sexta, 14 de maio de 2021
TOQUE DE RECOLHER

Bonito inova para atender o turista e estimular consumo

19 MAR 2021 - 20h09Por SÍLVIO ANDRADE

Enquanto alguns municípios questionam os decretos que impõe regras para impedir aglomerações e garantir segurança à população durante a pandemia do coronavírus, Bonito mais uma vez sai na frente ao criar uma alternativa por meio de aplicativo para movimentar o turismo paralelamente à produção que envolve a cadeia de alimentos.

Com o toque de recolher às 20h, a Capital do Ecoturismo lançou o Bonito Delivery, em parceria com a Abrasel (Associação de Bares e Restaurantes) e Associação de Hotéis, uma ferramenta digital que estimula o consumo noturno dos bonitenses e turistas confinados na rede hoteleira. Foi criado um serviço de entrega de pedidos de comidas e sobremesas, de forma rápida, fácil e segura.

O Bonito Delivery atende pedidos feitos pela internet e WhatsApp, com a Abrasel incluindo estabelecimentos de pequeno porte não associados à entidade. “Foi criado algo bem simples e prático para utilizar em delivery ou fazer cardápios digitais para o cliente não ficar dependendo dos físicos. O gerenciador é na própria plataforma que, por enquanto, ainda está em formato de site e não encapsulado na play store”, explica Bruna Maia, que integra a equipe idealizadora do projeto.

Maior atenção ao turista

“O recebimento dos pedidos é pelo site ou pelo WhatsApp da empresa cadastrada. Além disso, o Bonito Delivery possui uma lista dos estabelecimentos da cidade, mostrando endereços e as informações dos valores e opções do cardápio”, acrescenta.

A iniciativa está sendo massificada por meio da rede social e distribuição de folder pelos estabelecimentos comerciais e atrativos, com adesão da população e dos visitantes acima das expectativas. Até agora, 71 estabelecimentos da rede gastronômica, entre grandes e pequenos, estão cadastrados. Com o sucesso do projeto, a tendência é a manutenção do serviço digital mesmo depois da pandemia.

A prefeitura de Bonito, por meio da Secretaria de Turismo, Indústria e Comércio, firmou parceria com o Bonito Delivery objetivando a movimentação da economia local e ampliar os serviços ao turista neste momento delicado, ressalta Juliane Ferreira Salvadori, secretária de Turismo, Indústria e Comércio.

“O nosso intuito é fomentar os pedidos para esses estabelecimentos que não vão poder trabalhar atendendo ao público após às 20h, uma forma de girar a economia, garantir empregos e minimizar os impactos das restrições na economia”, disse ela. 

Operando normalmente

Segundo a secretária, o sistema opera de forma gratuita (sem comissão) e toda a cadeia gastronômica pode participar. “Estamos trabalhando para que a informação chegue nos turistas e na nossa comunidade, de forma fácil e prática, para que todos possam ser atendidos durante esse período. Também, foi inserida uma mensagem no voucher único, informando sobre a plataforma”, informa.

Juliane esclarece que Bonito não está fechado, em razão do toque de recolher, e os empreendimentos turísticos estão autorizados a operar respeitando rigorosamente todas as medidas restritivas e os protocolos de biossegurança. Com a abertura da Gruta do Lago Azul para visitação, na quinta-feira (18), volta a aumentar o fluxo de turistas na cidade.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O olhar mais cego que existe é quem olha para a preservação ambiental e não enxerga os indígenas como guardiões da floresta

Marcos Palmeira, ator e ambientalista

Vídeos

Morro do Azeite Ecolodge, Miranda MS

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

A vaca foi pro brejo?

JEANINE PIRES

5 novas ideias do que pode mudar no turismo

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Brasil Colônia