sexta, 14 de maio de 2021
PERFIL

Levantamento inédito mostrará a realidade do turismo em MT

03 JUL 2019 - 18h03Por PORTAL MATO GROSSO

Entender como funciona o turismo em Mato Grosso - desde a captação de recursos até os projetos de desenvolvimento existentes para o setor a nível estadual e federal - é o objetivo de um Levantamento inédito que está sendo realizado pela Secex de Administração Municipal do Tribunal de Contas do Estado.

Mais adiante, a ideia é sugerir estratégias para fomentar a atividade nos municípios mato-grossenses, já que é consenso o enorme potencial turístico do Estado, em se tratando de natureza e biodiversidade. 

Nessa fase do trabalho, a equipe técnica da Secex está colhendo informações em diversas fontes, como normatizações e estratégias contidas no Plano Nacional de Turismo e colocadas em prática pela Embratur. Também subsidiam a equipe as boas práticas desenvolvidas em municípios com forte apelo turístico, como Bonito (MS) e Caldas Novas (GO).

Apoiar o desenvolvimento dos municípios mato-grossenses, por meio de um trabalho bem estruturado, também é atribuição do Tribunal de Contas, avalia o secretário da Secex de Administração Municipal, Francisney Liberato.

Potencial

O turismo representa 8% do PIB nacional e emprega 10% da população, índices baixos se comparados ao potencial do país, principalmente quando comparamos com a realidade de outros países. "Apenas o Museu do Louvre, em Paris, recebe, por ano, mais turistas que todo o Brasil", destacou Liberato.

Conforme o secretário, a ideia é que ao finalizar o trabalho, o que deve ocorrer em 45 dias, seja possível sugerir aos gestores municipais iniciativas que possam fomentar a atividade turística e, consequentemente, gerar emprego e receita para estimular o desenvolvimento não apenas daquele município, mas da região.

As primeiras informações revelam o indiscutível potencial do Estado, que possui 16 regiões turísticas, abrangendo 93 municípios, incluindo a Capital, Cuiabá.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O olhar mais cego que existe é quem olha para a preservação ambiental e não enxerga os indígenas como guardiões da floresta

Marcos Palmeira, ator e ambientalista

Vídeos

Morro do Azeite Ecolodge, Miranda MS

Mais Vídeos

Eco Debate

JOÃO GUILHERME SABINO OMETTO

Política ambiental é decisiva para o País

ARMANDO ARRUDA LACERDA

A vaca foi pro brejo?

JEANINE PIRES

5 novas ideias do que pode mudar no turismo