mulheres e às crianças e adolescentes, além de dicas de destinos fora dos grandes centros para aproveitarem o feriado.

"O Carnaval é uma festa de alegria, mas também de responsabilidade e respeito. Precisamos garantir que todos possam aproveitar com segurança e com dignidade. Principalmente, queremos enfatizar o respeito pelas mulheres, pelas crianças e pelos adolescentes. Eles merecem curtir o Carnaval sem qualquer forma de assédio ou violência. Se uma mulher disser NÃO, É NÃO! E se verificar qualquer indício de exploração sexual de crianças e adolescentes, denuncie. Disque 100!", destacou o ministro Celso Sabino.

Estímulo

Em 2023, o Ministério do Turismo lançou vários programas para estimular o brasileiro a colocar o pé na estrada pelo país. Um deles é o “Conheça o Brasil: Voando”, parceria do governo federal junto a empresas aéreas que envolve a articulação de medidas voltadas ao crescimento do setor. As iniciativas incluíram, ainda, o “Conheça o Brasil: Realiza”, ação conjunta com o Banco do Brasil que oferece crédito a correntistas para turismo.

Outra aposta do ministro Celso Sabino para estimular o turismo interno é a ajuda do governo federal às empresas aéreas por meio de um Fundo que funcione como garantidor para as companhias. A proposta está sendo discutida em âmbito ministerial e com a participação do Congresso Nacional.

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O fogo tem devastado as unidades de conservação do Pantanal, porém as Ongs culpam os vizinhos pantaneiros. E ai MP?

Silvio de Andrade, jornalista

Vídeos

Esportes radicais: calendário de 2024

Mais Vídeos

Eco Debate

ZECA CAMARGO

Dentro da Terra, dentro de mim

Silvio de Andrade

Desembaraçando pantaneiros dos antropizadores 

AFONSO CELSO VANONI DE CASTRO

"Ameaças são naturais, desastres não"