sexta, 20 de maio de 2022
POUSADA PEQUI

COM NOVAS ESTRATÉGIAS, EMPRESÁRIA APROVEITA BOOM NO TURISMO

12 MAI 2022 - 09h18Por RODOLFO CÉSAR/Sebrae

Uma das principais estratégias no empreendedorismo para buscar crescimento e consolidação do negócio é planejar o futuro. Para atuar com esse foco, Virgínia Alves Corrêa Queiroz, que desde 1996 atua no trade turístico no Pantanal sul-mato-grossense com a Pousada Pequi, participou de consultoria do Pró Pantanal. A empresária repensou seu negócio, acompanhada do filho Rodrigo Alves Corrêa Queiroz, da nora Renata Souza de Oliveira Queiroz e com o apoio Sebrae/MS.

Virgínia Alves: melhorar o marketing

Entre os insights e estratégias que formatou, a empresária gerou novos empregos direta e indiretamente ao mudar a forma de comunicação de suas redes sociais para conquistar mais visibilidade e direcionar ações para público-alvo. Inseriu passeios e novas experiências para atrair a atenção de novos visitantes. Bem como, investiu em sustentabilidade, ao instalar energia fotovoltaica, aquecimento da água por energia solar e está em processo de melhor gestão de resíduos sólidos, criando mais empatia com seu público.

“Estamos ampliando o quadro de funcionários, como estamos vendo que a demanda de hóspedes está crescendo. Até a pandemia, a gente estava estruturado, tinha em torno de 10 pessoas. Hoje estamos com 15 e precisamos ainda contratar, ao menos mais uma recepcionista. Está sendo muito bom esse trabalho da consultoria para gente mudar o olhar”, indicou a empresária.

 

Novas experiências

A Pousada Pequi fica na zona rural de Aquidauana (Estrada MS 171, km 40), "rio estreito" na língua guaicuru. Até antes da pandemia, o negócio seguia acomodado em uma linha de trabalho. Surgiu a pandemia, veio também a estiagem forte no Pantanal, os incêndios e a dinâmica do turismo para a região foi diretamente impactada. Tudo isso praticamente junto, entre final de 2019 e início de 2020. O ano seguinte representou cenário mais desafiador, com restrições no trabalho.

Essa turbulência chacoalhou Virgínia, o filho e a nora, que conduzem a pousada. Isso demonstrou que o momento era de analisar o negócio, entender novos caminhos e preparar o planejamento do curto e médio prazo para ajudar a sair do cenário turbulento. Era preciso desenhar um novo cenário na história e procurar entender como o trade turístico ia sair dessa etapa mais difícil. Algo que passou a se consolidar a partir de dezembro de 2021.

“A gente estava saindo dessa história da pandemia. Havia parado tudo e, então, veio a consultoria do Sebrae na hora certa, uma novidade para ajudar a gente a movimentar e voltar ao trabalho, incluir experiências novas e trabalhar melhor o marketing. Ainda veio a novela Pantanal. Juntou tudo isso e o nosso movimento está bom agora”, relatou Virgínia.

A etapa importante para retomada, que a consultoria ajudou a empresária, envolveu entender de forma aprofundada sobre como vender o destino Pantanal e quais ações implementar no negócio para atender o brasileiro – que está redescobrindo o turismo nacional - e o estrangeiro. E isso acarretou também em contribuir para explicar melhor, com o turismo de experiência, sobre a diversidade, riqueza natural e preservação no bioma, formado por 12 sub-regiões – Aquidauana é uma delas, limitando-se ao Abobral, Miranda e Nhecolândia.

Mudança de perfil

O que Virgínia analisou era que o final de 2021 apresentava um horizonte de liberação de atividades e cenário de retomada. Quando ela iniciou a consultoria em dezembro, formatada em seis encontros, procurava direcionamentos para estar preparada para essa volta de atividades. Após quatro encontros e acompanhamento personalizado, identificou ações necessárias.

Também analisou como seu negócio deveria atuar diante de uma mudança brusca de perfil. Até 2019, ela tinha metade de sua estrutura sendo procurada por estrangeiros. Esse público ainda não voltou no mesmo ritmo, por isso foi entender melhor como atender a demanda do cliente nacional para equilibrar suas finanças e desenvolver o negócio de forma sustentável.

Piquenique é um dos passeios que a Pequi incorporou para atender melhor o turista
 

Virgínia ressaltou ainda que no ano passado viu que a regravação da novela Pantanal poderia trazer mais visibilidade para o destino e precisava se utilizar dessa situação para aplicar melhor as ferramentas que a ajudariam a receber turistas. 

“Logo de início (da consultoria) foi feita uma análise. Foram apontados pontos fracos, por exemplo, como estávamos trabalhando a área de marketing. Estamos também renovando nosso site. Implementamos novas experiências, como um piquenique para oferecer aos turistas, melhoramos alguns passeios. Temos a pesca da piranha e agora acrescentamos o passeio flutuante. Queremos acomodar melhor o turista”, contou.

Energia renovável

Na esteira de mudanças, a pousada traçou nova estratégia de marketing digital nas redes sociais (https://www.instagram.com/pousadapequi/), com postagens mostrando histórias, interagindo com visitantes, mostrando ângulos mais particulares de passeios. Com isso, houve a contratação de um freelancer para auxiliar nesse trabalho. Após curto período, veio o resultado: maior visibilidade do negócio.

 

“Entendemos que a consultoria veio em um momento para nos preparar para o que estava por vir. A gente tinha a expectativa de ter um boom. De abril para cá, estamos ficando lotados. Antes o movimento era 50% internacional e 50% de público nacional, hoje estamos em 70% do público nacional”, contabilizou Virgínia, que tem na pousada 10 apartamentos, com capacidade para até 30 pessoas e programação de passeios que mantém o turista hospedado entre 3 a 4 noites, em média.

A Pousada Pequi também entrou de vez na energia renovável, ao instalar produção de energia fotovoltaica e utilização do aquecimento solar da água. Implantou também um squeeze personalizado, para se transformar em lembrança e garantir que menos plástico de garrafas seja utilizado. E os projetos não pararam, porque a consultoria só turbinou as ideias de implantar mais medidas de gestão de resíduos sólidos.

O Pró Pantanal

A consultoria que vem sendo feita na Pousada Pequi faz parte de um projeto-piloto conduzido dentro do Pró Pantanal. São 12 empresas de Aquidauana, Miranda e Corumbá que participam desse trabalho no eixo do turismo do programa para a região do Pantanal Sul. São pousadas, hotéis fazendas e barcos hotéis envolvidos em ações para fortalecimento e inovação sustentável do setor.

Há trabalhos desenvolvidos em outras áreas do bioma, tanto para atender o trade turístico como a economia criativa e a pecuária por conta dos impactos econômicos gerados após os incêndios dos últimos anos, bem como contribuir na governança e desenvolvimento sustentável de pequenos negócios em comunidades encontradas dentro do Pantanal.

O Pró Pantanal - Programa de Apoio à Recuperação Econômica do Bioma Pantanal é promovido pelo Sebrae/MS, com apoio da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Federação das Associações Empresariais de MS (FAEMS), Instituto de Meio Ambiente de MS (Imasul) e Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro).

*Para mais informações sobre o programa e outras ações do Sebrae, entre em contato pelo 0800 570 0800.

Acesse pousada pequi

Leia Também

Relatos de viagem

Conte suas aventuras aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Muitas pessoas falaram que a gente não ia terminar essa obra. Mas o Bioparque Pantanal se tornou motivo de orgulho pra mim e pra toda a população do Estado

Eduardo Riedel, ex-secretário de Infraestrutura de MS

Vídeos

Festival América do Sul Pantanal em Corumbá MS

Mais Vídeos

Eco Debate

IRAN COELHO DAS NEVES

Marechal da Paz: nossa dívida com Rondon

VIRGINIA VAAMONDE

O papel da sociedade para um Brasil mais sustentável

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

A malhada (parte final)