segunda, 18 de janeiro de 2021
RECEITA CASEIRA

turismo regional dá esperança ao setor no Estado do Rio

22 DEZ 2020 - 20h28Por EDUARDO MAIA/OGLOBO

Uma das muitas lições que 2020 deixará para o turismo é que a solução, muitas vezes, está mais perto do que se imagina. As limitações de viagens impostas pela pandemia revelaram a importância de destinos próximos às grandes cidades, muitas vezes deixados de lado por viajantes que preferiam cruzar oceanos, cordilheiras e desertos atrás de um lugar para as férias. O turismo regional é foco de iniciativas como a plataforma “Rio, o seu melhor presente”, que entrou como uma nova ferramenta para ajudar no planejamento de quem pretende viajar pelo Estado do Rio.

O guia on-line, fruto de uma parceria entre O GLOBO e a Secretaria estadual de Turismo do Rio de Janeiro, com apoio do Sesc-RJ e do Senac-RJ, lista opções de hospedagem, gastronomia e programação nas 12 regiões turísticas do estado.

A interface da plataforma, que pode ser acessada em computadores e celulares através do site riooseumelhorpresente.com.br, permite que o viajante filtre os serviços turísticos a partir de três categorias. Em “Onde dormir”, encontrará opções de hotéis, resorts, pousadas e hostels, entre outras formas de hospedagem. No campo “O que fazer”, estará a lista de experiências e estabelecimentos para visitação, com seus horários, preços e descrições. A seção “Onde comer/beber” reunirá restaurantes, bares, cafeterias, padarias, quiosques, sorveterias, fast foods, food trucks, produtos artesanais etc.

Além de informações úteis sobre os serviços listados, como endereço, horário de funcionamento e forma de pagamento, o visitante terá como entrar em contato diretamente com o estabelecimento, que, por sua vez, poderá oferecer descontos exclusivos para os usuários da plataforma.

Festa do interior

O site também está aberto para que empresas e profissionais do setor cadastrem ali, de forma gratuita, seus serviços. Uma das companhias já inscritas é a rede de hotéis Selina, que oferece desconto de 15% nas diárias em suas três unidades no Estado do Rio (Paraty, Lapa e Copacabana) para os usuários da plataforma. Para a diretora comercial da rede no Brasil, Giuliana da Fonseca, as expectativas para a alta temporada que se aproxima são altas. Dos três hotéis em território fluminense, o de Paraty, inaugurado em janeiro, vem tendo o melhor resultado.

— As pessoas têm procurado mais os destinos próximos das grandes cidades, com opções ao ar livre e contato com a natureza. Temos trabalhado também muito com estadia prolongada e, graças ao home office, até mesmo com opções para coworking — conta .

De acordo com a Associação de Hotéis do Rio de Janeiro (ABIH-RJ), os meios de hospedagem fora da cidade do Rio já apresentam uma ocupação média de 81% para o réveillon, acima da capital, onde, até agora, 58% dos quartos estão reservados. Os municípios mais procurados são Angra dos Reis (92,37%), Itatiaia/Penedo (90,17%), Arraial do Cabo (90%), Búzios (88,75%), Petrópolis (88,31%), Paraty (86,05%) e Teresópolis (85,25%).

— Destinos como Paraty, Penedo e Mauá têm a vantagem de estarem perto não só da cidade do Rio, mas também de São Paulo. O turismo regional se confirmou como uma força e vai ser assim 2021 — projeta Afredo Lopes, presidente da ABIH-RJ.

Segundo Luiz Strauss, presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagem no Rio (Abav-RJ), a retomada tem chegado também neste segmento, muito dependente de viagens mais longas:

“Aos poucos, os pacotes com hospedagem e passeios para destinos no interior começam a ser mais vendidos. Isso mostra que o viajante está mais aberto às opções que estão perto dele.”

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A natureza não negocia e a física não faz acordos

Greta Thunberg, ao Parlamento Europeu

Vídeos

Barco-hotel Vip: pesca no Pantanal

Mais Vídeos

Eco Debate

ORLANDO DE SOUZA

A real paz de que o Turismo precisa

CAIO PENIDO

Os Serviços Ambientais e o Pacto AgroAmbiental

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Pertencimento é pertencer ao Pantanal!