sábado, 24 de fevereiro de 2024
PROJETO

Pedro Chaves define regras para criação do Fundo Pantanal

05 OUT 2017 - 11h17Por Redação

O senador Professor Pedro Chaves (PSC/MS) pretende concluir na próxima semana o relatório sobre o projeto de lei 750/2011, de autoria do então senador e atual ministro da Agricultura, Blairo Maggi, que define regras para a gestão e proteção do Pantanal.

O projeto de lei define regras para a gestão e proteção do Pantanal, focado porém apenas nas particularidades de Mato Grosso, e por isso sofreu alterações por interveniência do governo de Mato Grosso do Sul, Estado que detém dois terços do bioma.

Pedro Chaves falou sobre a importância da criação de um Fundo para captar recursos em prol da prevenção e conservação do bioma pantaneiro.

“Já ouvi ambientalistas, produtores rurais e dezenas de representantes dos setores interessados. Meu relatório, além de definir as regras de gestão e proteção, vai propor a  criação do Fundo Pantanal, que captará doações e um percentual de financiamentos para atividades agrícolas na região da Bacia do Alto Paraguai”, anunciou.

Recuperação e fiscalização

Os recursos do fundo, segundo ele, serão investidos em ações de conservação, prevenção, monitoramento e combate à degradação dos recursos hídricos, além da promoção da conservação e do uso sustentável do bioma pantaneiro.

“Já conversei com os ministros Sarney Filho (Meio Ambiente) e Blairo Maggi, e também com a direção da Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste) sobre o assunto e todos se mostraram bastante receptivos à proposta”, completou.

O senador,  que é relator do projeto na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado, explicou que para finalizar a proposta falta apenas definir algumas questões com a área econômica do governo, o que vem tratando em Brasília.

O Fundo Pantanal apoiará projetos de gestão das áreas protegidas, controle, monitoramento e fiscalização ambiental, atividades desenvolvidas a partir do uso sustentável dos recursos naturais, pesquisas para conservação e uso sustentável da biodiversidade e a recuperação de áreas desmatadas e degradadas.

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Fogo não é mais normal nem cultural em MS. Esta é a primeira ruptura. Vamos trabalhar muito forte neste ano no manejo integrado e prevenção do fogo

Jaime Verruck, secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação

Vídeos

Esportes radicais: calendário de 2024

Mais Vídeos

Eco Debate

ZECA CAMARGO

Dentro da Terra, dentro de mim

Silvio de Andrade

Desembaraçando pantaneiros dos antropizadores 

AFONSO CELSO VANONI DE CASTRO

"Ameaças são naturais, desastres não"