sexta, 19 de julho de 2024
CELEBRE

A incrível tradição das tunas acadêmicas em Portugal

15 NOV 2018 - 16h31Por Redação

Coimbra, na região central do país, tem diversos desses típicos grupos musicais

Portugal tem muitas experiências acadêmicas incríveis. Enquanto os universitários brasileiros têm as atléticas, baterias de samba e trotes, os portugueses desfrutam de rituais muito diferentes, como a queima das fitas e as tunas acadêmicas. A primeira é uma festa anual que ocorre no mês de maio e dura uma semana, com diversos shows e celebrações. Já as tunas são grupos musicais formados por estudantes que guardam uma tradição centenária das universidades do país.

Este costume é forte em Coimbra, cidade do Centro de Portugal que é lar da universidade mais antiga do país, a Universidade de Coimbra. As tunas surgiram por lá há mais de cem anos, e desde então vários grupos foram formados e desfeitos. No início, eram exclusivos para homens, mas as mulheres logo conquistaram seu espaço nessa arte.

Uma tuna não é como uma banda ou coral; é uma tuna, típica e ímpar tradição de Portugal. Os membros das tunas costumam usar os trajes da universidade – que incluem camisa social, gravata e uma longa capa preta – e apresentar canções portuguesas populares e divertidas, algumas vezes arriscando composições próprias, que em geral exaltam a cultura acadêmica e a herança histórica do país.

Como muitos grupos universitários ao redor do mundo, cada tuna tem sua própria hierarquia e rituais como trotes e testes para avaliar quem é digno de participar. As mais antigas persistem, recebendo novos participantes conforme os mais antigos vão se formando. Elas viajam pelo país para se apresentar, mantendo viva a história da universidade, reunindo segredos da tradição acadêmica e unindo seus membros através da música e do companheirismo.

Ao visitar Coimbra, vale a pena ver uma das tunas em ação, em festivais, bares ou outros eventos. A universidade é a alma da cidade de Coimbra, que é antiga e charmosa e reúne atrações surpreendentes, como a Biblioteca Joanina, o Jardim Botânico, o Penedo da Saudade e, é claro, o próprio campus da instituição. 

Sobre o Centro de Portugal

A mais charmosa região portuguesa é cheia de destinos populares: Aveiro, Coimbra, Viseu, Nazaré, Óbidos, Tomar, Fátima e tantos outros. Suas belezas se estendem por todo o território - ocupado por 2,3 milhões de habitantes que têm o dom de bem receber. O Centro de Portugal possui inúmeros patrimônios da UNESCO, um litoral que é um paraíso do surfe, aldeias históricas, gastronomia riquíssima, vinhos inesquecíveis, natureza exuberante e muita cultura, que se somam a incontáveis motivos para uma visita. A principal cidade, Coimbra, está a apenas 200 quilômetros de Lisboa e a 135 quilômetros do Porto. Acesse www.centerofportugal.com.

Leia Também

Relatos de viagem

Gabi viveu o deserto e o céu mais estrelado do mundo

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Leio na mídia: "Bugio expressa ternura ao ver a irmã com o sobrinho no Pantanal..." É muita masturbação.

Silvio de Andrade, jornalista

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

MARCO MORAES

Não confunda sustentabilidade com ideologia

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Fogo Classe P de Pantanal

HEITOR RODRIGUES FREIRE

Um Caminho