sexta, 21 de junho de 2024
ARGENTINA

Conheça salta, o terceiro destino turístico mais competitivo do mundo

Cidade fica distante 1.502 km de Porto Murtinho, pela Rota Bioceânica

02 JUN 2023 - 09h00Por REDAÇÃO

Salta é o nome de uma cidade localizada na Argentina e segundo pesquisa foi escolhido como o terceiro destino turístico mais competitivo do mundo. Situada no noroeste do país, a região de Salta pode servir como ponto de partida para outras cidades ou ser seu acampamento base para passeios curtos de um dia na região. 

Segundo o relatório do estudo Singerman & Makón, a província de Salta é a mais competitiva do país, na comparação com 28 destinos turísticos do mundo. Já na categoria gastronomia situa-se em 1º lugar e em hotéis e city tours em 3º lugar. A região é uma das apostas do Instituto Nacional de Promoção Turística (Inprotur) da Argentina.

A região vinícola de Salta encanta com seus vinhedos e três países fazem fronteira com a província: Paraguai e Bolívia ao norte e Chile a oeste. Entre os altos picos da Cordilheira dos Andes, Salta possui os vinhedos de maior altitude do mundo, alguns com mais de 3.000 metros acima do nível do mar. As uvas tintas Malbec e Torrontes, emblemas dos vinhos argentinos de alta qualidade, também são os vinhos de assinatura da região. O tempo e o clima de Salta proporcionam grandes amplitudes térmicas diurnas, criando vinhos de sabor intenso, acidez equilibrada e maturação fenólica.

 

A história da região vinícola começou no século XVI, quando os missionários jesuítas começaram a plantar vinhas com sementes de uvas do Peru. As condições climatéricas foram a chave do sucesso destas vinhas originalmente primitivas. Além disso, as colinas de grande altitude permitem o desenvolvimento de deliciosos perfumes e cores intensas nas uvas. 

Parques nacionais

Comumente chamada de Salta la Linda (Salta “a bonita”), a cidade oferece aos visitantes a oportunidade de experimentar a cultura quechan e andina, além de experimentar comidas regionais como empanadas, que são consideradas as melhores do país. 

Espalhadas pelas terras férteis do Vale Calchaquí, as sub-regiões vinícolas essenciais de Salta são Cafayate, Cachi e Molinos. A sub-região mais importante da região vitivinícola de Salta é Cafayate, o principal produtor de vinho. Cerca de 60% dos vinhedos do Vale Calchaquí estão ali. A elevação dos vinhedos de Molinos atinge até 3.000 metros acima do nível do mar. Este vale particular tem chamado a atenção por seus vinhos de alta qualidade e terroir excêntrico. 

 

Além de vinho, gastronomia e cultura, Salta apresenta também uma natureza exuberante. Há três parques nacionais na região (Baritú, El Rey e Los Cardones) e há inúmeras possibilidades de explorar o local através de passeios a cavalo, travessias em 4×4, rafting, trekking, montanhismo em locais como o vulcão Llullaillaco, ciclismo, tirolesa, bungee jumping, etc. 

Outras duas atrações turísticas do local são o sítio arqueológico de Tastil e o trem nas nuvens, que sobe a 4.200 metros e é uma das três maiores ferrovias do mundo.

“Visitar Salta é bem simples, já que há voos diretos saindo de São Paulo três vezes na semana (segundas, quartas e sábados) operado pela Aerolineas Argentinas”, destaca o ministro de Turismo e Esportes da Província de Salta, Mario Peña.
 

Leia Também

Relatos de viagem

Gabi viveu o deserto e o céu mais estrelado do mundo

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Leio a manchete: 'deputados de MS propõem audiência para solucionar queimadas'. Pantanal está salvo, graças a Deus!

Silvio de Andrade, jornalista

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Lei do Pantanal: tirou o boi, fogaréu entrou!

MARIANA PONTES

Cerrado e Caatinga são patrimônios do Brasil e precisam ser protegidos

EDUARDO CRUZETTA

Um dia pelo Meio Ambiente, 300 anos pela pecuária conservando o Pantanal