sexta, 19 de julho de 2024
CHEGOU!!

Inverno traz possibilidades de curtir friozinho em vários cantos do país

21 JUN 2024 - 11h28Por MTUR

Na quinta-feira, 20, começou oficialmente a estação mais fria do ano no Brasil: o inverno! E, apesar de ser um país tropical, nesta época do ano, opções não faltam para quem gosta de tirar o casacão do armário e tomar um vinho à beira da fogueira.

A Agência de Notícias do Turismo preparou uma listinha com locais onde o frio é a atração turística. Vem conferir!

Gramado e Canela (RS)

O sul do país é a primeira região que vem à cabeça quando se pensa em aproveitar um bom friozinho e apreciar as belezas invernais. E claro que a Serra Gaúcha está no topo dos principais destinos do inverno brasileiro. Com ares e arquitetura de uma cidade europeia, Gramado (RS) acolhe os visitantes com muitas atrações, opções de lazer e o melhor da gastronomia local, com uma potente influência da culinária alemã.

Já Canela é a pedida para quem prefere apreciar um friozinho a dois, tendo no cardápio a produção local de vinhos da região. Vale lembrar que apesar das recentes enchentes em muitas cidades do Rio Grande do Sul, Gramado e Canela estão com as estruturas preparadas para receber os visitantes com a melhor da hospitalidade e inúmeras atrações. Por isso, “Não Cancele, Reagende!”!

Campos do Jordão (SP)

Não à toa a cidade carrega o título de “Suíça brasileira”. Sua arquitetura, com ares europeus, dá um charme particular ao lugar, principalmente nesta época do ano. O município fica na Serra da Mantiqueira e é um dos destinos mais famosos e procurados do Brasil durante a temporada de inverno. Em meio a montanhas, bosques, florestas de pinheiros e paisagens de encher os olhos, a cidade possui uma exuberante natureza e uma diversidade de produtos típicos, como chocolates e queijos.

Curitiba (PR)

Também no sul do Brasil, a capital paranaense carrega o título da capital mais fria do país. A cidade tem diversos pontos turísticos em meio à metrópole, destino ideal para quem prefere cidades grandes. É uma boa opção para quem quer também visitar museus, parques e experimentar cervejas diferentes.

Diamantina e Ouro Preto (MG)

O estado de Minas Gerais também é uma ótima pedida para os apreciadores das baixas temperaturas. As históricas cidades de Diamantina e Ouro Preto carregam ares de aconchego e cultura. As baixas temperaturas da região e a bela natureza em volta das cidades tornam-nas bastante convidativas para apreciar a culinária mineira em meio à história do país.


Petrópolis e Teresópolis (RJ)

A serra fluminense também reserva deliciosas surpresas no estado, que é famoso por seus destinos de sol e praia. As vizinhas Petrópolis e Teresópolis são o refúgio para quem quer fugir do movimento da capital e se abrigar em temperaturas mais amenas. Teresópolis oferece uma imersão na natureza e ótima gastronomia. A vizinha Petrópolis é mais badalada e carrega todo um ar de antiguidade e história do Brasil Império.

Guaramiranga (CE)

E pra quem achou que o Nordeste não entraria nesta lista, se enganou. Apesar da região fazer sucesso por seus destinos de sol e praia, há sim, cidades perfeitas para fugir do calorão e curtir baixas temperaturas. É o caso de Guaramiranga, no Ceará. A cidade está a pouco mais de 100 km de Fortaleza e tem entre seus principais passeios o Mirante do Pico Alto, que tem visão panorâmica da região, o Mosteiro dos Jesuítas e o Parque das Trilhas, que como o próprio nome indica, oferece trilhas na natureza. 

Guaranhus (PE)

 Sim, é isso mesmo. Pernambuco é outro estado nordestino com destino invernal. A cidade do Agreste pernambucano, Guaranhus, tem até um festival de inverno realizado em julho, que reúne vários artistas locais e de outras partes do país. No ano passado o festival teve um público de mais de um milhão de pessoas e o destino movimenta o público regional principalmente nos finais de semana.

Novos voos e rotas

O Ministério do Turismo atua para incentivar os brasileiros a viajarem mais pelo país. Uma das ações é o “Conheça o Brasil: Voando”, parceria com o Ministério de Portos e Aeroportos, a Associação Brasileira das Empresas Aéreas (ABEAR) e as principais companhias do setor. O programa envolve a ampliação da oferta de novos voos e rotas, a possibilidade de “stopover”, adesivagem de aviões com imagens de destinos nacionais e a divulgação de áudios nos aviões, estimulando visitas a atrativos do país.

Já o “Conheça o Brasil: Realiza” permite o acesso de correntistas do Banco do Brasil a uma linha de crédito voltada à aquisição de serviços turísticos, com condições diferenciadas. O trabalho do MTur também engloba o “Conheça o Brasil: Cívico”. A iniciativa, que motiva estudantes, professores e pesquisadores a visitarem destinos conectados à história brasileira, tem um projeto-piloto desenvolvido em Brasília (DF) e cidades do entorno da capital federal.

Leia Também

Relatos de viagem

Gabi viveu o deserto e o céu mais estrelado do mundo

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Leio na mídia: "Bugio expressa ternura ao ver a irmã com o sobrinho no Pantanal..." É muita masturbação.

Silvio de Andrade, jornalista

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

MARCO MORAES

Não confunda sustentabilidade com ideologia

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Fogo Classe P de Pantanal

HEITOR RODRIGUES FREIRE

Um Caminho