sexta, 24 de maio de 2024
NATURISMO

8 praias de nudismo para curtir o verão livre, leve e solto

02 JAN 2018 - 16h16Por Folha SP

No Brasil, há oito praias em que os banhistas podem dispensar a sunga ou o biquíni e curtir o mar como vieram ao mundo. Elas ficam na Paraíba, na Bahia, no Espírito Santo, no Rio Janeiro e em Santa Catarina.

Em qualquer outro ponto do litoral brasileiro, quem ficar pelado pode ser detido por ato obsceno. Confira quais são as praias em que o nudismo é permitido.

PRAIA DE TAMBABA, CONDE (PB) Com falésias de 20 metros de altura e mar calmo, foi a primeira praia do Nordeste liberada para o naturismo, em 1991. A roupa só é liberada em num pequeno trecho do lado esquerdo da praia. Na área destinada ao nudismo, é proibida a entrada de homens desacompanhados.

PRAIA DE MASSARANDUPIÓ, ENTRE RIOS (BA) A cerca de 93 km de Salvador, é uma das praias de naturismo mais tradicionais do país. O mar calmo, com recifes que formam piscinas, é o destaque, que ainda inclui dunas.

PRAIA DE BARRA SECA, LINHARES (ES) Oficializada naturista em 1999, Barra Seca permite aos frequentadores tomar banho de mar (um pouco bravo) ou de rio. A praia tem cerca de 10 km de extensão, mas área para o nudismo fica restrita a uma faixa de 200 metros. De Vitória, são 120 km pela BR­101 até Linhares, no norte do Estado, mais 50 km de asfalto numa planície repleta de fazendas de gado e outros 8 km de terra.

PRAIA OLHO DE BOI, BÚZIOS (RJ) Com cerca de 50 metros de extensão, pode ser percorrida em menos de 15 minutos. O acesso se dá a partir de uma trilha de cerca de meia hora a partir da praia Brava, em Cabo Frio. Um mergulho nas águas cristalinas e calmas permite ver peixes, arraias e outras criaturas marinhas.

PRAIA DO ABRICÓ, RIO (RJ) Localizada em Grumari, na zona oeste do Rio, é similar às vizinhas Prainha e Reserva, com águas verdes e areia fina. Para chegar lá de carro, da zona sul, levase cerca de uma hora. Nos fins de semana, o nudismo é obrigatório e, de segunda a sexta, opcional.

PRAIA DO PINHO, BALNEÁRIO CAMBORIÚ (SC) Primeira praia oficial de naturismo do país, reconhecida em 1986. Tem boa estrutura: estacionamento, bares, pousada e camping. O melhor jeito de chegar é de carro, a partir da rodovia Interpraias –cobra­se uma taxa de R$ 20. Para quem chega a pé, há um acesso público onde não é necessário pagar.

PRAIA DA GALHETA, FLORIANÓPOLIS (SC) Aqui, a nudez é permitida desde 1997, mas não obrigatória. Por isso, a praia, que fica dentro de um parque municipal, também atrai surfistas. A faixa de areia extensa e larga permite privacidade. Para chegar, é preciso caminhar por uma trilha por cerca de 10 minutos, a partir da praia Mole.

PRAIA DE PEDRAS ALTAS, PALHOÇA (SC) Nas duas pequenas enseadas, de pouco mais de 100 metros cada uma, o mar é calmo, com cara de piscina natural. Fica a 30 km de Florianópolis, pela BR­101, e tem clima bem família.

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O meio ambientalismo nunca preocupou-se com o meio ambiente. Suas ações são histéricas ou fanáticas em defender interesses inconfessos

Armando Arruda Lacerda, pantaneiro

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

PAULO DE GODOY

Os desafios da sustentabilidade da jornada de dados para IA

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Pantaneiros informam: respeitar não é idolatrar animais

FREDERICO BUSSINGER

Água, chuvas, enchentes: Lições aprendidas e a aprender