segunda, 02 de agosto de 2021
BOA NOTÍCIA

Nova onça-pintada é registrada no Parque Nacional do Iguaçu

21 JUN 2021 - 11h38Por REDAÇÃO

Um saudável macho de onça-pintada foi registrado no Parque Nacional do Iguaçu, unidade de conservação situada na cidade de Foz do Iguaçu, extremo Oeste do Paraná. O animal oi flagrado por uma armadilha fotográfica, equipamento responsável pelo monitoramento das espécies que vivem no lugar por meio de uma câmera.

O macho brincalhão encontrou a armadilha e a transformou em pedaços. O registro de novas onças mostra a qualidade ambiental e o equilíbrio do ecossistema do parque, segundo pesquisadores. A onça-pintada é uma espécie chave para a manutenção da biodiversidade.

A conservação das onças do Parque Nacional do Iguaçu é de extrema importância para a natureza. De acordo com a bióloga Yara Barros, as armadilhas fotográficas são usadas para um estudo sobre as presas das onças-pintadas. Por isso, tamanha surpresa com o flagrante.

De acordo com o censo de 2018, 28 onças-pintadas vivem na unidade. O estudo da espécie ameaçada de extinção começou na década de 90, com o pesquisador Peter Crawshaw, que criou o Projeto Carnívoros do Iguaçu - posteriormente chamado Projeto Onças do Iguaçu.

Na época, estimava-se uma população de 400 a 800 onças na região, no entanto, os números reduziram bruscamente, resultado da caça e do abate de onças por retaliação à predação do gado.

“Esses resultados indicam que essa é a única população de onças-pintadas da Mata Atlântica que está comprovadamente crescendo. Estamos aos poucos nos afastando da possibilidade da extinção local. A estimativa é que a capacidade de suporte da região seja de 250 onças, e é com esse horizonte que trabalhamos”, afirma Yara Barros.

Projeto Onças do Iguaçu

Projeto Onças do Iguaçu é um projeto institucional do Parque Nacional do Iguaçu, que tem como missão a conservação da onça-pintada, como espécie-chave para a manutenção da biodiversidade na região do parque. A população de onças vem aumentando gradativamente no local.

Uma das ações de pesquisa do projeto é o monitoramento da população de onças-pintadas jo ambiente. São conduzidos censos bianuais, em conjunto com o Proyecto Yaguaraté, da Argentina. Desta forma os parques nos dois países são amostrados simultaneamente.

É o maior esforço mundial de monitoramento de onças, com cerca de 600.000 hectares amostrados há quase 10 anos De 2009 a 2018 a população de estimada de onças-pintadas no PARNA Iguaçu passou de 11 para 28 animais. Considerando o Corredor Verde (Brasil e Argentina, a população atual estimada é de 105 indivíduos.

Leia Também

Relatos de viagem

Rota das emoções: lugares de ver Deus...

Mais Relatos de Viagem

Megafone

É a nova Genesis, o pantaneiro deixou de ser invisível

Pantaneiro Armando Lacerda, sobre a chegada da energia elétrica no Pantanal

Vídeos

Embratur promove o turismo doméstico

Mais Vídeos

Eco Debate

LUIZ AUGUSTO PEREIRA DE ALMEIDA

O paradoxo das águas

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Maraboho

FELIPE BARROSO

Alerta ao marco legal do saneamento: desafios em prol do meio ambiente