sexta, 19 de julho de 2024
FOMENTO

TRADE TURÍSTICO DE CAMISÃO CRIA A FANTÁSTICA ROTA SERRA E CHARME PAXIXI

10 JUL 2024 - 13h41Por SILVIO DE ANDRADE/REDAÇÃO

O distrito de Camisão, localizado no município de Aquidauana e distante 110 km de Campo Grande, é um lugar envolvido pela mística Serra de Maracaju e exala tranquilidade e charme rústico com uma atmosfera acolhedora, ideal para os visitantes que buscam uma experiência autêntica do Pantanal Sul. 

A comunidade se integra com o também distrito de Piraputanga ao complexo turístico que se forma em torno da Estrada Parque (MS-450), pavimentada pelo Governo do Estado. A estrada cênica rompe a morraria da serra, entre vales e desfiladeiros, acompanhando o curso do Rio Aquidauana e a velha estrada de ferro, entre a BR-262 e Aquidauana, fortalecendo um novo destino turístico na rota de Bonito.

Para traduzir este sentimento, o Sebrae/MS e a Associação dos Empreendimentos do Corredor Turístico Paxixi (Aecopaxi) lançaram a Rota Serra e Charme Paxixi, que abrange estabelecimentos presentes na região e oferece ao público como nova opção um destino promissor para o turismo de aventura e contemplação em Mato Grosso do Sul.

Morro do Paxixi, uma das principais atrações

De acordo com o gerente da Regional Oeste do Sebrae/MS, Matheus Oliveira, a consolidação da rota vem de uma atuação conjunta de apoio aos empreendedores locais. “Trabalhamos em Camisão há mais de um ano, desde a formalização da Aecopaxi, até as ações de qualificação para os empresários. Foram oferecidas consultorias para que os estabelecimentos pudessem se especializar e oferecer uma experiência mais rica aos visitantes”, pontuou. 

“Hoje – acrescentou Matheus -, temos pousadas reformadas, com um atendimento de qualidade e um melhor aproveitamento das potencialidades naturais. Então, a rota é uma forma de mostrar isso para as pessoas e atrair mais turistas para a região.”

Sinalização turística

Composta por empresas ligadas ao turismo e a gastronomia como pousadas, pesqueiros, propriedades rurais, restaurantes e produções alimentícias locais, a rota traz a identificação dos espaços. Foram instaladas placas de sinalização que oficializam o destino ao longo da MS-345, conhecida como Estrada Parque.

A sinalização orienta onde estão os empreendimentos participantes da iniciativa para os visitantes que vem conhecer a região ou estão de passagem, vindo de Campo Grande em direção a Bonito, ou vice-versa. Ao todo, são 22 placas referentes aos estabelecimentos pertencentes à rota, sete placas de direção e três placas gerais de sinalização do destino.

Representantes do trade turístico e do Sebrae ao lado de uma placa de sinalização anunciando a nova rota

A sinalização da Rota Serra e Charme Paxixi foi entregue à região pela diretora-técnica do Sebrae/MS, Sandra Amarilha. A ação aconteceu simultaneamente ao Pantanal Tech, evento realizado nos dias 28 e 29 de junho, que reuniu profissionais, empreendedores e entusiastas da inovação no coração do Pantanal.

Valorização da região

Tendo como cartão postal o Morro do Paxixi, Camisão se destaca pela paisagem que inspira o relaxamento e o contato com a natureza, e está repleto de atividades turísticas, como pesca esportiva, rafting, trilhas, corridas e flutuação, além de opções ligadas a gastronomia como restaurantes, vinícolas e agroindústrias com produções locais. 

Para apresentar as opções ao público, a Rota Serra e Charme Paxixi, reúne cerca de 22 empreendimentos que fazem parte da Aecopaxi.

Segundo a presidente da associação, Mirian Coura Aveiro, com a concretização da ideia, foi possível integrar os empreendedores e mapear as atividades oferecidas por cada estabelecimento, o que traz a valorização dos negócios presentes na região e mais visibilidade para os atrativos.

“Nossa meta é trabalhar realmente essa cadeia produtiva e agregar valor e autoria ao destino. Chamamos de ‘Rota Serra e Charme Paxixi’ para mencionar o morro e identificar onde estamos localizados, e foi um trabalho realizado com a colaboração de todos. O Sebrae não só traz ideias, mas também ajuda a executar, e isso faz toda a diferença”, contextualizou. 

Além das belezas naturais, região começa a se estruturar e novos atrativos surgem, como a visita à Vinícola Terroir Pantanal

Encantos do Cerrado

“A proposta – segue a empresária - agora é dar continuidade a qualificação dos empreendimentos, além de cobrar do poder público melhorias na parte de acessibilidade, iluminação e internet, por exemplo, que são necessárias, mas que não nos cabem.”

Os empreendedores são acompanhados pelo Sebrae com capacitações e treinamentos para melhorar os negócios e garantir a sustentabilidade, preservando a cultura local com a essência da hospitalidade pantaneira. 

Um dos empresários que buscaram a qualificação e aprimoraram o negócio foi Ely Fernandes, do Rancho do Ely, que é pescador profissional e, agora, também condutor de turismo. A partir do treinamento, oferecido pelo Sebrae, ele conduz a trilha "Encantos do Cerrado", que é acessível para todas as idades e proporciona mirantes com vistas únicas do rio Aquidauana.

De acordo com o empreendedor, a consolidação da Rota Serra e Charme Paxixi é um passo importante para o grupo. “Isso representa um marco para o turismo da Estrada Parque e do distrito de Camisão e foi fundamental para a conexão definitiva dos atrativos e para podermos mostrar as belezas cênicas de Camisão e da rota Pantanal Bonito”, ressaltou Ely.

Entrada para o Pantanal Sul, Aquidauana está no centro das atenções turísticas, entre Campo Grande, Bonito e Corumbá

Experiência única

Com uma identidade bem definida e um trabalho contínuo de desenvolvimento e promoção, os empreendedores se preparam para receber visitantes de todo o país, oferecendo uma experiência turística única, repleta de charme e autenticidade, como o arquiteto e urbanista Roberto Araújo, proprietário do Rancho Pé de Cedro.

Repleto de objetos e mobiliários de época, o rancho busca, com sua riqueza histórica, ativar a memória afetiva dos visitantes, criando conexões com o passado e tornando a estadia especial. Com o apoio do Sebrae, Roberto implementou melhorias, principalmente, na parte da culinária com incrementos na forma de servir o café da manhã. 

O empreendedor destaca a importância do apoio que receberam para a consolidação da rota e a relevância da parceria com Sebrae.

“Durante o Pantanal Tech, diretores do Sebrae estiveram presentes em nossos empreendimentos, fortalecendo parcerias e destacando o potencial do Pantanal como um polo tecnológico e empreendedor. Agradecemos pela colocação das placas e estamos animados para receber, com qualidade, todos os visitantes que gostariam de vir para nossa região”, ressaltou Roberto. 

Leia Também

Relatos de viagem

Gabi viveu o deserto e o céu mais estrelado do mundo

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Leio na mídia: "Bugio expressa ternura ao ver a irmã com o sobrinho no Pantanal..." É muita masturbação.

Silvio de Andrade, jornalista

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

MARCO MORAES

Não confunda sustentabilidade com ideologia

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Fogo Classe P de Pantanal

HEITOR RODRIGUES FREIRE

Um Caminho