quinta, 20 de janeiro de 2022

Mapa do Turismo passará a ser atualizado a qualquer tempo

Mudança dinamiza ferramenta do Mtur, que era atualizado a cada dois anos

29 NOV 2021 - 20h52Por REDAÇÃO

O Mapa do Turismo Brasileiro está de cara nova. A mudança foi informada na portaria Nº 41 publicada dia 26 de novembro. A partir deste ato normativo, o mapa que antes era atualizado a cada dois anos, poderá ser atualizado a qualquer tempo. Para que isso aconteça, os gestores municipais poderão cadastrar seus municípios e incluir os documentos necessários a qualquer tempo desde que atendidos os critérios, as orientações, os compromissos e os procedimentos disposto em portaria, por meio da plataforma disponibilizada pelo Ministério do Turismo.

Durante este prazo, os órgãos oficiais de turismo das unidades federativas deverão revisar as informações prestadas, homologar o cadastro dos municípios, bem como validar sua composição, e regiões turísticas e apresentá-los ao Conselho ou Fórum Estadual de Turismo, que registrará ciência da ata. Após a inclusão no mapa, o cadastramento terá validade de um ano.

Além dos critérios já conhecidos, na plataforma será adicionado um novo campo para preenchimento obrigatório denominado “Atividade Turística”, cujo objetivo é obter uma base de dados sobre a atividade turística dos municípios, que orientará a atuação do Ministério do Turismo no desenvolvimento das políticas públicas.

“As mudanças realizadas no Mapa do Turismo Brasileiro têm como objetivo aumentar a representatividade dos municípios brasileiros, em especial nesse momento de retomada das atividades turísticas, onde mais do que nunca as políticas públicas deverão ser precisas para contribuir para a recuperação econômica de nosso país”, avaliou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto.

Estratégia

É importante ressaltar que os responsáveis pela alimentação da referida plataforma, bem como suas entidades, responderão pela veracidade das informações prestadas e autenticadas, assim como da documentação apresentada. A expectativa é que a abertura do prazo para inscrição dos municípios tenha início no mês de janeiro/2022, conforme cronograma disponibilizado em Portaria.

“O Ministério do Turismo está sempre em busca de maneiras de otimizar suas políticas e seus recursos e por esse motivo a atualização do mapa como ferramenta estratégica se faz necessária”, comentou a secretária nacional de Investimentos, Parcerias e Concessões, Débora Gonçalves.

 Com a mudança, o sistema eletrônico do mapa ficará aberto o ano todo, todos os dias da semana. O município poderá se cadastrar online e inserir as informações e documentos necessários para compor o mapa. Os estados e DF, por meio de seus órgãos oficiais de turismo terão 30 dias para homologar o cadastro do município no Sistema do Mapa e enviar para aprovação do MTur, que terá 15 dias para realizar a aprovação e incluir no mapa.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte suas aventuras aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Nunca soube dizer pra onde vou, vivo nesta Terra em transe, cheia de sol, cheia de horror

Rita Lee

Vídeos

Conheça a Casa do Vidro de Bonito, MS

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Ponto de mutação no Pantanal

JOÃO GUILHERME SABINO OMETTO

Os desafios da agenda do clima no ano novo

DOUGLAS MCINTOSH

Impactos ambientais da COVID-19