sábado, 24 de fevereiro de 2024
PANTANAL BONITO

Destinos fazem sucesso em feira no Paraguai

26 MAI 2023 - 09h11Por SILVIO DE ANDRADE

Único espaço de turismo na tradicional Exposição Pioneiros do Chaco, evento forte do agronegócio da região que se realiza desde o dia 23 em Loma Plata, no Paraguai, o estande compartilhado pelos municípios de Porto Murtinho, Jardim, Bonito e Bodoquena – integrantes da Rota Pantanal Bonito – está recebendo um grande fluxo de visitantes, incluindo brasileiros que moram ou tem negócios na região. 

A iniciativa dos destinos se baseia na perspectiva de aumento de entrada de turistas dos países vizinhos (Paraguai, Argentina e Chile) a Mato Grosso do Sul com a ativação da Rota Bioceânica, a partir de Porto Murtinho, distante 270 km de Loma Plata pela Ruta 15. Dentro de dois anos a ponte sobre o Rio Paraguai, entre Murtinho e Carmelo Peralta (Paraguai) estará concluída e será aberto um corredor de negócios e circulação de pessoas até o Pacífico.

Secretários de Turismo de Porto Murtinho, Bonito, Bodoquena e Jardim presentes na feira

Instalado em um ponto estratégico no pavilhão 2 da exposição, cujo parque fica distante 14 km de Loma Plata, o estande destaca em um grande painel uma maquete digital da ponte internacional, onde os visitantes são convidados a autografa-lo. As estampas visuais e os vídeos apresentando Pantanal e Serra da Bodoquena chamam a atenção do público.

Os secretários de turismo dos quatro municípios estão presentes na ação e nesta sexta-feira chegam os prefeitos Nelson Cintra (Porto Murtinho) e Josmail Rodrigues (Bonito). Na quinta-feira (25) chegou a Loma Plata o ministro de carreira do Ministério das Relações Exteriores, José Carlos Parkinson, que acompanha os acordos binacionais relativos à Rota Bioceânica e fará palestra sobre o tema em um dos pavilhões da feira.

Abrindo portas ao turismo

A avaliação que os municípios fazem dos três primeiros dias da feira é de alcance de público acima do esperado para uma primeira participação dos destinos em uma ação de promoção e divulgação de suas belezas naturais para os paraguaios da região do Chaco. Loma Plata fica distante 240 km de Porto Murtinho pela Ruta 15, eixo da Bioceânica pavimentado pelo Paraguai.

Atrativos turísticos da Rota Pantanal Bonito despertam muito interesses dos paraguaios

“Está sendo uma grande honra para Bodoquena participar desse pioneirismo dos nossos destinos, promovendo o nosso turismo numa região tão próxima e, ao mesmo tempo, que ainda desconhece os atrativos que temos do outro lado da fronteira. A Rota Bioceânica vai ser um diferencial para o nosso turismo e estamos plantando uma semente”, disse Fádua Fazzi, secretária de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente. 

Também com atrativos que se destacam no bioma Serra da Bodoquena e no corredor da Bioceânica, Jardim (distante 200 km da fronteira com o Paraguai) aposta na integração transfronteiriça e no crescimento do turismo com a facilidade de acesso até o Chile.

“Está sendo uma alegria muito grande para Jardim participar dessa ação no Paraguai, onde estamos tendo a oportunidade de apresentar o turismo forte e pujante de nossa região. Os quatro municípios da Rota Pantanal Bonito estão saindo na frente com esta ação. Nosso turismo vai crescer muito com a Bioceânica”, aposta Mário Sérgio Pache Silva, secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Cultura.

Rota Pantanal Bonito:
youtube.com/@rotapantanalbonitoms
instagram.com/rotapantanalbonitoms
facebook.com/rotapantanalbonitoms
Bonito Convention

(Assessoria de Imprensa da Rota Pantanal Bonito)

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Fogo não é mais normal nem cultural em MS. Esta é a primeira ruptura. Vamos trabalhar muito forte neste ano no manejo integrado e prevenção do fogo

Jaime Verruck, secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação

Vídeos

Esportes radicais: calendário de 2024

Mais Vídeos

Eco Debate

ZECA CAMARGO

Dentro da Terra, dentro de mim

Silvio de Andrade

Desembaraçando pantaneiros dos antropizadores 

AFONSO CELSO VANONI DE CASTRO

"Ameaças são naturais, desastres não"