segunda, 02 de agosto de 2021

Rota das emoções: lugares de ver Deus...

08 JUN 2021 - 14h47Por SILVESTRE GORGULHO

Não estou apenas pensando. Estou vivendo!

Sim, desde o dia 25 de maio viajo por uma rota que é só de emoção. Fortaleza dois dias. Aluguei um carro e aí é emoção na veia: Jericoacoara, a Vila de Luz... praias, dunas e lagoas à Leste e Oeste.

Silvestre Gorgulho

Flecheiras, praia de sol, windsurfs, energia eólica e belezas.

Delta do Parnaíba, ímpar e único. Os cinco dedos de Deus (e do rio Parnaíba) deságuam no mar por entre mangues, ilhas, restingas e... não dá pra esquecer, os encantadores guarás, mais vermelhos ainda, ao pôr-do-sol.

No Delta, na praia de Luiz Correia, ainda pude participar da abertura de um ninho e soltura de 127 filhotinhos de tartarugas pente.

É emocionante ver aqueles bichinhos indefesos correndo para mergulhar na imensidão do oceano.

Ontem, dia 6 de junho, já nos Lençóis Maranhenses: aí Deus aparece e se transfigura na natureza exuberante das dunas e lagoas.

Bom para ficar de joelhos e agradecer. Agradecer sempre.

Amanhã, dia 8, o programa é descer de barco o rio Preguiças até sua foz, em Caburé, almoçar por lá e voltar de quadriciclo.

Faço essa visita pela segunda vez. A primeira foi em 2003.

A natureza, as lagoas, o sol, a lua e as emoções são as mesmas.

Apenas um pouco mais de estrutura, como em Barreirinhas, onde o Sérgio Doria fez um empreendimento de primeira grandeza: o Porto Rio Preguiças Resort, onde impera o bom gosto, a sustentabilidade, a beleza, o conforto e a receptividade bem brasileira. Um parque ecológico ao lado dos Lençóis.

Obrigado, Senhor, por poder viver e curtir o Brasil.

Registro feito no lado oeste do Delta do Parnaíba, no Maranhão

(*) Depoimento publicado no Facebook pelo jornalista e escritor mineiro de São Lourenço radicado em Brasília, com carreira marcada em grandes veículos de comunicação, fundador da Folha do Meio Ambiente. Autor do livro “Casaca e Chuteiras: A era dos grandes dribles na Política, Cultura e História” (2020), em homenagem aos 80 anos do conterrâneo Pelé.

Leia Também

Relatos de viagem

Rota das emoções: lugares de ver Deus...

Mais Relatos de Viagem

Megafone

É a nova Genesis, o pantaneiro deixou de ser invisível

Pantaneiro Armando Lacerda, sobre a chegada da energia elétrica no Pantanal

Vídeos

Embratur promove o turismo doméstico

Mais Vídeos

Eco Debate

LUIZ AUGUSTO PEREIRA DE ALMEIDA

O paradoxo das águas

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Maraboho

FELIPE BARROSO

Alerta ao marco legal do saneamento: desafios em prol do meio ambiente