sexta, 19 de julho de 2024
FLIB 2024

Bonito terá espetáculo com Jonas Bloch inspirado em Manoel de Barros

18 JUN 2024 - 21h27Por REDAÇÃO

O mundo das letras tomará conta das ruas de Bonito entre os dias 3 e 6 de julho, com a oitava edição da Feira Literária de Bonito (FLIB). Com o tema “Literatura: Fronteiras e Travessias”, a organização preparou uma extensa programação 100% gratuita, englobando a leitura, o teatro, a música, o cinema e outras formas de expressão.

O ator Jonas Bloch traz à feira um espetáculo “Delírio”, um monólogo inspirado na obra de Manoel de Barros, unindo a poesia ao teatro. Bloch é um dos maiores nomes da dramaturgia brasileira, com mais de 55 anos de carreira e dezenas de produções na TV, no cinema e no teatro.

Nesta edição, a FLIB explorará as diversas fronteiras que permeiam as letras e a vida, abordando aspectos como gênero, cultura, política, limites geográficos e divisões de raça e etnia. A literatura, destacada como um espaço de transbordamento e imaginação, será utilizada como um meio para provocar debates sobre trocas de saberes e vivências, especialmente relevantes para a comunidade de Bonito e do Mato Grosso do Sul.

Dezenas de atrações já estão confirmadas. Na literatura, além de escritores regionais como Douglas Diegues, Vini Willyan, Eva Wilma, Nycolas Verli, Diana Pilatti, Tânia Souza, Eva Wilma, Josiane Francisco, Adriana Alberti, Marlene Mourão, André Ramalho, Isloany Machado e os quadrinistas Marina Duarte, Dudu Azevedo, Fábio Quill, Fred Hildebrand, grandes nomes de renome nacional marcarão presença como Socorro Acioli, Jeferson Tenório, Geovani Martins, Janaina Tokitaka, Kaka Werá, Susana Ventura e Jô Freitas.

Homenagens

A programação traz ainda oficinas literárias, rodas de conversa e palestras. Os homenageados desta edição serão Helio Serejo, reconhecido escritor e poeta de Nioaque; Graciliano Ramos, famoso romancista e cronista alagoano; e Aglay Trindade, escritora aquidauanense que dedicou suas obras à vida pantaneira e suas histórias.

No Palco Principal, as grandes atrações serão Renato Teixeira, que apresentará seu show “Estrada eu Sou”, com sucessos de uma carreira com mais de 40 anos, e a banda Tukum, que intercala suas canções com performances de dança contemporânea e poesia falada, e tem como inspiração os mestres e diretores teatrais Zé Celso e Amir Haddad.

A música regional terá espaço na FLIB, com shows de Jerry Espíndola, Guga Borba, Vozmecê e Corvo e os Malditos do Cerrado. As integrantes do Slam Camélias também se apresentarão no Palco Principal, com batalha de poesias das minas e da comunidade LGBTQIAPN+.
Haverá ainda oficinas de cinema, com a cineasta Marinete Pinheiro e de teatro, com a atriz e diretora Ligia Tristão Prieto.

Flibinha

As crianças também terão espaços exclusivos, como a Tenda Flibinha, e uma programação pensada especialmente para elas. Além de um circuito cultural infantil, haverá contação de histórias com Badaiá e a oficina “Palavras Poéticas”, com Vini Willyam. Ramona Rodrigues preparou um varal de brinquedos, seguido de oficina.

Voltado para crianças na idade e no coração, a atriz Amarilis Irani apresentará o espetáculo “Emaranhada” que conta a história de Mavi, uma menina muito comunicativa e inventora de palavras. Dona de uma cabeleira enorme, ela faz dos cabelos o caminho para encontrar a aceitação, trazendo a força, a beleza e a poesia da representatividade negra.

A meninada também irá se divertir com a Cia Apoema e seu espetáculo Requebra Torto, que, entre cantigas e cambalhotas, provoca o imaginário comum em torno do circo e das brincadeiras de infância, da rua, do interior, mexendo com o velho-novo em cada pessoa.

Sobre a Feira

A programação da Feira Literária de Bonito é aberta a todos os públicos e 100% gratuita. Ela é realizada pelo Instituto Imole, organizada pela Bolt Realizações e tem o apoio do Sistema Fecomércio, Sesc MS, deputado federal Vander Loubet (por meio de emenda parlamentar), prefeitura de Bonito, Governo de Mato Grosso do Sul e Ministério da Cultura.

Acesse a programação completa aqui

Leia Também

Relatos de viagem

Gabi viveu o deserto e o céu mais estrelado do mundo

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Leio na mídia: "Bugio expressa ternura ao ver a irmã com o sobrinho no Pantanal..." É muita masturbação.

Silvio de Andrade, jornalista

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

MARCO MORAES

Não confunda sustentabilidade com ideologia

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Fogo Classe P de Pantanal

HEITOR RODRIGUES FREIRE

Um Caminho