sexta, 24 de maio de 2024
INOVAÇÃO

Brazil Food Safaris é eleita a melhor startup do Centro-Oeste

12 AGO 2017 - 16h58Por Sílvio Andrade/Redação

Comandada pelos premiados Paulo Machado, mestre em hospitalidade, e Polliana Thomé, formada em turismo e mestre em geografia cultural, a Brazil Food Safaris, de Campo Grande, foi eleita a melhor startup da região Centro-Oeste, em seletiva realizada durante a edição do Experiência Braztoa, que aconteceu na última dia 9 de agosto, no Rio Quente Resort, em Rio Quente (GO).

Brazil Food Safaris é finalista nacional do Desafio de Inovação Turismo Inteligente, ação criada pela Braztoa e Sebrae. A final e premiação acontecerão durante a 45ª Abav Expo & 48º Encontro Comercial Braztoa, de 27 a 29 de Setembro, em São Paulo, na área Futurismo, espaço de inovação onde também será realizado o Hackathon Viagens 2017, entre outras atividades.

A startup da capital sul-mato-grossense promove, em sua plataforma eletrônica, o turismo de experiência, identificando roteiros que visam a aproximação dos viajantes ao patrimônio alimentar de um destino turístico. O objetivo é promover a cultura local e fortalecer a identidade do destino turístico.

Pantanal é coadjuvante

Ao mesmo tempo, busca valorizar os estabelecimentos de A&B e meios de hospedagem que trabalham com produtos locais, organizamos visitas a feiras de artesanato e mercados de rua, participamos de festejos populares, aproximando o visitante da cultura regional.

Seus roteiros incluem aulas práticas com cozinheiros locais, visita a mercados para reconhecimento e compra de ingredientes, visita a atrativos turísticos, passeios pela natureza e pelo habitat da população local e refeições em restaurantes de chefs renomados. A programação é elaborada com foco no interesse comum dos participantes: a gastronomia.

“O projeto de promover viagens gastronômicas nasceu no Pantanal. Nós temos especial carinho por essa região e foi onde desenvolvemos nossa pesquisa acadêmica, cada um na sua área de estudo. O patrimônio cultural pantaneiro é coadjuvante nos roteiros de viagem existentes no mercado, pois são focados em mostrar a natureza da região”, conta Polliana Thomé.

Quem são os inovadores

Paulo Machado é mestre em Hospitalidade, fundador do Instituto de Pesquisas em Alimentação Paulo Machado em Campo Grande (MS) e apresentador do programa de TV “Comitiva de Sabores”, na TV MS Record. Estudou e trabalhei em restaurantes da Europa e Brasil, é professor em gastronomia e já realizou festivais de cozinha brasileira em mais de 15 países.

Em 2015 recebeu o Prêmio Dólmã de melhor chef de cozinha na categoria nacional. Desde 2013 promovo os #foodsafaris para destinos incríveis no Brasil e no Exterior. Atualmente, assina a coluna "Terra Estrangeira", na Revista Menu, especializada em gastronomia.

Polliana Thomé, formada em turismo e mestre em geografia cultural, cozinheira formada pelo Senac e atualmente dá aulas em cursos de graduação em gastronomia. Sócia da operadora de turismo Bravo Brazil Expeditions que, junto com o Instituto Paulo Machado, criou o Food Safaris.

“Adoro viajar e minha paixão em organizar e realizar os Food Safaris está em contribuir com a valorização da gastronomia dos lugares que visitamos”, diz Polliana.

O Experiência Braztoa

Cerca de 300 profissionais de turismo das regiões Centro-Oeste e Norte marcaram presença da última edição do Experiência Braztoa. Aconteceram ações exclusivas da Argentina, que levou suas empanadas e músicas típicas, além de uma experiência sensorial que incluiu os destinos Colômbia, Pernambuco e Tailândia. Ocorreram também atividades do Rio Grande do Norte, Minas Gerais e dos anfitriões Rio Quente e Goiás.

“Foi um dia excelente e extremamente produtivo de trabalho. Contamos com a presença de todos os presidentes das Abavs da região e da Fecomercio. É muito gratificante fazer um balanço tão positivo do primeiro Experiência Braztoa realizado fora de uma capital”, disse a CEO da Braztoa, Monica Samia.
 

Leia Também

Relatos de viagem

A decoada, o armau e história de pescador no Pantanal do Nabileque

Mais Relatos de Viagem

Megafone

O meio ambientalismo nunca preocupou-se com o meio ambiente. Suas ações são histéricas ou fanáticas em defender interesses inconfessos

Armando Arruda Lacerda, pantaneiro

Vídeos

As 10 cidades mais ricas em espécies de aves

Mais Vídeos

Eco Debate

PAULO DE GODOY

Os desafios da sustentabilidade da jornada de dados para IA

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Pantaneiros informam: respeitar não é idolatrar animais

FREDERICO BUSSINGER

Água, chuvas, enchentes: Lições aprendidas e a aprender