segunda, 25 de outubro de 2021
COXIM

Passarinhada termina com coleta voluntária de resíduos

12 OUT 2021 - 11h26Por SITE MSNORTE

Um grupo de amigos de Coxim, cidade localizada ao Norte de Mato Grosso do Sul, foi até a Área de Preservação Permanente (APP) do Córrego Fortaleza, mais precisamente na ponte da Estrada do Fortaleza, para registrar aves dentro da ação mundial Global Big Day.

A proposta consistia em participar de um dia global de observação de aves, registrando a maior quantidade possível de aves em 24 horas, e registrá-las banco de dados E-birds, uma das maiores plataformas do mundo de registro de aves.

A observação de aves (birdwatching) é um segmento do ecoturismo que movimenta milhões de dólares em todo o mundo e cada vez mais está se firmando no Brasil, especialmente em Mato Grosso do Sul.

Incentivadas pelo Instituto Mamede de Pesquisa Ambiental e Ecoturismo, 207 pessoas organizadas em 58 grupos com nomes de espécies por todo o MS, inclusive Coxim, Rio Verde, Rio Negro, Alcinópolis e Costa Rica registraram uma quantidade enorme de aves em parques, chácaras, praças e quintais.

 

O grupo Bico-de-agulha, de Coxim, registrou, em pouco mais de 1h30, cerca de 30 espécies, como juruva, urubuzinho, trinca-ferro, curió, andorinha-do-campo, entre outras.

Falta consciência

Porém, ao final da atividade, o grupo teve de pôr a mão na massa e coletar parte do lixo deixado por frequentadores do córrego Fortaleza.

Bitucas de cigarro, garrafas de vidro, latinhas, garrafas pet, fraldas, sacos plásticos, enfim, uma grande diversidade de material que poderia sido destinado à reciclagem, e acabou indo para o lixo por estar sem condições de ser tratado e encaminhado à reciclagem.

Apesar de haver uma caixa para armazenamento de resíduos sólidos na estrada, junto à ponte, e o caminhão da Prefeitura de Coxim passar para coleta aos sábados, muitos frequentadores do local não recolhem seu lixo.

O córrego Fortaleza, de águas claras e tons esverdeados, nasce nos contrafortes da Serra da Alegria, em Rio Verde, e flui em direção ao Rio Taquari formando piscinas naturais e belas cachoeiras. 

 

A “ponte do Fortaleza”, na Estrada Fortaleza-Pantanal é um ponto muito frequentado aos finais de semana. Com pequenas cascatas e piscinas naturais, reúne famílias e grupos de amigos. O acesso é livre, por estrada de terra, a apenas 3km de Coxim.

Participaram da ação: Leonardo Balan, gerente de Meio Ambiente de Coxim; Luciana Cruz e Lucilene Cruz, gestoras da Associação dos Agentes Ambientais do Taquari; Vinicius Graça de Paula, membro da ONG Espaço Manancial; Fabio Pellegrini, Tatiana Ono, as crianças Leo e Cecilia e José Francisco de Paula Filho, da empresa Rota das Monções – Turismo e meio ambiente.

Quem se interessar pela atividade de observação de aves pode entrar em contato com José Francisco De Paula Filho, um dos grandes conhecedores da biodiversidade de nossa região, pelo (67) 99936 5865.

Leia Também

Relatos de viagem

Rota das emoções: lugares de ver Deus...

Mais Relatos de Viagem

Megafone

REVITALIZAÇÃO DA LINHA INTERNACIONAL FOMENTA TURISMO DE COMPRAS

SÍLVIO DE ANDRADE

Vídeos

Bonito é referência nacional em saneamento

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Teses e antíteses ou todo fogo no Pantanal é agropastoril!

MANOEL MARTINS ALMEIDA

Fantástico, o Show da Morte!

THOMAZ LIPPARELLI

Pantanal, uma história que se repete