segunda, 04 de julho de 2022
BIOPARQUE PANTANAL

População preenche em poucas horas 3,5 mil vagas para as férias

16 JUN 2022 - 10h45Por REDAÇÃO

Não demorou nem duas horas e as vagas destinadas para o grupo familiar se esgotaram. Conforme dados do sistema de agendamento do Bioparque Pantanal, essa modalidade foi encerrada às 1h40 da manhã do dia 16. Já os cadastros individuais, outra grande procura da população, terminaram às 9h30 desta manhã.

A direção-geral do Bioparque Pantanal – complexo situado no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande - ampliou em 3,5 mil vagas no mês de julho, devido às férias escolares. Com o recesso, houve a possibilidade de remanejar as vagas exclusivas aos alunos para o público geral.

"Os cadastros foram abertos com 23.500 vagas disponíveis para todos os grupos e público geral, mas a procura é muito grande e se esgotam rapidamente. Para se ter uma ideia, o grupo familiar terminou primeiro, por volta de 1:40 já não tinha mais vaga disponível, adiantou a diretora-geral do Bioparque Pantanal, Maria Fernanda Balestieri.

“As inscrições individuais terminaram por volta de 9:30 da manhã, mesmo reorganizando 3.500 vagas que remanejamos para a população por causa das férias escolares", acrescentou.

Acessos

Dados do sistema de agendamento do Bioparque Pantanal mostram que às 00:08 foi o horário de maior acesso, com 23.257 por minuto. "A gente entende que as pessoas estão curiosas para conhecer o bioparque e constantemente pensamos em maneiras de ampliar vagas, por isso que abrimos o calendário mensalmente”, diz Maria Fernanda. 

“Assim conseguimos vislumbrar novas alternativas – completou -, sempre primando pelo cumprimento das diretrizes dadas pelo governador Reinado Azambuja, de garantir o máximo de visitações aos sul-mato-grossenses".

A entrada gratuita ao Bioaparque Pantanal segue até o dia 31 de dezembro desde ano.
 

Leia Também

Relatos de viagem

Conte suas aventuras aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A coragem e a competência com que desafia as forças da natureza, respeitando e tirando dela o seu sustento, faz do pantaneiro um herói brasileiro

Bugre do Chané, Serra do Amolar, Corumbá (MS)

Vídeos

Visit Brazil. A WOW Experience!

Mais Vídeos

Eco Debate

ANDRÉ NAVES

Agro é mais que Pop!

ANDRÉ NAVES

Economia Verde

VICTOR SANTANA

Porque precisamos falar sobre ecoansiedade nas crianças