sexta, 24 de maio de 2024
EVENTOS

UFC confirma três eventos no Brasil para 2018

30 OUT 2017 - 07h55Por Redação

Representantes da maior grife de competição de lutas marciais do mundo estiveram no Ministério do Turismo para anunciar, em primeira mão, que o Brasil vai receber, em 2018, três dos principais eventos organizados pela empresa. Eles reunirão os maiores lutadores em atividade no planeta e serão transmitidos para mais de 150 países.

O ministro interino do Turismo, Alberto Alves, recomendou que uma das edições do UFC Brasil fosse realizada na capital carioca dentro da campanha Rio de Janeiro a Janeiro, com o objetivo de atrair grandes eventos para a cidade e movimentar a economia local.

“Acredito que todos sairão fortalecidos. O turismo tem tudo para ajudar o Rio a enfrentar esse momento difícil que está vivendo”, comentou Alberto Alves. O vice-presidente executivo e chefe de operações do UFC, Lawrence Epstein, se comprometeu a analisar a possibilidade.

“O Rio de Janeiro é uma grande cidade e já tivemos boas experiências lá”, afirmou. A primeira edição do UFC realizada no Brasil, teve como sede o Rio de Janeiro e movimentou US$ 41,6 milhões. O evento, transmitido para 130 países em 20 idiomas diferentes, gerou mais de 400 empregos e contou com um público de mais de 15 mil pessoas.

Calendário

O último UFC realizado na Arena da Baixada, em Curitiba, atraiu um público de mais de 40 mil pessoas e, de acordo com estudo encomendado pela organizadora, teve mais de 70% do público de fora do Estado do Paraná.

“Foi, com certeza, um dos melhores eventos que já realizamos em todo o mundo”, comentou Lawrence Epstein. De acordo com o UFC, o Brasil é o segundo maior mercado consumidor da marca, atrás apenas dos Estados Unidos.

Além de movimentar o turismo local, o evento ajuda a promover o destino. Transmitido para mais de uma centena de países, a competição aproveita os intervalos da luta para divulgar as imagens do destino em que ele está ocorrendo.

Os responsáveis pelo UFC estudam a possibilidade de ampliar o calendário de lutas no Brasil em 2018. Além dos três maiores eventos já confirmados, a empresa pretende realizar competições menores com lutadores do próprio país e da América do Sul. Ainda não estão definidos o local e a data para nenhum dos eventos.

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O meio ambientalismo nunca preocupou-se com o meio ambiente. Suas ações são histéricas ou fanáticas em defender interesses inconfessos

Armando Arruda Lacerda, pantaneiro

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

PAULO DE GODOY

Os desafios da sustentabilidade da jornada de dados para IA

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Pantaneiros informam: respeitar não é idolatrar animais

FREDERICO BUSSINGER

Água, chuvas, enchentes: Lições aprendidas e a aprender