segunda, 18 de março de 2019
VIAGENS

ABAV amplia ações para estimular oportunidades de negócios

10 MAR 2019 - 18h15Por REDAÇÃO

Com a área de eventos recentemente ampliada para abraçar integralmente a organização da ABAV Expo, a ABAV Nacional abre espaço em seu portfólio de ações e iniciativas voltadas à capacitação, qualificação e busca de novas oportunidades de negócios para os agentes de viagens.

A primeira iniciativa envolveu a co-organização de um encontro de relacionamento da Embaixada do Sri Lanka no Brasil com o trade paulista, que reuniu perto de  60 agentes e operadores de turismo, no Hotel Radisson Paulista. 

"Ficamos muito felizes em iniciar esse trabalho com um destino internacional. O Brasil precisa recuperar esse mercado e o momento está bastante propício a isso, considerando que todos os prognósticos apontam que teremos um cenário econômico mais estável em 2019, com menos oscilações de câmbio. Sabemos que isso tem um impacto direto na movimentação de vendas do setor", avalia o presidente da ABAV Nacional, Geraldo Rocha.

Grande Âncora

Estimular negócios da cadeia turística com os agentes de viagens é uma das principais missões da ABAV, que hoje congrega uma base nacional formada por 2,2 mil associadas, entre agências, operadoras e consolidadoras de viagem que respondem por cerca de 80% de toda a movimentação de vendas do setor.

"A ABAV Expo segue como nossa grande âncora de ações em apoio à promoção e comercialização de destinos, produtos e serviços de viagens e turismo, mas com essa nova vertente de atuação podemos potencializar em muito – e de forma contínua ao longo do ano - a interação desses fornecedores com o mercado nacional", completa Rocha. 

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Aqui no Pantanal, a gente apaga as luzes para acender as estrelas

ALEXANDRE COSTA MARQUES, Pousada Baía Grande, Miranda (MS)

Vídeos

Taquari, o desastre anunciado

Mais Vídeos

Eco Debate

DOUGLAS MARTINS LIMA DE MOURA

O meio ambiente e as mazelas da sociedade contemporânea

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Rio Taquari: uma história a ser reescrita

CLÓVIS BORGES

A responsabilidade dos gestores públicos em processos de licenciamento ambiental