segunda, 18 de março de 2019
ISTO É MS

80% dos turistas aprovam atrativos e gastronomia

08 MAR 2019 - 09h31Por REDAÇÃO

Quem conhece Mato Grosso do Sul se apaixona. Mais de 80% dos turistas que vêm ao Estado aprovam os atrativos turísticos, a gastronomia e a segurança pública do Estado. Os números fazem parte da quarta edição do boletim do Observatório do Turismo de Mato Grosso do Sul, que entrevistou turistas no aeroporto Internacional de Campo Grande nos meses de outubro a dezembro de 2018.

Classificaram a gastronomia de Mato Grosso do Sul como boa ou ótima 82,9% dos entrevistados. Não é por menos. É impossível não se encantar com o cardápio variado e o tempero regional, influenciado por migrantes de vários estados e pelos imigrantes paraguaios, bolivianos, libaneses e japoneses, entre outros.

Chipa, sopa paraguaia, tereré, peixe à pantaneira assado na telha, arroz com guariroba, arroz com pequi, churrasco com mandioca, a famosa linguiça de Maracaju, leitão no rolete e o sobá são apenas alguns exemplos.

Passeios inesquecíveis

Os atrativos turísticos também são um espetáculo à parte e mereceram a aprovação de 81,5% dos turistas. Entre os mais conhecidos e visitados estão: Gruta do Lago Azul, Rio da Prata e Balneário Municipal, em Bonito; Buraco das Araras, em Jardim; Boca da Onça, na Serra da Bodoquena; e o Pantanal – a maior planície de inundação contínua do mundo.

Para chegar a esses destinos, turistas passam por rodovias que receberam investimento do Governo do Estado. Obra inacabada por gestões anteriores, a Estrada do Curé – trecho da MS-178, que liga dois importantes destinos (Bonito e Jardim) – foi concluída e entregue pelo governador Reinaldo Azambuja em 2018. São 17 quilômetros de asfalto novo, que vai do aeroporto de Bonito à transposição do rio da Prata.

Por ser um dos principais destinos de ecoturismo do mundo, Bonito recebeu uma atenção especial do Governo do Estado nos últimos quatro anos. O Boletim de Dados Turísticos de Mato Grosso do Sul revela que o município é o principal destino de quem desembarca no Aeroporto Internacional de Campo Grande. Quarenta e cinco por cento dos turistas que desembarcam na Capital vão para lá.

Além do investimento na Estrada do Curé, o Governo do Estado revitalizou os 14 de quilômetros da MS-178, que vão do aeroporto à entrada da cidade. Junto com o asfalto novo, moradores e turistas ganharam ciclovia e pista de caminhada até o Balneário Municipal. A lista de investimentos na cidade conta ainda com outras obras de infraestrutura, saneamento e habitação e, na área cultural, com o famoso Festival de Bonito.

Leia Também

Relatos de viagem

Conte sua aventura aqui!

Mais Relatos de Viagem

Megafone

Aqui no Pantanal, a gente apaga as luzes para acender as estrelas

ALEXANDRE COSTA MARQUES, Pousada Baía Grande, Miranda (MS)

Vídeos

Taquari, o desastre anunciado

Mais Vídeos

Eco Debate

DOUGLAS MARTINS LIMA DE MOURA

O meio ambiente e as mazelas da sociedade contemporânea

MANOEL MARTINS DE ALMEIDA

Rio Taquari: uma história a ser reescrita

CLÓVIS BORGES

A responsabilidade dos gestores públicos em processos de licenciamento ambiental