quarta, 21 de fevereiro de 2024
SEGURANÇA

Campo Grande garante proteção às mulheres no Carnaval

07 FEV 2024 - 11h04Por REDAÇÃO

O Carnaval em Campo Grande já está em pleno vigor, e a Prefeitura, por meio da secretaria Especial de Segurança e Defesa Social (Sesdes), está colocando a segurança das mulheres no centro das atenções. Em meio à alegria e agitação das festividades, a administração municipal está adotando medidas firmes para garantir que as mulheres possam aproveitar a folia com tranquilidade e sem medo de assédios ou violências de gênero.

“Estamos comprometidos em reforçar a segurança das mulheres durante o Carnaval. É fundamental que esse público se sinta protegido por nossas equipes da Guarda Civil Metropolitana, que estão preparadas para oferecer o apoio necessário e agir prontamente. As mulheres merecem respeito e a Prefeitura está empenhada em garantir isso por meio de ações conjuntas”, ressaltou a prefeita Adriane Lopes.

“É importante que todos possam dançar e se divertir durante o Carnaval, mas nunca à custa do respeito mútuo. Esta festa, uma das mais esperadas do ano, deve ser um espaço seguro para todos, especialmente para as mulheres. Estaremos mobilizando equipes da Guarda Civil Metropolitana para atender especificamente a esse público, juntamente com a Patrulha Maria da Penha”, destacou Anderson Gonzaga, titular da Sesdes.

 

Orientação educativa

Além das equipes especializadas da GCM que estarão acompanhando a programação de Carnaval 2024, servidores da Segurança Pública também estarão pelas ruas distribuindo material de apoio à segurança da mulher. No panfleto, estarão informações sobre pontos de apoio, telefone para ocorrências e informações quanto aos tipos de violência contra à mulher. 

“Queremos deixar a mensagem que em todos os momentos, mesmo de diversão, a mulher nunca está sozinha, que o poder público tem cuidados em todas as atividades e ações do nosso calendário cultural. Nesse momento nosso foco também é a orientação educativa”, complementa Gonzaga.

As equipes estarão percorrendo os locais onde acontecem os encontros dos blocos na região da Esplanada Ferroviária e também na Praça Papa, onde acontece o tradicional Desfile das Escolas de Samba, na segunda (12) e terça-feira (13). As equipes estarão em viaturas compostas por um agente da GCM homem e duas mulheres.

“A mulher que se sentir em risco, que esteja sendo assediada ou até mesmo precisar pedir socorro, basta sinalizar imediatamente com um gesto para a Guarda ou ligar imediatamente para o 153, que entraremos com o apoio imediatamente”, conclui Gonzaga. 

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O fogo tem devastado as unidades de conservação do Pantanal, porém as Ongs culpam os vizinhos pantaneiros. E ai MP?

Silvio de Andrade, jornalista

Vídeos

Esportes radicais: calendário de 2024

Mais Vídeos

Eco Debate

ZECA CAMARGO

Dentro da Terra, dentro de mim

Silvio de Andrade

Desembaraçando pantaneiros dos antropizadores 

AFONSO CELSO VANONI DE CASTRO

"Ameaças são naturais, desastres não"