segunda, 18 de janeiro de 2021
NEGÓCIO VERDE

Boticário capta R$ 1 bilhão em títulos sustentáveis

22 DEZ 2020 - 20h55Por REDAÇÃO

O Grupo Boticário em parceria com o Itaú BBA realizou a emissão de títulos vinculados a metas sustentáveis, denominado Sustainability-Linked Bonds ou "SLBs", que visam fortalecer o comprometimento com melhorias nos resultados de sustentabilidade dos negócios até 2025 e reforçam o compromisso com as melhores práticas ambientais, sociais e de governança corporativa, ou "ESG" (sigla em inglês para Environmental, Social and Governance).

Com valor de R$ 1 bilhão, as debêntures materializam o papel que o Grupo Boticário cumpre a favor de um futuro sustentável. A empresa, que há 30 anos mantém a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza, será a primeira do setor de beleza a emitir um título "ESG", na América Latina. O Grupo Boticário também será a primeira empresa a realizar esse tipo de emissão no mercado local de dívida.

"O mercado de debêntures ESG tem um grande potencial de estimular e direcionar recursos para avanços sustentáveis no país e em todo o mundo. O ineditismo desta operação financeira é um passo importante para se fortalecer práticas por um crescimento da sociedade com investimentos destinados para ações que contribuam para geração de valor para o negócio e seus públicos de interesse, aumentando a qualidade de vida da população e preservando o meio ambiente", conta Carolina Maestri, gerente de Sustentabilidade Corporativa do Grupo Boticário.

Metas

A operação também é inédita para o Itaú BBA no mercado local. Apesar de a prática de emissão de dívida ser comum para o banco, a emissão de títulos ESG na modalidade SLBs será realizada pela primeira vez pela entidade no mercado brasileiro.

As metas sustentáveis do título têm como objetivo garantir, até 2025, que 100% de consumo de energia elétrica renovável nas fábricas do Grupo Boticário em São José dos Pinhais (PR) e Camaçari (BA) e nos centros de distribuição de Registro (SP) e São Gonçalo dos Campos (BA). Além da energia, o compromisso também será garantir, no mesmo cronograma, que 100% de resíduos sólidos sejam reciclados nas operações, incluindo reciclados, reutilizados e coprocessados.

"A emissão de debentures através da modalidade SLBs traz maior confiabilidade a operação e reforça o comprometimento do Grupo Boticário e investidores com fatores socioambientais governamentais, vale lembrar que o step down de taxa ocorre anualmente somente quando há o cumprimento de KPIs que tem parâmetros ESG", afirma Pedro Augusto Mello Oliveira Andrade, gerente de Tesouraria do Grupo Boticário.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A natureza não negocia e a física não faz acordos

Greta Thunberg, ao Parlamento Europeu

Vídeos

Barco-hotel Vip: pesca no Pantanal

Mais Vídeos

Eco Debate

ORLANDO DE SOUZA

A real paz de que o Turismo precisa

CAIO PENIDO

Os Serviços Ambientais e o Pacto AgroAmbiental

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Pertencimento é pertencer ao Pantanal!