sábado, 13 de abril de 2024
SMART TOUR

MTur divulga destinos turísticos inteligentes em live

11 MAR 2022 - 12h17Por REDAÇÃO

Iniciando uma série de bate-papos promovidos pela startup Smart Tour Brasil, o Ministério do Turismo participou da live “Inovação no Turismo”. Sob o tema “Implantação de Destinos Turísticos Inteligentes no Brasil”, a diretora de Inteligência Mercadológica e Competitiva do Turismo, Nicole Facuri, deu detalhes sobre o projeto que está sendo desenvolvido pela Pasta em 10 cidades brasileiras. O objetivo da iniciativa é apresentar de forma descomplicada o assunto, relevante no cenário de inovação aplicada ao turismo. 

“Quando a gente fala de Destinos Turísticos Inteligentes (DTI), a gente está falando de uma metodologia e de um plano de transformação, o qual trabalharemos nas dez cidades selecionadas inicialmente. Elas terão que aplicar pelo menos 80% do seu plano, e aí entra a importância do trade junto nesse processo. Somente com uma governança muito bem estruturada conseguiremos entender o papel de cada um”, disse Nicole Facuri durante a live.

Com foco na inovação, o Ministério do Turismo lançou em 2021 o projeto-piloto Destinos Turísticos Inteligentes (DTIs), que busca tornar cidades em destinos mais competitivos, inovadores, sustentáveis, acessíveis e seguros. A iniciativa do Ministério do Turismo visa disponibilizar para todo o país uma metodologia que possa ser utilizada pelos municípios brasileiros fomentando o desenvolvimento de DTIs e colocando o país num melhor posicionamento competitivo. 

Visibilidade

Outra ação muito relevante, paralela e complementar, foi a criação da Câmara de Turismo 4.0. A iniciativa é fruto de um acordo com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), e se reúne periodicamente para discutir e auxiliar na implementação de políticas públicas para o desenvolvimento de ações que buscam fornecer soluções tecnológicas e a transformação de cidades em destinos turísticos inteligentes.

Para a mediadora da live e CEO da Smart Tour Brasil, Jucelha Carvalho, a implantação de uma Câmera 4.0 no país aprimora toda uma cadeia que trabalha com o turismo no país. “Isso significa mais dinheiro e mais investimentos em uma estrutura que é própria da cidade. Uma cidade boa para o visitante, é boa para o morador, até porque a infraestrutura quem usufrui é o morador. Através desse projeto, será possível fazer uma melhoria nessas cidades”, destacou.

Esta é apenas a primeira de uma série de lives semanais que serão transmitidas no perfil do Instagram da startup, a partir do mês de março, sobre as inovações tecnológicas no setor. A iniciativa busca dar visibilidade às iniciativas já existentes no país e inspirar novas ações de transformação do setor.

Smart Tour

É uma startup de tecnologia de ponta voltada para a gestão pública do turismo, com soluções inovadoras. Em 2019, as iniciativas da Smart Tour na categoria ‘Tecnologia e Turismo’ fizeram da empresa uma das vencedoras da 2ª edição do Prêmio Nacional do Turismo, organizado pelo Ministério do Turismo em parceria com o Conselho Nacional de Turismo (CNT).

Já em 2020, a empresa catarinense foi uma das finalistas do 1º Desafio Brasileiro de Inovação em Turismo, promovido pelo Ministério do Turismo e o Wakalua, que reconheceu soluções voltadas à retomada do setor. E, no ano passado, foi escolhida para representar startups de turismo na Câmara de Turismo 4.0.

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Todo equívoco humano é satirizável. Enquanto houver ser humano com suas carências, inseguranças e dúvidas, haverá sátira

Ziraldo (1932-2024)

Vídeos

Bonito, um convite à sustentabilidade

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Ferrovia em Corumbá? Só nos restou a canção Trem do Pantanal

NELSON ARAÚJO FILHO

Uma história de areias

HEITOR RODRIGUES FREIRE

Feliz Ano Novo