quinta, 15 de abril de 2021
NOVO MAPA

MS amplia para 47 as cidades com vocação turística

14 SET 2017 - 11h21Por Mstur

O mapa do turismo do Mato Grosso do Sul passa a contar com 47 municípios, distribuídos em nove regiões turísticas. Em comparação ao ano passado, o Estado do Pantanal inseriu quatro cidades com vocação turística no documento.

O levantamento completo do Mapa do Turismo Brasileiro foi divulgado nesta quinta-feira (14) pelo Ministério do Turismo. Em todo o país, foram listados 3.285 municípios em 328 regiões turísticas, um crescimento exponencial em relação ao Mapa de 2016, quando foram registradas 2.175 cidades em 291 regiões.

O crescimento dos números é resultado de um amplo trabalho de conscientização do Ministério do Turismo junto aos gestores municipais e estaduais a respeito da necessidade de identificação e classificação das cidades para que as políticas públicas e investimentos sejam mais adequados à realidade de cada região.

Brasil + Turismo

“O mapa é um instrumento muito importante para gestão, estruturação e promoção dos destinos. Por isso, é importante que ele esteja sempre atualizado, garantindo com que os municípios que queiram trabalhar o turismo como uma atividade econômica, tenham prioridade dentro das políticas e ações do MTur”, afirmou o ministro do turismo.

A atualização periódica do Mapa faz parte de uma estratégia do Plano Brasil + Turismo, lançada este ano pelo ministro Marx Beltrão para fortalecer o setor de viagens no país. De acordo com o Plano, a partir de 2017 o Mapa passa a ser atualizado a cada dois anos. Sua construção é feita em conjunto com os interlocutores estaduais que representam o MTUR e órgãos oficiais de Turismo dos estados brasileiros e instâncias de governança regional.

Categorização

De acordo com o novo mapa, 17 municípios sul-mato-grossenses estão nas categorias A, B e C, que são aqueles que concentram o fluxo de turistas domésticos e internacionais. Como exemplo, temos destinos como Aquidauana, Campo Grande, Corumbá, Dourados e Ponta Porã.

Os demais 30 municípios figuram nas categorias D e E. Esses destinos não possuem fluxo turístico nacional e internacional expressivo, no entanto alguns possuem papel importante no fluxo turístico regional e precisam de apoio para a geração e formalização de empregos e estabelecimentos de hospedagem.

Confira os municípios que fazem parte do Mapa do Turismo do Mato Grosso do Sul:

Região: 7 Caminhos da Natureza (Cone Sul): Eldorado (D), Iguatemi (D), Itaquiraí (D), Japorã (D) e Naviraí (C).

Região: Bonito/Serra da Bodoquena: Bela Vista (D), Bodoquena (D), Bonito (B), Jardim (C), Nioaque (D) e Porto Murtinho (D)

Região: Caminho do Ipês: Campo Grande (A), Corguinho (D), Dois Irmãos do Buriti (D), Jaraguari (D), Ribas do Rio Pardo (D), Rio negro (D) e Sidrolândia (D)

Região: Costa Leste: Aparecida do Taboado (D), Bataguassu (C) e Três Lagoas (B)

Região: Grande Dourados: Dourados (B), Fátima do Sul (B), Glória de Dourados (D), Ponta Porã (C) e Vicentina (E)

Região Pantanal: Aquidauana (C), Corumbá (B), Ladário (D) e Miranda (C)

Região  Rota Norte: Alcinópolis (E), Costa Rica (C), Coxim (C), Fugueirão (E), Paraíso das Águas (E), Rio Verde de Mato Grosso (C),  São Gabriel do Oeste (D) e Sonora (D)

Região Vale das Águas: Batayporã (D), Ivinhema (C), Jateí (D), Nova Andradina (C)m Novo Horizonte do Sul E) e Taquarussu (E)

Região Vale do Aporé: Cassilândia (D), Inocência (D) e Paranaíba (C)

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável

Mahatma Gandhi

Vídeos

Bonito Seguro - Pronto para te receber!

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Páscoa 2021 no Pantanal

MÁRIO WILLIAM ESPER

Abundância de água, escassez de investimentos

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Uma realidade vergonhosa