quinta, 21 de janeiro de 2021
SAUDADES

'Ana Raio' mergulha no Formoso e volta ao Pantanal

04 FEV 2020 - 08h46Por REDAÇÃO

Eterna Ana Raio, Ingra Lyberato, de 53 anos, retornou a Bonito após 20 anos, na companhia do filho Guilherme Leindecker (16 anos). Hospedada na casa sede do Rio Formoso Hotel Fazenda, em Bonito, pelo proprietário e jornalista Bosco Martins, a atriz fez uma comemoração simbólica dos 30 anos da novela que marcou época e foi exibida em 1990 pela Rede Manchete, marcando ainda a carreira de seu parceiro e também protagonista Almir Sater.

No último fim de semana, Ingra, o jornalista e o filho da atriz comemoraram as três décadas da “História de Ana Raio e Zé Trovão” plantando um ipê roxo, ao lado de um ipê amarelo, já existente na propriedade e que foi plantado há duas décadas pelo compositor Almir Sater e pelo pai do jornalista, o ambientalista Waldemar Martins (in memoriam).

Bosco Martins e Ingra no Rio Formoso Hotel

Além de simbolizar a comemoração de três décadas da novela, dando nome ao local visitado por turistas de “Ana Raio (ipê lilás) Zé Trovão (ipê amarelo), é uma singela homenagem ao pai do jornalista e à natureza, disse ela.

“Será um pedacinho de Ana Raio e Zé Trovão em Bonito e para mim tem um significado especial, porque é também uma homenagem ao “seo” Waldemar, que foi quem plantou com o Almir o ipê amarelo que já tem aproximadamente 18 metros de altura. Agora a outra muda completa todo esse simbolismo”.

Bosco, Gilherme e Ingra ao lado do ipê plantado por Almir

Encontro com Almir

Solteira após dois casamentos (com o diretor Jayme Monjardim e com o músico Duca Leindecker, pai do seu único filho, Guilherme), a atriz baiana, filha de cineastas, não fugiu ao DNA e com apenas sete anos estreou no cinema. 

Com 14 trabalhos na TV e 16 no cinema, ela ficou marcada com a personagem Ana Raio, sendo até os dias atuais “confundida” com a personagem. Suas férias no Mato Grosso do Sul, confirmaram o estrondoso sucesso que até hoje permanece.

Foram 15 dias e além de Bonito ela e o filho já haviam tirado uma semana para “matar saudades do Pantanal do Rio negro (Aquidauana) e dos amigos”, onde também trabalhou em outra novela marcante, “Pantanal” dirigida por Jaime Monjardim. 

Atriz fala com exclusividade à TVE Cultura MS

Hospedada na fazenda de Almir Sater, ela passou uma semana andando de cavalos, barco, avião e jipe, visitando as fazendas vizinhas, entre elas a fazenda do parceiro e compositor Guilherme Rondon.

“Rimos muito, pois lá no Pantanal ninguém me chama pelo nome, inclusive o Almir e seus amigos, é Ana Raio, mesmo!”, se diverte contando.  

Avessa a entrevistas, em Bonito ela não atendeu a imprensa. Do tempo em que ficou afastada dos holofotes, Ingra escreveu autobiografia sobre o “Medo do Sucesso” e, antes de partir, ainda no destino ecológico, falou com exclusividade ao programa “Prosa & Segredos” exibido pela TVE Cultura MS, apresentado por Bosco Martins - que irá ao ar em março. 

No programa, ela se emociona ao falar de sua estada em Bonito e Pantanal, fazendo diversas revelações, como de seu futuro na TV, quando estreará na próxima novela da TV Record, em abril. “Gênesis”, sua próxima novela, quer bater recorde e é um grande desafio, pois vai retratar a recriação bíblica da humanidades e eventos como o dilúvio.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A natureza não negocia e a física não faz acordos

Greta Thunberg, ao Parlamento Europeu

Vídeos

Barco-hotel Vip: pesca no Pantanal

Mais Vídeos

Eco Debate

ORLANDO DE SOUZA

A real paz de que o Turismo precisa

CAIO PENIDO

Os Serviços Ambientais e o Pacto AgroAmbiental

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Pertencimento é pertencer ao Pantanal!