sábado, 18 de setembro de 2021
REGRA

Chile reabre, mas exige quarentena de brasileiros

23 NOV 2020 - 06h01Por REDAÇÃO

O Chile voltou atrás em relação às regras de reabertura das fronteiras divulgadas recentemente e anuncia que exigirá quarentena de visitantes de países que estão na lista de transmissão comunitária, como é o caso do Brasil. A medida vale a partir de 23 de novembro, quando as fronteiras foram abertas, pelo menos, até 7 de dezembro.

Brasileiros e turistas de outras nacionalidades que constam em tal lista, elaborada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), terão de seguir a medida obrigatória. E ainda assim a quarentena forçada não tira a necessidade de apresentação de teste PCR negativo, seguro viagem obrigatório e passaporte sanitário.

Esta determinação pode mudar a programação de turistas brasileiros uma vez que o Brasil é um dos países em que há cada vez mais crescentes os números de casos de transmissão do novo coronavírus.

Outra medida definida pelo país é o monitoramento por meio de um aplicativo, que permitirá o rastreamento dos visitantes e ação rápida ao surgimento de qualquer episódio que requeira atenção.

Em um primeiro momento, o único ponto de entrada no país será o Aeroporto Internacional Comodoro Arturo Merino Benítez, em Santiago. Outros meios de entrada, sejam terrestres ou marítimos, permanecerão fechados até um novo anúncio do governo.

Recomendações

"Durante as primeiras duas semanas de abertura da fronteira, entre 23 de novembro e 7 de dezembro, os estrangeiros que vêm de países com transmissão comunitária, segundo a OMS, terão de cumprir obrigatoriamente uma quarentena de 14 dias no país. Esta lista é atualizada semanalmente pela OMS", aponta o governo do Chile.

"Os passageiros serão obrigados a apresentar um teste PCR negativo com no máximo 72 horas de antecedência, um seguro saúde com cobertura para covid-19, um passaporte sanitário, além de completar um formulário para seguir sua estada no país. É importante dizer que a quarentena obrigatória significa que a pessoa não pode sair do local onde ela esteja sendo cumprida e que haverá fiscalização presencial durante estes 14 dias. O descumprimento acarretará em sanções", completa o comunicado.

Tal formulário pode ser encontrado em c19.cl/formularios.html

Outros países, além do Brasil, que constam na lista de transmissão comunitária são Argentina, Estados Unidos, Peru, Bolívia, Colômbia, Espanha, Reino Unido e França.

Saiba mais em https://www.gob.cl/coronavirus/plandeaccion#aperturadefronteras/

Leia Também

Relatos de viagem

Rota das emoções: lugares de ver Deus...

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O Taquari é um rio cujos estragos compõem a vida do Pantanal

Manoel de Barros

Vídeos

Campanha MS 'Desbravador de Destinos'

Mais Vídeos

Eco Debate

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Os incêndios no Pantanal e seu enfrentamento

RENATA FRANCO

Mudanças climáticas vão impactar a vida do brasileiro, muito mais do que se imagina!

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Errar é humano, persistir...Loucura ou método?