sábado, 18 de setembro de 2021
DESTINOS

Smart Tour representará startups na Câmara de Turismo

30 MAR 2021 - 11h13Por REDAÇÃO

A Câmara de Turismo 4.0, criada pelos ministérios do Turismo e da Ciência, Tecnologia e Inovações para fomentar a criação de Destinos Turísticos Inteligentes (DTI), acaba de ganhar um importante reforço. Por indicação do Wakalua Innovation Hub, primeiro polo global de inovação na área, a empresa catarinense Smart Tour, que opera rotas turísticas inteligentes com o uso de ‘internet das coisas’, representará startups nacionais de turismo no colegiado.

Em 2019, as iniciativas da Smart Tour na categoria ‘Tecnologia e Turismo’ fizeram da empresa uma das vencedoras da 2ª edição do Prêmio Nacional do Turismo, organizado pelo MTur em parceria com o Conselho Nacional de Turismo (CNT). Já no ano passado, a empresa catarinense foi uma das finalistas do 1º Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo, promovido pelo Ministério do Turismo e o Wakalua, que reconheceu soluções voltadas à retomada do setor.

Na competição de 2020, a Smart Tour se destacou graças ao desenvolvimento de uma plataforma de rastreamento de contatos de infectados pela Covid-19, por meio de tecnologia QR Code. A empresa também fez parte do grupo de finalistas do Healing Solutions for Tourism Challenge, realizado no ano passado pela Organização Mundial do Turismo (OMT) para identificar soluções inovadoras contra a pandemia, além de ter chegado à final do concurso de startups da OMT.

Peça-chave

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, elogia a participação da empresa catarinense nos trabalhos da Câmara. “É importante contarmos com a colaboração de uma startup já tão reconhecida por iniciativas de vanguarda. A inovação será peça-chave na retomada do turismo e a atuação da Câmara vai estabelecer as bases para o país ter o devido destaque no campo das soluções inovadoras contribuindo, ainda, para gerar emprego e renda”, ressalta.

A Smart Tour vai integrar grupos de trabalho de desenvolvimento de destinos inteligentes e de soluções e tecnologias digitais. Jucelha Carvalho, CEO da empresa, comemora a oportunidade. “Representar as startups brasileiras em um projeto deste porte é dar voz ao ecossistema brasileiro de inovação em turismo e, com isso, criar condições para o estabelecimento de parcerias que gerem ações práticas aos destinos, sobretudo através da tecnologia nacional”, frisa.

Os grupos de trabalho da Câmara de Turismo 4.0 buscam envolver representantes dos setores público, privado, acadêmicos e integrantes de institutos de pesquisa, no sentido de colaborarem com diagnósticos e propostas de desenvolvimento do setor. Indicações ao colegiado ainda podem ser feitas pelo e-mail [email protected] e as primeiras reuniões virtuais dos grupos estão previstas para os dias 19, 20 e 22 de abril.

Destinos

No último dia 16, o ministro GiIson Machado Neto anunciou o Rio de Janeiro (RJ) como a primeira cidade a fazer parte do projeto de Destinos Turísticos Inteligentes no Brasil. A iniciativa busca preparar os municípios para que possibilitem experiências inovadoras aos visitantes, promovam a melhoria da gestão e dos níveis de competitividade turística. Ao todo, 10 localidades farão parte da primeira etapa do programa, sendo duas em cada região do país.

A fim de promover o desenvolvimento de DTI, o MTur firmou parceria com o instituto argentino Ciudades del Futuro (ICF) e a Sociedade Mercantil Estatal para a Gestão da Inovação e as Tecnologias Turísticas (SEGITTUR), da Espanha, instituições pioneiras na área. A colaboração prevê o acompanhamento da adoção de soluções relacionadas à eficiência da governança e à correta utilização de recursos públicos, entre outras iniciativas.
 

Leia Também

Relatos de viagem

Rota das emoções: lugares de ver Deus...

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O Taquari é um rio cujos estragos compõem a vida do Pantanal

Manoel de Barros

Vídeos

Campanha MS 'Desbravador de Destinos'

Mais Vídeos

Eco Debate

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Os incêndios no Pantanal e seu enfrentamento

RENATA FRANCO

Mudanças climáticas vão impactar a vida do brasileiro, muito mais do que se imagina!

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Errar é humano, persistir...Loucura ou método?