quarta, 17 de abril de 2024
FOZ DO IGUAÇU

Definidos os cinco nomes para o concurso da oncinha

29 JUL 2017 - 10h52Por Redação

Amora, Bela, Cacau, Gaia e Jade: um destes cinco nomes vai batizar a oncinha do Refúgio Biológico Bela Vista (RBV), da Itaipu, em Foz do Iguaçu. A decisão final estará nas mãos dos internautas, que terão até as 17h (horário de Brasília) do dia 31 de julho para votar por meio do link https://goo.gl/forms/0qPnive9LF2cD1WB2. Após dez dias de votação, o anúncio do nome vencedor será feito no dia 1º de agosto.

Uma comissão julgadora se reuniu na tarde dessa quinta-feira (20), no Centro Executivo da Itaipu, e definiu os cinco nomes que seguirão na disputa.

A escolha dos finalistas foi feita a partir das sugestões postadas na publicação da campanha no Facebook da Itaipu Binacional. Foram recebidas mais de 1.300 sugestões, feitas por quase 3 mil participantes entre 27 de junho e 7 de julho.

Formulário do Google

As sugestões foram feitas por Aline Dias Pinheiro (Amora); Guilherme Wojciechowski (Bela); Meiriele Maria Ribeiro Minhuk (Cacau); Renata Thomazi (Gaia); e Grazielli Forteski Somavila (Jade). A regra previa que, em caso de sugestão duplicada, valeria a que foi postada primeiro (veja as demais regras abaixo). A partir de agora, cada um dos responsáveis pelos nomes selecionados poderá fazer sua campanha.

Os autores dos cinco nomes classificados serão contemplados com passeios nos atrativos turísticos de Foz do Iguaçu. O primeiro colocado também receberá um iPhone 6S.

A pessoa responsável pelo nome premiado também ganhará o status de padrinho ou madrinha da nova onça. O batismo da oncinha, com a presença do ganhador ou da ganhadora do concurso, acontecerá no próximo mês. A data será definida.

Não serão computados votos enviados em nenhuma outra plataforma (comentários no Facebook, mensagens inbox para as páginas da empresa ou e-mails para a Itaipu).

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Todo equívoco humano é satirizável. Enquanto houver ser humano com suas carências, inseguranças e dúvidas, haverá sátira

Ziraldo (1932-2024)

Vídeos

Bonito, um convite à sustentabilidade

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

25 anos de concessão, aceitar escombros como devolução?

NELSON ARAÚJO FILHO

Uma história de areias

HEITOR RODRIGUES FREIRE

Feliz Ano Novo