sexta, 24 de maio de 2024
EMISSORES

MS promove turismo na Argentina, Peru e Colômbia

16 AGO 2017 - 17h00Por Redação

Até o dia 24 de agosto, o turismo de Mato Grosso do Sul participa do 14º BNT Meeting Brasil, que percorre quatro cidades de três países sul-americanos. A Fundação de Turismo de MS (Fundtur-MS) representará o Governo do Estado na ação promocional, que conta também com a participação de empresários do trade estadual.

Com formato de rodada de negócios, o evento reúne empresários e instituições do turismo brasileiro. Eles visitam Córdoba e Buenos Aires, ambos na Argentina, seguem para Lima, no Peru, e finalizam a ação em Bogotá, na Colômbia.

Reunidos com público qualificado de agentes de viagens, operadoras e jornalistas internacionais, os participantes sul-mato-grossenses terão a oportunidade de apresentar os destinos e novos mercados, abrindo possibilidades de comercialização.

Potenciais emissores

Para o diretor-presidente da Fundtur, Bruno Wendling, esta é uma ação importante para a promoção dos destinos sul-mato-grossenses na América do Sul, que é o principal emissor internacional de turistas para o Brasil.

“Esta é uma ação estratégica de promoção, já que Mato Grosso do Sul é destino para turistas estrangeiros vindos da Argentina, do Peru e de outros países sul-americanos. Juntamente com nossos empresários, queremos estreitar relacionamentos e gerar oportunidades de comercialização com potenciais emissores, como a Colômbia”, ressalta.

Entre os destinos considerados cartões-postais do Mato Grosso do Sul estão Bonito, que já ganhou 14 vezes o prêmio de melhor destino de ecoturismo do Brasil e recebeu o prêmio de melhor destino de turismo responsável do mundo, o World Responsible Tourism Awards, em 2013, e o Pantanal, considerado pela Unesco um Patrimônio Natural Mundial e Reserva da Biosfera, eleito o quarto melhor destino para apreciação de vida selvagem no mundo em 2015.

Mercado sul-americano

Segundo o Observatório de Turismo de Corumbá, no ano de 2016, cerca de 33% dos turistas no destino foram estrangeiros e 28% eram de origem sul-americana. Quanto a Bonito, seus visitantes estrangeiros somaram aproximadamente 10% no ano passado, sendo a Argentina um dos principais emissores de turistas sul-americanos para o MS.

A Colômbia aparece como o 3º maior emissor de turistas e, dos mais de 2,5 milhões de colombianos que viajaram ao exterior no último, um terço procurou a América do Sul.

Com o intuito de aumentar o fluxo de estrangeiros do continente no Brasil, a Embratur tem realizado constantes ações de promoção do país na América do Sul e, atuando em consonância com a promoção internacional do país, Mato Grosso do Sul tem participado de eventos e construído uma imagem positiva para consolidar seus destinos e aumentar o fluxo de turistas no Estado.

 

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O meio ambientalismo nunca preocupou-se com o meio ambiente. Suas ações são histéricas ou fanáticas em defender interesses inconfessos

Armando Arruda Lacerda, pantaneiro

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

PAULO DE GODOY

Os desafios da sustentabilidade da jornada de dados para IA

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Pantaneiros informam: respeitar não é idolatrar animais

FREDERICO BUSSINGER

Água, chuvas, enchentes: Lições aprendidas e a aprender