sábado, 28 de março de 2020
EVENTOS

23 anos do Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo

08 JUN 2017 - 14h47Por Silvio

Fundado em 24 de maio de 1.994, o Centro de Convenções Arquiteto Rubens Gil de Camillo é o maior espaço de eventos de Mato Grosso do Sul, importante equipamento de fomento do turismo de eventos e negócios, segmento do turismo consolidado em Campo Grande, a Capital sul-mato-grossense.

Está localizado no Parque dos Poderes, em uma das maiores reservas ecológica e urbana do Centro-Oeste. Num mosaico de belezas naturais – onde estão reunidos o Executivo, Legislativo e Judiciário de Mato Grosso do Sul – convida os visitantes a contemplar as cores e belezas do lugar.  

Desde sua inauguração, o Centro de Convenções recebeu inúmeros shows, espetáculos, congressos, simpósios e palestras com figuras de nome nacional e internacional, tornando o Estado de Mato Grosso do Sul e a cidade de Campo Grande um roteiro para grandes eventos de negócios, culturais e artísticos do Brasil.

O espaço é dotado de quatro auditórios, com capacidade total de 1.485 lugares, uma área de 1.726 m² para exposições, eventos e feiras, além de restaurante, lanchonete, sala VIP, sala de imprensa e ambulatório para emergências médicas. Possui infraestrutura adequada para a realização de convenções, congressos, shows, palestras, treinamentos e apresentações culturais.

O auditório principal, Manoel de Barros, com capacidade para 1.045 lugares, é na verdade um anfiteatro, dotado de poltronas anatômicas, palco de 23 metros com dois acessos laterais e com 12 metros de profundidade, vara de iluminação fixa, telão para projeção, quatro cabines para tradução simultânea, sala de aquecimento, seis camarins, sendo quatro individuais.

Homenagens

O Centro de Convenções conta ainda com outros três auditórios independentes, com capacidade para realização de eventos diferentes simultaneamente ou interconectados através de transmissão simultânea por telão, sendo eles: auditório Germano Barros de Souza, com 196 lugares; auditório Pedro de Medeiros, com 135 lugares e auditório Tertuliano Amarilha, com 109 lugares.

Como um dos maiores centro de convenções do Centro-Oeste, já foi agraciado diversas vezes, entre os prêmios estão: o Prêmio Imprensa de Turismo, pela Associação Brasileira de Jornalistas e Escritores de Turismo (1.994); Troféu de Qualidade Lojista, pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Campo Grande/MS; Jacaré de Ouro Prêmio Caio 2002; Jacaré de Prata Prêmio Caio 2003 e Jacaré de Prata e Ouro Caio 2004.

O principal auditório do Centro de Convenções recebeu o nome do poeta cuiabano Manoel de Barros (1916-2014), considerado um dos maiores poetas da língua portuguesa. O auditório do Foyer do Centro de Convenções, com 135 lugares recebeu o nome do poeta corumbaense Pedro Paulo de Medeiros Júnior (1891-1943). O anfiteatro do Centro de Convenções ganhou o nome do médico, poeta e escritor Germano de Barros de Souza (1918-1986). (Raquel dos Passos/Fundtur-MS)

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A natureza não negocia e a física não faz acordos

Greta Thunberg, ao Parlamento Europeu

Vídeos

Pesque, solte e volte sempre!

Mais Vídeos

Eco Debate

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Tordinhos do entardecer

XICO GRAZIANO

Ecologistas precisam evoluir sobre turismo natural

FRANCISCO OLIVEIRA

Trabalho informal nos lixões: um risco à vida dos catadores