sexta, 14 de maio de 2021
PANDEMIA

Quer ir a Bonito? Destino ecológico é um dos mais seguros

12 ABR 2021 - 21h59Por SÍLVIO DE ANDRADE

O trade turístico de Bonito reforçou, em nota, o compromisso e o rigor no cumprimento das normas de biossegurança para preservação das pessoas durante a pandemia da coronavírus. O principal destino de ecoturismo do Brasil retomou as atividades turísticas em meados do ano passado tomando todas a precauções sanitárias, criando sete protocolos de biossegurança por meio dos diversos segmentos da cadeia, além das ações de controle da prefeitura.

O presidente do IDB (Instituto de Desenvolvimento de Bonito), Augusto Mariano, adiantou que a cidade tem tomando todos os cuidados necessários para manter a saúde dos visitantes, dos moradores e de seus colaboradores, salientando que o município e o trade turístico não são contra as medidas tomadas para preservar vidas. “Os empresários estão seguindo à risca os protocolos e a prefeitura tem sido devidamente rigorosa”, disse.

Augusto Mariano, presidente do IDB

Segundo Mariano, por enquanto o fluxo turístico ainda está abaixo das expectativas: “As pessoas estão temerosas em viajar e as pesquisas mostram que elas andam preocupadas e com medo de serem contaminadas pelo coronavíus. Devido à crise, as pessoas não estão tendo uma boa estabilidade financeira para realizar viagens sem programação. Estamos fazendo a nossa parte, estamos entre as cidades mais seguras para visitação”.

Barreiras sanitárias

O destino segue aberto ao turismo, com funcionamento de todos os atrativos, tomando as devidas medidas de prevenção à covid-19. Além dos sete protocolos de biossegurança implantados no município, a prefeitura também investiu pesado em fiscalização nas principais rodovias de acesso à Capital do Ecoturismo com a instalação de barreiras sanitárias. Nesta semana, a prefeitura pediu apoio da população no cumprimento das medidas preventivas.


“Estamos seguindo todas as determinações do Governo do Estado e, neste momento, pedimos a colaboração de todos para cumprirem os protocolos de biossegurança, como por exemplo, uso de máscara, distanciamento social e toque de recolher, para que possamos permanecer com o número de casos controlados em nossa cidade”, explicou a secretaria municipal de Turismo, Juliane Salvadori.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O olhar mais cego que existe é quem olha para a preservação ambiental e não enxerga os indígenas como guardiões da floresta

Marcos Palmeira, ator e ambientalista

Vídeos

Morro do Azeite Ecolodge, Miranda MS

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

A vaca foi pro brejo?

JEANINE PIRES

5 novas ideias do que pode mudar no turismo

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Brasil Colônia