quinta, 15 de abril de 2021
BONITO

Antiga Ilha do Padre ressurge como Monumento Natural

26 JUN 2017 - 14h18Por João Prestes/Imasul

Um dos mais antigos atrativos turísticos e que ajudou a fazer a fama mundial de Bonito, a Ilha do Padre vence uma disputa de décadas em que passou por vários donos, sofreu impactos ambientais graves, e agora ressurge como unidade de conservação com o pomposo nome de Monumento Natural do Rio Formoso.

Ganhou nesta semana o plano de manejo, o primeiro de um monumento natural no Estado, sendo também o único nesta categoria de propriedade privada com gestão compartilhada pelo Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul).

A ilha está distante 12 quilômetros da cidade de Bonito e ocupa apenas três hectares, mas se junta a outras 15 hectares vizinhas para formar a área total do Monumento Natural Rio Formoso. Um espetáculo de água, plantas e bichos já visto e aplaudido por milhares de turistas desde 1973, quando começou a ser explorada.

O responsável do Departamento de Gestão de Segurança da empresa Eco Park Porto da Ilha (a nova proprietária do lugar), Rogério Pereira Alves, afirma que entre todos os atrativos, o local chega a receber, atualmente, 650 turistas por dia.  Vão para curtir passeios em bote, boia cross, prancha inflável (stand up), ducks, barco elétrico, o restaurante, tomar banho no rio e logo será oferecido também passeios de bicicleta.

O plano de manejo foi elaborado por uma empresa de consultoria que trabalha desde 2014 no levantamento de informações completas sobre a situação do local. Também determina os investimentos necessários para compensar os impactos ambientais sofridos e para possibilitar a visitação pública sem causar mais agressões ao meio ambiente. “A partir de agora tudo o que será feito na ilha já tem que constar no plano de manejo e será vistoriado pelo Imasul para ver se está seguindo o que foi determinado”, explica Rogério.

Trindade turística

Desde que assumiram o controle da ilha, há cinco anos, os seis empresários que criaram a empresa Eco Park Porto da Ilha já fizeram investimento pesado com reforma integral de todas as estruturas; fixação de placas indicativas, de segurança e regras; adquiriram equipamentos de salvamento aquático e primeiros-socorros, treinaram o pessoal que trabalha no local e o principal: custearam o estudo do plano de manejo que soma mais de 400 páginas de informações e normas para o uso da área e manejo dos recursos naturais. 

“Esta é uma iniciativa inédita no País, em que a iniciativa privada adquire uma área com alto passivo ambiental e transforma numa unidade de conservação som a supervisão do órgão ambiental”, diz Rogério Pereira Alves.

E um desfecho feliz para um atrativo que ao longo dos anos não recebeu os cuidados merecidos, a despeito do cenário sagrado em que se insere. A ilha do Formoso, ao lado da Gruta do Lago Azul e do Balneário Municipal, formam a trindade turística que ajudou a consolidar Bonito como destino do ecoturismo mundial.

Agora ganha proteção perpétua e continuará sua missão de encantar os visitantes de todos os países com seu idioma universal: a beleza.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável

Mahatma Gandhi

Vídeos

Bonito Seguro - Pronto para te receber!

Mais Vídeos

Eco Debate

ARMANDO ARRUDA LACERDA

Páscoa 2021 no Pantanal

MÁRIO WILLIAM ESPER

Abundância de água, escassez de investimentos

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Uma realidade vergonhosa