sexta, 24 de maio de 2024
PATRIMÔNIO

Cenários de filme na Chapada dos Veadeiros, em Goiás

06 JUL 2017 - 22h44Por Cláudio Lacerda Oliva/Qual Viagem

A Chapada dos Veadeiros é uma região de cerrado localizada ao nordeste do estado de Goiás e que abriga o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, considerado patrimônio natural mundial, embora toda a região seja protegida por lei. A área é muito conhecida por sua beleza natural. A região abriga dezenas de rios, cachoeiras e paredões rodeados pela vegetação típica do Cerrado.

Para chegar ás atrações, visitantes precisam estar dispostos a caminhar. Algumas trilhas tem trechos íngremes e com muitas pedras. Como recompensa pelo esforço, quase todos os percursos terminam em poços limpos, na base de quedas-d’água ou no meio de formações rochosas. Muitos dos atrativos em propriedades particulares, espalhadas entre Alto Paraíso de Goiás, Cavalcante e São Jorge. É nesta última que está a entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, declarado Patrimônio Mundial pela Unesco desde 2001.

Dois dos lugares mais procurados para ficar são Alto Paraíso e São Jorge. As melhores opções de hospedagem estão em São Jorge, que é um antigo vilarejo dos garimpeiros, e não em Alto Paraíso. São Jorge é mais próximo das cachoeiras e também do Parque Nacional. Alto Paraíso é bom para conhecer, passar o dia, mas é mais caro e longe do parque.

Outra dica importante é alugar um carro. Ele facilita demais a ida em vários passeios pela Chapada que você pode fazer sem guia. O lugar oferece diversas cachoeiras lindíssimas e, dependendo de quantos dias você fique lá, o carro ajuda você a não perder tempo de um ponto ao outro.

A maioria dos passeios dá para serem feitos sem guia. Os mais bonitos e conhecidos são:

Vale da Lua: é um dos pontos mais visitados na Chapada dos Veadeiros e fica localizada em Alto Paraíso. É um conjunto de formações rochosas cavadas nas pedras pelas corredeiras de águas transparentes do rio São Miguel e é considerado um dos lugares mais bonitos do país.
Raizama: conjunto de cachoeiras ideal para a prática de canyoning e rapel.
Almécegas: são duas cachoeiras em que a água escorre por rochas íngremes.
Águas termais: piscinas naturais com água quente. Ideal para curtir à noite. Bom levar iluminação e toalhas.
Cachoeira São Bento: uma grande piscina natural com uma pequena queda d’água excelente para hidromassagem.

Vale ainda visitar a  as Cataratas dos Couros, o Vale Dourado, onde é possível nadar em prainhas de águas claras e experimentar deliciosos licores preparados pelo casal José Aparecido e Maria Solange. Quem desejar praticar esportes de aventura poderá se deliciar no Pelo Sertão Zen. Lá o turista poderá escolher entre, trekking, tirolesa e arvorismo.

Onde ficar

CHAPPADA HOTEL – chappadahotel.com.br
POUSADA FAZENDA SÃO BENTO – pousadasaobento.com.br
POUSADA CAMELOT INN – pousadacamelot.com.br

Como chegar

As cias aéreas Gol, Azul, Tam e Avianca oferecem voos diários de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Curitiba, Porto Alegre, Salvador, Recife, diretamente para Brasília. De lá alugue um carro, pois a Chapada fica a 220 quilômetros da capital federal.

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O meio ambientalismo nunca preocupou-se com o meio ambiente. Suas ações são histéricas ou fanáticas em defender interesses inconfessos

Armando Arruda Lacerda, pantaneiro

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

PAULO DE GODOY

Os desafios da sustentabilidade da jornada de dados para IA

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Pantaneiros informam: respeitar não é idolatrar animais

FREDERICO BUSSINGER

Água, chuvas, enchentes: Lições aprendidas e a aprender