segunda, 20 de setembro de 2021
ALÉM MAR

Governo alinha medidas para volta dos cruzeiros marítimos no país

06 AGO 2021 - 14h15Por REDAÇÃO

Os ministros do Turismo, Gilson Machado Neto, e da Saúde, Marcelo Queiroga, se reuniram, em Brasília (DF), com representantes da Clia Brasil para tratar da volta dos cruzeiros marítimos no país. Desde março de 2020 o segmento está paralisado por causa da pandemia de coronavírus. O objetivo da Clia é que a temporada 2021/2022 tenha início em outubro deste ano.

Durante o encontro, o presidente da Clia Brasil, Marco Ferraz, apresentou o plano de retomada e as medidas a serem adotadas para segurança dos passageiros e tripulantes. Dentre elas, testes antes do embarque, disponibilização de álcool em gel, reserva de cabines para possíveis quarentenas, pulseiras e colares para detecção de aglomeração e aumento da temperatura, bem como a possibilidade de remoção imediata de pessoas com covid para hospitais privados.

A previsão dos operadores de cruzeiros no Brasil é que a volta dos navios ao país - serão sete - gere cerca de 35 mil empregos diretos, indiretos e induzidos. Ao todo, 130 roteiros serão disponibilizados para 14 destinos e a expectativa é de que a temporada tenha um impacto de R$2,5 bilhões na economia do país.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, destacou a importância dos cruzeiros para o setor e garantiu o esforço do governo para ajudar nos pleitos do segmento. “Tenho certeza que, com as medidas adotadas pelo governo e a vacinação avançando, as atividades turísticas voltarão mais fortes no nosso Brasil, e o turismo náutico terá grande relevância nessa retomada”, disse.

Leia Também

Relatos de viagem

Rota das emoções: lugares de ver Deus...

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O turista estrangeiro que vier a Bonito e ao Pantanal e não avistar uma arara, uma sucuri, um peixe e uma onça-pintada a gente devolve seu dinheiro

Gilson Machado, ministro do Turismo, em MS

Vídeos

Campanha MS 'Desbravador de Destinos'

Mais Vídeos

Eco Debate

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Os incêndios no Pantanal e seu enfrentamento

RENATA FRANCO

Mudanças climáticas vão impactar a vida do brasileiro, muito mais do que se imagina!

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Errar é humano, persistir...Loucura ou método?