sábado, 24 de fevereiro de 2024
BOA NOTÍCIA

Nova onça-pintada é registrada no Parque Nacional do Iguaçu

21 JUN 2021 - 11h38Por REDAÇÃO

Um saudável macho de onça-pintada foi registrado no Parque Nacional do Iguaçu, unidade de conservação situada na cidade de Foz do Iguaçu, extremo Oeste do Paraná. O animal oi flagrado por uma armadilha fotográfica, equipamento responsável pelo monitoramento das espécies que vivem no lugar por meio de uma câmera.

O macho brincalhão encontrou a armadilha e a transformou em pedaços. O registro de novas onças mostra a qualidade ambiental e o equilíbrio do ecossistema do parque, segundo pesquisadores. A onça-pintada é uma espécie chave para a manutenção da biodiversidade.

A conservação das onças do Parque Nacional do Iguaçu é de extrema importância para a natureza. De acordo com a bióloga Yara Barros, as armadilhas fotográficas são usadas para um estudo sobre as presas das onças-pintadas. Por isso, tamanha surpresa com o flagrante.

De acordo com o censo de 2018, 28 onças-pintadas vivem na unidade. O estudo da espécie ameaçada de extinção começou na década de 90, com o pesquisador Peter Crawshaw, que criou o Projeto Carnívoros do Iguaçu - posteriormente chamado Projeto Onças do Iguaçu.

Na época, estimava-se uma população de 400 a 800 onças na região, no entanto, os números reduziram bruscamente, resultado da caça e do abate de onças por retaliação à predação do gado.

“Esses resultados indicam que essa é a única população de onças-pintadas da Mata Atlântica que está comprovadamente crescendo. Estamos aos poucos nos afastando da possibilidade da extinção local. A estimativa é que a capacidade de suporte da região seja de 250 onças, e é com esse horizonte que trabalhamos”, afirma Yara Barros.

Projeto Onças do Iguaçu

Projeto Onças do Iguaçu é um projeto institucional do Parque Nacional do Iguaçu, que tem como missão a conservação da onça-pintada, como espécie-chave para a manutenção da biodiversidade na região do parque. A população de onças vem aumentando gradativamente no local.

Uma das ações de pesquisa do projeto é o monitoramento da população de onças-pintadas jo ambiente. São conduzidos censos bianuais, em conjunto com o Proyecto Yaguaraté, da Argentina. Desta forma os parques nos dois países são amostrados simultaneamente.

É o maior esforço mundial de monitoramento de onças, com cerca de 600.000 hectares amostrados há quase 10 anos De 2009 a 2018 a população de estimada de onças-pintadas no PARNA Iguaçu passou de 11 para 28 animais. Considerando o Corredor Verde (Brasil e Argentina, a população atual estimada é de 105 indivíduos.

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Fogo não é mais normal nem cultural em MS. Esta é a primeira ruptura. Vamos trabalhar muito forte neste ano no manejo integrado e prevenção do fogo

Jaime Verruck, secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação

Vídeos

Esportes radicais: calendário de 2024

Mais Vídeos

Eco Debate

ZECA CAMARGO

Dentro da Terra, dentro de mim

Silvio de Andrade

Desembaraçando pantaneiros dos antropizadores 

AFONSO CELSO VANONI DE CASTRO

"Ameaças são naturais, desastres não"