sábado, 13 de abril de 2024
CONFIRA

NASCENTE AZUL É EXEMPLO DE RECUPERAÇÃO AMBIENTAL

29 NOV 2021 - 09h54Por REDAÇÃO

Desde sua criação, a Nascente Azul, um dos mais badalados atrativos em Bonito, tem o respeito ao meio ambiente em seu DNA, provando que é possível que as pessoas e a natureza convivam em harmonia. Essa história de sucesso começou em 2008 e, desde então, a Nascente Azul virou exemplo de recuperação ambiental.

O parque está instalado no que era desde a década de 1950 uma propriedade particular do agronegócio. Devido ao desconhecimento de questões ambientais, que na época não eram vistas como relevantes, a maior parte da vegetação nativa, incluindo as matas ciliares, foi desmatada. Práticas agrícolas arcaicas causaram o assoreamento do rio e a deposição de um enorme volume de terra e sedimentos em seu leito. Piscinas naturais de tufas calcárias foram tomadas pelo capim e plantas invasoras.

Cachoeira de tufas calcáreas

Em 2008, o local foi adquirido pelo atual proprietário da Nascente Azul e deixou de ser uma fazenda. A ideia foi transformar a área que estava completamente degradada em um empreendimento modelo de ecoturismo, apostando na conservação da natureza e na sustentabilidade.

Monitoramento ambiental

A partir de estudos e projetos desenvolvidos por uma equipe multidisciplinar altamente qualificada, foram realizados diversos trabalhos de recuperação ambiental. Para o reflorestamento da vegetação ciliar foram plantados mais de 12 mil mudas de árvores e arbustos nativos. Já a recuperação do solo e da água foi feita através da implantação de curvas de nível, terraços e caixas de retenção de águas pluviais, além da contenção dos processos erosivos.

Proprietários iniciam o plantio de mudas nativas

Também podem ser citados como exemplos do trabalho de recuperação a criação de uma faixa de preservação permanente de mais de 100 metros de largura em todo o entorno do Rio Nascente Azul e da nascente, a recuperação das cachoeiras de tufas calcárias e a ampliação das áreas de reserva legal da propriedade. Aos poucos, os animais silvestres voltaram a circular pela propriedade.

Para conciliar as atividades turísticas com a preservação da natureza, com o mínimo impacto possível, a Nascente Azul investe há 13 anos no monitoramento ambiental. Toda a parte estrutural do parque foi projetada respeitando as normas e legislações ambientais vigentes, e as atividades turísticas permitem um número limitado de visitantes.

Flutuando entre os peixes em águas azuis cristalinas, em meio as exuberantes matas e animais silvestres

Em 2020, a Nascente Azul instalou um sistema de geração de energia limpa através de painéis solares. Atualmente, investe também na gestão de resíduos.

Museu subaquático

Além de todo esse cuidado voltado às questões ambientais, a Nascente Azul também se preocupou com a responsabilidade social, com programas que visam o engajamento e o desenvolvimento da comunidade local. Em 2021, o parque foi premiado pela Câmara Municipal de Bonito por seu comprometimento com a construção de uma sociedade menos desigual.

A Nascente Azul investe há mais de uma década na chamada ESG (environmental, social and governance), que se refere às práticas ambientais, sociais e de governança de uma empresa. São princípios que atualmente se tornaram tendência no mundo corporativo, valorizando a proteção ao meio ambiente e o compromisso com a sociedade, mas que já estão presentes na Nascente Azul desde a sua origem.

Mirante da Luneta

Assim, a Nascente Azul alcançou o objetivo de oferecer uma estrutura completa de lazer e ecoturismo de forma sustentável e com respeito total à natureza. Os visitantes podem curtir flutuação em águas cristalinas, mergulho, trilhas para contemplação da mata, balneário com praia, quiosques e circuito de aventura sobre o lago, pêndulo humano, tirolesa, bar e restaurante, além de vários pontos instagramáveis, que fazem sucesso nas redes sociais. A

inda em outubro, foi inaugurado o Museu Subaquático de Bonito, o único do mundo em um ambiente de água doce e atração inédita no Brasil.

Serviço

Localização: rodovia Bonito Bodoquena, km 22 – Bonito/MS
Para aquisição dos passeios, entre em contato com as agências locais
Mais informações em: nascenteazul.com.br

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Todo equívoco humano é satirizável. Enquanto houver ser humano com suas carências, inseguranças e dúvidas, haverá sátira

Ziraldo (1932-2024)

Vídeos

Bonito, um convite à sustentabilidade

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Ferrovia em Corumbá? Só nos restou a canção Trem do Pantanal

NELSON ARAÚJO FILHO

Uma história de areias

HEITOR RODRIGUES FREIRE

Feliz Ano Novo