domingo, 24 de janeiro de 2021
SEM EFEITO

Búzios volta a receber tuistas por ordem judicial

21 DEZ 2020 - 11h47Por MONIQUE RENNE/Melhores Destinos

A entrada e permanência de turistas em Búzios voltou a ser autorizada. Depois da polêmica decisão judicial de incluir Búzios na “Bandeira Vermelha – Risco 3” devido ao aumento de casos da Covid-19, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro anulou a liminar que previa o lockdown da cidade.

medida anterior, tomada na última quarta-feira, previa o fechamento de todos os meios de hospedagem de Búzios, entre eles pousadas, hotéis, casas de aluguel e similares. Com isso, todos os turistas que estivessem na cidade teriam 72 horas para deixar Búzios (prazo que venceria no sábado, 19). A aplicação da medida tinha efeito imediato e o prazo chegou a afetar diversos visitantes que já estavam na região ou que tinham viagem marcada para os próximos dias.

Após diversos protestos, a Prefeitura de Búzios entrou com pedido para derrubar a liminar que previa o lockdown. O pedido foi aceito pelo Presidente do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, Desembargador Claudio de Mello.

“Configurados o manifesto interesse público e a grave lesão à ordem e à economia públicas que a decisão judicial impugnada está a causar, há de ser deferido o pedido de suspensão, com fundamento no artigo 4º da Lei nº. 8.437/92”, esclarece o desembargador na decisão judicial.

Com isso, Búzios pode voltar a receber turistas e reabrir o comércio não essencial, assim como as praias da cidade, que estão entre as mais bonitas da Região dos Lagos do Rio de Janeiro.

Vale dizer que as cidades de Cabo Frio e Arraial do Cabo, também na Região dos Lagos, seguem abertas para o turismo.

Independente de decisões judiciais, lembre-se que os feriados de Natal e Ano Novo irão atrair um grande número de turistas. Tome os cuidados necessários e só viaje quando se sentir seguro para isso!

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A natureza não negocia e a física não faz acordos

Greta Thunberg, ao Parlamento Europeu

Vídeos

Barco-hotel Vip: pesca no Pantanal

Mais Vídeos

Eco Debate

ORLANDO DE SOUZA

A real paz de que o Turismo precisa

CAIO PENIDO

Os Serviços Ambientais e o Pacto AgroAmbiental

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Pertencimento é pertencer ao Pantanal!