segunda, 25 de outubro de 2021
PRESERVAÇÃO

Imasul e WWF-Brasil assinam acordo de cooperação ambiental

08 JUN 2021 - 10h52Por REDAÇÃO

O Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) assinou um acordo de cooperação técnica com a organização não-governamental WWF-Brasil para dar continuidade à realização de projetos, estudos, pesquisas pertinentes a preservação ambiental. A assinatura ocorreu durante evento da Semana do Meio Ambiente.

Desde a década de 90 o WWF apoia ações de conservação da biodiversidade em Mato Grosso do Sul e entre 2016 e 2020 outro termo de acordo estava vigente. Dessa forma, a assinatura atual visa dar continuidade aos trabalhos já desenvolvidos e que envolvem realização de projetos, estudos, pesquisas, capacitação de pessoal e outras atividades de interesse mútuo.

O acordo foi assinado pelo governador Reinaldo Azambuja, o secretário Jaime Verruck, titular da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), o diretor-presidente do Imasul, André Borges e pela representante do WWF, Flávia Araújo.

Fortalecer áreas protegidas

São quatro as principais linhas de atuação previstas no acordo, sendo gestão de áreas protegidas (contribui para o fortalecimento da Reserva da Biosfera do Pantanal, avaliando a efetividade da gestão das unidades de conservação); conectividade (fortalece áreas protegidas), regularização ambiental (PRA) e prevenção e combate a incêndios florestais.

"A parceria do WWF Brasil com o Imasul vem de longa data, pois entendemos a importância de somar esforços entre governo e sociedade civil organizada para fortalecer e expandir ações de conservação tanto no Pantanal como no Cerrado”, declarou Flávia Araújo, do WWF.

Uma das estratégias adotada nesse acordo é fortalecer a rede de áreas protegidas e abordar aspectos de prevenção e combate a incêndios florestais e proteção às espécies.

“Acreditamos que uma das estratégias mais fortes no contexto dos incêndios é apoiar a implementação do manejo integral do fogo em todas as suas dimensões, incluindo a pesquisa e as questões culturais das comunidades locais", completou.

Presentes ao ato o secretário estadual de Infraestrura, Eduardo Riedel, e o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, deputado Paulo Corrêa.

Leia Também

Relatos de viagem

Rota das emoções: lugares de ver Deus...

Mais Relatos de Viagem

Megafone

REVITALIZAÇÃO DA LINHA INTERNACIONAL FOMENTA TURISMO DE COMPRAS

SÍLVIO DE ANDRADE

Vídeos

Bonito é referência nacional em saneamento

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Teses e antíteses ou todo fogo no Pantanal é agropastoril!

MANOEL MARTINS ALMEIDA

Fantástico, o Show da Morte!

THOMAZ LIPPARELLI

Pantanal, uma história que se repete